domingo, 25 de dezembro de 2011

MENSAGENS DE DEUS. DE JANEIRO A DEZEMBRO.

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio (Salmos. 90.12).

No decorrer do ano, enfrentamos muitos desafios, passamos por bons momentos e também atravessamos dias difíceis. Na esperança de dias melhores, estamos correndo em busca dos nossos ideais e lutando sempre em busca de novas conquistas. Pedindo forças a Deus para continuarmos e confiando nas vitórias que virão, estamos nesta peleja, durante os 365 dias do ano. Devemos entender que, se os nossos sonhos não se realizaram no ano passado, poderá se realizar no ano seguinte ou nos anos subsequentes. Não desista, vá a luta, persevere, insista, persista e a sua vitória virá.

DE JANEIRO A  DEZEMBRO, DEUS TEM UMA MENSAGEM PARA VOCÊ. 
UTILIZANDO O SISTEMA DE ACRÓSTICOS, PARA CADA MÊS DO ANO.

J ESUS SEMPRE ESTARÁ COMIGO. 

A MIGO  FIEL  ELE  É. 

N UNCA  ME  DEIXARÁ. 

E LE  É  O  MEU  DEUS.

I NQUIETAÇÕES  NÃO  HAVERÁ.

R ESPOSTAS  JESUS  ME  DARÁ.

O NDE  ELE  ME  MANDAR  AS  PORTAS  SE  ABRIRÃO.
 

F IEL  É  DEUS.

E NQUANTO  TRABALHO  ELE  ESTÁ  COMIGO.

V ELANDO  PARA  CUMPRIR  A  SUA  PALAVRA.

E NQUANTO  ESTOU  ESTUDANDO.

R ECONHEÇO  A  SUA  SABEDORIA.

E LE  ESTANDO  COMIGO.

I MPOSSIBILIDADES  NÃO  EXISTEM.

R EAL  É  A  SUA  PRESENÇA.

O PERANDO  NA  MINHA  VIDA.


 M INHA VIDA

 A GORA ESTÁ

 R ECOME

 Ç ANDO

 O S  BONS  MOMENTOS  DA  MINHA  HISTÓRIA.


 A BRISE-ÃO PORTAS.

 B ENDITO  SERÁ  ESTE  MÊS.

 R ESPOSTAS  TEREI  DO  SENHOR.

 I NSEGURANÇAS  NÃO  HAVERÁ.

 L OUVADO  SEJA  DEUS  PELA  VITÓRIA.


 M EUS PLANOS

 A GORA  ESTÃO  NAS  MÃOS   DE  DEUS.

 I MPOSSÍVEIS  PRA  ELE  NÃO  HÁ.

 O S  MEUS  PROJETOS  SERÃO  ESTABELECIDOS.


 J ESUS  SEMPRE   SERÁ O  SENHOR.

 U NICO  E  VERDADEIRO  DEUS.

 N A  MINHA  VIDA.

 H OJE, AMANHà E  SEMPRE.

 O BEDECEREI  A  SUA  PALAVRA.
 

 J USTIÇA, JESUS  É.

 U NIÃO, ELE  QUER.

 L IBERDADE, ELE  DAR.

 H ONRA, VEM  DELE.

 O DIO,  NÃO  HAVERÁ.


 A GORA  CHEGOU  SUA  VEZ.

 G OSTOSA  SERÁ  A  SUA  VITÓRIA.

 O S  OPOSITORES  VERÃO.

 S URPRESOS  TODOS  FICARÃO.

 T ODOS  OS  TEUS  PROBLEMAS  VÃO  TER  FIM.

 O SENHOR  JESUS  CRISTO  É  QUEM  DETERMINA.

  
 S OFRIMENTO  É  COISA  DO  PASSADO.

 E SPERANÇA  ESTÁ  SEMPRE  VIVA.

 T EMPERANÇA  É  UMA  VIRTUDE.

 E XPERIÊNCIA  FAZ  PARTE  DA  VIDA.

 M EDROSO  É  AQUELE  QUE  NÃO  TEM  CORAGEM  DE IR  A  LUTA.

 B OM  É  DEUS, E  MUITOS  NÃO  RECONHECEM.

 R ELIGIÃO  TEM  MUITAS, SALVAÇÃO  SÓ  EM  JESUS.

 O MISSÃO  É  DEIXAR  DE  FAZER  O  BEM.


 O S  QUE  ESPERAM  NO  SENHOR  SERÃO  VITORIOSOS.

 U NS  CONFIAM  NA  SABEDORIA, OUTROS  NA  FAMA, OUTROS  NA  BELEZA.

 T ODOS  FICARÃO  DECEPCIONADOS, O  TEMPO  É  QUEM  DIRÁ.

 U UNS  RECONHECEM  QUE  TUDO  É  PASSAGEIRO.

 B EM-AVENTURADOS  SÃO  AQUELES  QUE  AGRADECEM  A  DEUS.

 R ECONHECER  A  GRANDEZA  DE  DEUS, É  SER  HUMILDE.

 O REI  É  JESUS, O  RESTO  ESTÁ  ABAIXO  DELE.


N OTÍCIAS  BOAS  VIRÃO.

O POSIÇÕES  SEMPRE  HAVERÁ.

V ERDADE, JUSTIÇA  E  JUÍZO  CAMINHAM  JUNTOS.

E XCELENTE  É  AQUILO  QUE  ESTÁ  PERFEITO.

M EDÍOCRE  É  AQUELE  QUE  NÃO CRESCE, FICA  SEMPRE  NA  MÉDIA.

B ELEZA  NÃO  É  FUNDAMENTAL, ELA  SÓ  IMPRESSIONA.

R IQUEZA  É  BOM, QUANDO  BEM  ADMINISTRADA.

O URO  É  O  METAL  MAIS  PRECIOSO, MAS  A  VIDA  ESTÁ  ACIMA  DE  TUDO.


 D EUS  NUNCA  FALHA.

 E XCELÊNCIA  É  UMA  DAS  SUAS  VIRTUDES.

 Z ELOZO  ELE  É  EM  TUDO  QUE  LHE  APRAZ.

 E TERNIDADE  É  UM  DOS  SEUS  ATRIBUTOS.

 M ISERICÓRDIA  É  A  SUA  BONDADE  EM  AÇÃO.

 B ONDADE, FAZ  PARTE  DO  SEU  CARÁTER.

 R EINO, PODER  E  GLÓRIA, PERTENCEM  A  ELE.

 O NIPOTÊNCIA, ONIPRESENÇA, ONISCIÊNCIA, SÃO  ATRIBUTOS  EXCLUSIVOS  DE  DEUS.

CONCLUSÃO: 
Vivamos cada dia, na graça de Deus, esperando na sua bondade, na certeza que ele não falha. Deus está trabalhando por aqueles que nele espera. Aleluia! A vitória é nossa, pelo sangue de JESUS.

sábado, 17 de dezembro de 2011

O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO NATAL

Texto básico: Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel. Is.7.14. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Is.9.6.

Introdução: O nascimento de Jesus é comemorado no mundo todo, exceto em alguns países como Israel, onde predomina o judaísmo; eles acreditam no velho testamento e crer que Jesus existiu, mas ainda estão esperando o salvador. Já nos países da  Ásia, eles acreditam em Sidarta Gautama, intitulado o Buda; eles o  consideram como o iluminado, o grande sábio e salvador. Na  África e no oriente médio é praticado o islamismo, cujo deus é Alá e o seu profeta Maomé. Eles acreditam nos seus ensinamentos e seguem a risca o que está escrito no Alcorão, o seu livro sagrado. Eles também não reconhecem Jesus como salvador. Até nos países cristãos, o  verdadeiro significado do natal tem sido esquecido, onde a estrela da festa é mesmo papai Noel. Mas, o nascimento de Jesus, foi o maior marco na história da humanidade; nenhum rei, nenhum governante, nenhum príncipe, nenhum dos homens de destaque da história, ao nascer, causou tanto impacto na vida das pessoas. Para uns foi motivo de alegria, para outros  inquietações. Diz a bíblia que, sabendo o rei Herodes da notícia do nascimento de Jesus; ficou perturbado e toda a Jerusalém, com ele (Mt.2.1-3). Depois do nascimento de Jesus, o mundo passou a viver uma nova história; Jesus trouxe salvação, esperança, alegria, paz e prosperidade para todos os povos.

SETE SIGNIFICADO DO VERDADEIRO NATAL: Is. Cap.9.

1. Esperança.
Mas a terra que foi angustiada não será entenebrecida. Ele envileceu, nos primeiros tempos, a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, a enobreceu junto ao caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios. v.1. Os povos estavam angustiados, desprezados e sem esperança, Jesus veio trazer esperança para todos.O apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo, ele declara: Jesus Cristo, esperança nossa. 1Tm.1.1.

2. Luz.
O povo que andava em trevas viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz. V.2. Jesus veio trazer luz para as nações. Ele disse: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. Jo.8.12.  

3. Alegria.
Tu multiplicaste este povo e a alegria lhe aumentaste; todos se alegrarão perante ti, como se alegram na ceifa e como exultam quando se repartem os despojos. V.3. Jesus veio trazer alegria. Ele disse: Quem crê em mim como diz a escritura, rios de águas viva correrão do seu ventre. Jo.7.38.

4. Libertação. 
 Porque tu quebraste o jugo que pesava sobre ele, a vara que lhe feria os ombros e o cetro do seu opressor, como no dia dos midianitas. V.4. Os povos estavam oprimidos e escravizados, Jesus veio trazer libertação. Está escrito: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres. Jo.8.32,36.

5. Salvação.
Porque toda a armadura daqueles que pelejavam com ruído, e as vestes que rolavam no sangue, serão queimadas, servirão de pasto ao fogo. V.5. Diz o profeta Isaías, que um dos nomes de Jesus, seria Emanuel que significa Deus conosco. Isto significa dizer, que Jesus nasceu para pelejar por nós e nos livrar das mãos do valente, e ser o nosso salvador para sempre. Diz a bíblia: e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Mt.1.21.

6. Reino.
Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. V.6. O principado está sobre os seus ombros; isto significa dizer que o governo, o reino e o domínio está no poder dele. Jesus nasceu para dominar e reinar nos corações dos homens e mulheres, que queiram deixar ele ser o Senhor e Salvador de suas vidas. Ele disse: Eu vim para que tenham vida e a tenham  com  abundância. Jo.10.10b.

7. Paz.
Do incremento deste principado e da paz, não haverá fim, sobre o trono de Daví e no seu reino, para o firmar e o fortificar em juízo e em  justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.V.7. Diz o texto: O crescimento ou desenvolvimento deste governo será de paz. Jesus como o príncipe da paz, ele veio trazer a paz verdadeira para a humanidade. Ele disse: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Jo.14.27.

Para concluir este belo tema, vamos formar um acróstico com a frase: Natal de Jesus.

N asceu o salvador.

A quele que os profetas anunciavam.

T razendo paz para os homens.

A legria para todos os povos.

L iberdade para os cativos e oprimidos.


D eus que veio torna-se homem.

E ntre os homens viveu.  


J usto. 

E terno.

S oberano.

U nico. 

S alvador.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

OS TRÊS GEMIDOS.

Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis (Romanos. 8.22,23,26).

Gemido é um lamento doloroso, é um som inarticulado, um suspiro, uma lamentação. No sentido bíblico, é alguém que está sofrendo uma tristeza muito profunda, sem quase nenhuma esperança. A primeira vez na bíblia, que aparece a palavra gemido, é em Ex.2.23-25. Que diz: E aconteceu, depois de muitos destes dias, morrendo o rei do Egito, que os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão e clamaram; e o seu clamor subiu a Deus por causa da sua servidão. E ouvindo Deus seu gemido e lembrou-se Deus do seu concerto com Abraão, com Isaque e com Jacó; e atentou Deus para os filhos de Israel e Deus os conheceu. Três coisas que Israel fez no Egito: Suspirou, clamou, gemeu. A resposta de Deus à aflição dos filhos de Israel: Deus ouviu, Deus lembrou-se, Deus atentou, Deus os conheceu (viu).  
No texto sagrado, lemos acerca de três elementos que geme, e cada um com um propósito.  

1. A CRIAÇÃO GEME.


O planeta está gemendo e pedindo socorro.
Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora (Rm.8.22).
No estado original da terra, havia uma perfeita harmonia em todas as coisas criadas por Deus. Mas quando o homem pecou, todo o sistema foi alterado e a terra passou a ficar debaixo de maldição. Disse Deus: Maldita é a terra por causa de ti (Gn.3.17). A partir daí toda a criação começou a gemer. Com o aumento da população, aumentou também o pecado e multiplicou-se a maldição. Com o avanço da ciência e da tecnologia, a ganância pelo poder aumentou, e o homem vem agredindo cada vez mais a natureza e causando grandes males ao ecossistema, deixando a terra em desequilíbrio. O rompimento da camada de ozônio é uma situação irreversível, o chamado efeito estufa é um problema inevitável, os oceanos tende a avançar, porque as geleiras dos polos estão derretendo muito rápido por causa do rompimento da camada de ozônio, e isto vem causando altas temperatura  na terra, é o que os cientistas chamam de aquecimento global. A humanidade está se auto destruindo, a criação está com dores de parto; aguardando a sua redenção, quando haverá novos céus e nova terra. O homem como parte da criação de Deus, a sua alma geme com sede de Deus; há um vazio no homem que somente Deus pode preencher. Diante destas situações, somente Deus pode resolver; e ele vai. Glória à Ele por isso.  

2. A IGREJA GEME. 

E não só ela, (a criação) mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Rm.8.23.  
A verdadeira igreja de Jesus, está gemendo diante de tantas injustiças, maldades, impiedades, imoralidades, corrupções, imparcialidades e conformismo. Diante de um sistema egoísta, opressor e desumano, a igreja clama pelo justo juiz, que há de vir para fazer justiça aos seus escolhidos. 

Por três razões a igreja geme:  

1. A igreja geme por ter as primícias do Espírito. No antigo testamento está expressão, primícias, significava os primeiros frutos da terra, que eram trazidos e ofertados para Deus. Isto acontecia na festa das semanas ou pentecostes. Quando Paulo diz que temos as primícias do Espírito, ele está dizendo que Deus nos ofertou os primeiros frutos do Espírito. Por isso a igreja está gemendo, porque o Espírito que nela habita  não se conforma com os padrões deste mundo. 

2. A igreja geme esperando adoção plena.  A nossa adoção como filhos de Deus por intermédio de Jesus Cristo, ainda não nos dá todos os direitos como filhos de Deus. A nossa adoção plena acontecerá com a manifestação do filho de Deus. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. 1Jo.3.2.  

3. A igreja geme esperando a libertação do corpo. O apóstolo Paulo disse: Esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Redenção e resgate, significa dizer que Jesus teve que morrer e ressuscitar para pagar o preço da nossa libertação. A  redenção do nosso corpo, significa dizer que enquanto estivermos neste corpo, estamos sujeitos a muitas intempéríes da vida; mas vindo o Senhor, ele transformará o nosso corpo abatido, em um corpo glorioso, semelhante ao dele. Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. E, por isso, também gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação, que é do céu. 2Co.5.1,2.  

3. O ESPÍRITO GEME. 

E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. Rm.8.26.  
Por último, vemos o Espírito gemendo. Analizando a sequência: O Espírito ajuda as nossas fraquezas. O Espírito intercede por nós. O Espírito geme com gemidos inexprimíveis. Este gemido é um gemido diferente dos demais; inexprimíveis significa dizer, que não se consegue entender por palavras, gestos ou fisionomias. Não há ninguém neste mundo que consiga entender seu gemido. Só se conhece algo na voz silenciosa, quando quando se sabe a intenção dessa voz. Porém a voz do Espírito é de um nível incompreensível, inexprimível, que não se pode entender. Mas, aquele que examina os corações, sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. Rm.8.27.   

CONCLUSÃO:  
Depois do gemido vem a vitória. Por causa da opressão dos pobres e do gemido dos necessitados, me levantarei agora, diz o Senhor; porei em salvo aquele para quem eles assopram (Salmo 12.5).  

domingo, 6 de novembro de 2011

A BÍBLIA. O LIVRO DE DEUS.

Texto básico: Buscai no livro do Senhor e lêde; nenhuma dessas coisas falhará; nem uma nem outra faltará; porque a sua própria boca o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará. Is.34.16.
 
Introdução: A bíblia é o livro mais antigo e conhecido do mundo, o autor deste livro é Deus. A bíblia foi o primeiro livro impresso no mundo após a invenção da imprensa, por Johannes Gutemberg, em 1450 na Alemanha. A bíblia é o livro mais vendido, mais lido, mais divulgado e mais conhecido no mundo; ela já foi traduzida para mais de 2.400 idiomas, ela foi, é, e sempre será, o livro mais questionado do mundo, por várias razões. A bíblia não contém a palavra de Deus, como alguns pensam, mas ela é a palavra de Deus. Por isto ela é o livro de Deus.

1. OS TESTEMUNHOS DE ALGUNS ESCRITORES DA BÍBLIA.

Daví. O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra esteve na minha boca. 2Sm.23.2

Paulo. Toda escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra. 2Tm.3.16,17.

Pedro. Sabendo primeiramente isto: Que  nenhuma profecia da escritura é de particular interpretação; Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. 2Pe.1.20,21.

Escritor anônimo: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra  até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hb.4.12.

2. FRASES NOTÁVEIS A  RESPEITO DA BÍBLIA.

Abraão Lincoln: Creu que a bíblia é o melhor presente que Deus já deu à  humanidade.

George Washington: É impossível governar o mundo sem Deus e sem a bíblia.

Rainha Vitória: Este livro é a razão da supremacia da Inglaterra.

Isaac Newton: Há mais indícios seguros de autenticidade na bíblia do que em qualquer história profana.

Napoleão Bonaparte: A bíblia não é um livro qualquer, mas sim uma criatura viva, com um poder que conquista tudo que se opõe a ela.

Dom Pedro 2 : Eu amo a bíblia, e lêio-a todos os dias e quanto mais a lêio, mais a amo.

3. CAPÍTULOS  CÉLEBRES  DA  BÍBLIA.  

O capítulo da criação. Gn.1.
O capítulo da lei. Êx.20.
O capítulo dos dons espirituais. 1Co.12.                         
O capítulo do amor. 1Co.13.
O capítulo da ressurreição. 1Co.15.
O capítulo das bem-aventuranças. Mt.5.
O capítulo das coisas perdidas. Lc.15.
O capítulo dos  heróis da fé. Hb.11.
O capítulo da fraternidade. Rm.14.
O capítulo da páscoa. Êx.12.
O capítulo do pentecostes. At.2.
O capítulo da ascensão. At.1.
O capítulo da confissão. Sl.51.  
O capítulo das coisas novas. Ap.21.
O capítulo da excelente palavra de DEUS. Sl.119.
                            
4. OS SÍMBOLOS DA PALAVRA DE DEUS.

Fogo.
Como fogo ela arde e queima. Não é a minha palavra como fogo, diz o Senhor... Jr.23.29.
E disseram um para o outro: Porventura, não ardia em nós o nosso coraçao quando, pelo caminho, nos falava  e quando nos abria as escrituras? Lc.24.32. 

Martelo.
Não é minha palavra com fogo. Diz o Senhor, e como um martelo que esmiúça a penha? Jr.23.29. Como martelo ela é poderosa, ao ponto de quebrar e desfazer tudo que se opõe a ela.O Senhor disse para Jeremias: Tu és meu martelo e minhas armas de guerra; e contigo despedaçarei nações e contigo destruirei os reis. Jr.51.20.

Espada.
Como espada, ela é ofensiva e penetrante. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Ef.6.17. O escritor aos Hebreus diz que ela é mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coraçao. Hb.4.12.

Escudo.
Como escudo, ela defende e protege. Toda palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Pv.30.5. Ela é o escudo da nossa  fé. Ef.6.16.

Espelho.
Como espelho, ela reflete a imagem verdadeira, e mostra a realidade da nossa vida diante de Deus. Porque, se alguém e´ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante ao varão que contempla ao espelho o seu rosto natural; porque se contempla a si mesmo, e foi-se, e logo esqueceu de como era. Tg.1.23,24. Porque agora, vemos por espelho em enigma, mas então, veremos face a face. 1Co.13.12a.

Lampada e luz.
Como lâmpada ela nos orienta, e como luz ela nos guia. Lâmpada para os meus pés é tua palavra; e luz para o meu caminho. Sl.119.105.  

Alimento.
Como alimento, ela nutri e fortalece. Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo. 1Pe.2.2. Oh! Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais doces do que o mel à minha boca. Sl.119.103. O profeta Jeremias disse: Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome me chamo, ó Senhor, Deus dos Exércitos. Jr.15.16.


5. AS GRANDES REIVINDICAÇÕES DA BÍBLIA.   

A  inspiração da bíblia. 2Tm.3.16. 2Pe.1.20,21 

A  inerrancia da bíblia.  Sl.19.7. 119.140.   

A  infalibilidade da bíblia. 1Sm.3.19. Mc.13.31.

A  soberania da bíblia.    Is.8.20. 30.21

A  completude da bíblia.  Ap.22.18-21.

A BÍBLIA SAGRADA.

Nela está contida a mente de Deus, a condição do homem, o caminho da salvação, a condenação dos pecadores e a felicidade dos crentes; suas doutrinas são santas, seus preceitos são justos, sua histórias verdadeiras e suas decisões imutáveis.
Cristo é o seu grande tema, nosso bem é o seu intento, e a glória de Deus a sua finalidade, ela deve encher a mente, governar o coração e guiar os pés.
Ela é o mapa do viajante, o cajado do peregrino, a bússola do piloto, a espada do cristão. Por ela o paraíso é restaurado, os céus abertos e as portas do inferno descobertas.
Lêia para ser sábio, creia nela para estar seguro, e pratique-a para ser santo. Ela contém luz para guia-lo, alimento para sustê-lo, e consolo para animá-lo.

JESUS É O TEMA CENTRAL DA  BÍBLIA.

Ele aparece em todos os livros da bíblia, de forma implícita e explícita.

Gênesis.             Ele é a semente da mulher.
Êxodo.               Ele é o cordeiro pascal.
Levítico.            Ele é o sacrifício expiatório.
Números.          Ele é a rocha ferida.
Deuteronômio.  Ele é o profeta semelhante a Moisés.
Josué.               Ele é o capitão da nossa salvação.
Juízes.               Ele é o nosso libertador.
Rute.                Ele é o nosso remidor divino.
1,2 Samuel.      Ele é o rei prometido.
1,2 Reis.          Ele é o rei esperado.
1,2 Crônicas.   Ele é o descendente de Daví.
Esdras.            Ele é o ensinador divino.    
Neemias.         Ele é o reconstrutor das muralhas das nossas vidas.                    
Ester.               Ele é a  providência  divina.
Jó.                   Ele é o n osso redentor que vive.
Salmos.           Ele é nosso pastor.
Provérbios.     Ele é a nossa sabedoria.
Eclesiastes.      Ele é o mestre da congregação.
Cantares de Salomão. Ele é o nosso amado.
Isaías.                         Ele é o servo do Senhor.
Jeremias.                    Ele é o renovo.
Lamentações.             Ele é o consolador de Israel.
Ezequiel.                     Ele é o homem das quatro faces.
Daniel.                        Ele é o quarto homem da fornalha.
Oséias.                       Ele é o esposo.
Joel.                           Ele é o batizador.
Amós.                        Ele é o prumo.
Obadias.                    Ele é o refúgio.
Jonas.                        Ele é o missionário intinerante.
Miquéias.                   Ele é o governante de paz.
Naum.                        Ele é o cavaleiro da espada flamejante.
Habacuque.                Ele é o puro de olhos.
Sofonias.                    Ele é o Deus de fogo.
Ageu.                         Ele é o desejado de todas as nações.
Zacarias.                    Ele é o rei que virá.
Malaquias.                 Ele é o sol da justiça.
Mateus.                     Ele é o rei.
Marcos.                     Ele é o servo.
Lucas.                        Ele é o filho do homem.
João                           Ele é o filho de Deus.
Atos.                          Ele é o Senhor da igreja.
Romanos.                   Ele é a justiça de Deus.
1,2 Coríntios.             Ele é as primícias dos que dormem.
Gálatas.                      Ele é o Cristo que liberta.
Efésios.                      Ele é a pedra da esquina.
Filipenses                   Ele é o soberano Senhor.
Colossenses.              Ele é a cabeça da igreja.
1,2 Tessalonicenses.   Ele é o Senhor que virá.
1,2 Timóteo.               Ele é o nosso mediador.
Tito.                            Ele é o nosso salvador.
Filemom.                     Ele é o amigo reconciliador.
Hebreus.                     Ele é o sumo-sacerdote.
Tiago.                          Ele é o legislador.
1,2 Pedro.                   Ele é o bispo das nossas almas.
1,2,3 João.                  Ele é o amor revelado.
Judas.                          Ele é o Senhor que virá com milhares dos seus santos.
Apocalipse. Ele é o alfa e o ômega, o príncipe dos reis da terra, o princípio da criação de Deus, o primogênito dentre os mortos, a raiz e a geração de Daví, o leão da tribo de Judá, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, o amém.

Conclusão: A bíblia é a palavra de Deus. Ela é o livro dos livros, ela é a carta magna de Deus para humanidade, ela é uma mina de ricos tesouros, é mais preciosa que a prata e mais rica que o ouro. Nela está o destino da humanidade, e o caminho para a salvação.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

AS QUATRO REVOLUÇÕES DO ESPÍRITO.

Depois disso, me fez voltar à entrada da casa, e eis que saíam umas águas de debaixo do umbral da casa, para o oriente; porque a face da casa olhava para o orienta, e as águas vinham da baixo, desde a banda do sul do altar. E ele me tirou pelo caminho da porta do norte e me fez dar uma volta pelo caminho de fora, até a porta exterior, pelo caminho que olha para o oriente; e eis que corriam umas águas desde a banda direita. Saiu aquele homem para o orienta, tendo na mão um cordel de medir; e mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos. E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; e mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar. Ez.47.1-5.

Uma revolução pode trazer grandes benefícios, e desencadear uma série de coisas boas; as grandes revoluções que foram feitas em benefício da humanidade, surtiram um efeito positivo. Por exemplo: Tivemos três grandes revoluções que mudaram o rumo da História da humanidade. A primeira grande revolução foi da imprensa, que ocorreu  em 1450 na Alemanha por Johannes Gutemberg;  no século 18 tivemos a segunda grande revolução que foi a  industrial, iniciada na Inglaterra.; e a terceira grande revolução ocorreu no final do século 19 e começo do século 20, que foi a revolução científica e tecnológica. Com base na bíblia no livro de Ezequiel, capítulo 47 podemos encontrar as quatro revoluções do Espírito.

AS TRÊS DISPENSAÇÕES NA  SIMBOLOGIA DA POMBA QUE NOÉ ENVIOU:  

A dispensação do pai. Gn.8.8,9.
A dispensação do filho. Gn.8.10,11.
A dispensação do Espírito. Gn.8.12.
 
O RIO DO SANTUÁRIO.

Este rio descrito no livro de Ezequiel, literalmente é uma profecia futura para o período do milênio; este rio aparece em outras partes das escrituras, como por exemplo: Salmos 46.4.  Zc.14.8,9.  Ap.22.1,2. Na linguagem dos símbolos da bíblia, o rio é uma figura simbolica do Espírito Santo. Jo.7.37-39. Sendo assim podemos considerar em uma linguagem figurada, o rio do santuário, como o rio do Espírito que transforma e dá vida por onde passa.

1. Primeira revolução:

Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; e mediu mil côvado e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos. Vers.3. Na entrada do rio, o Espírito Santo passa a habitar no crente. A bíblia diz: E, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, para  redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória. Ef.1.13b,14. O penhor é uma garantia, que dá a certeza que a pessoa vai voltar. Nós recebemos o selo, a marca e o sinal, como propriedade exclusiva de Deus, e isto é o sinal que ele vai voltar. O Espírito Santo é dado ao crente, como parcela inicial da herança que vamos receber no futuro.

2. Segunda revolução:

E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos. Vers.4a. Adentrando no rio, mais mil côvado, que equivale a 500 metros; o Espírito Santo, capacita o crente com poder. Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me -eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. At.1.8. A palavra virtude ou poder, no original grego é dunamis; de onde se deriva as palavras: Dínamo, dinâmico e dinamite.

Dínamo. É um aparelho que gera corrente contínua, convertendo energia mecânica em elétrica, através de indução eletromagnética. No dínamo do Espírito, o crente deixa de viver na mesmice, sai da forma mecânica de adorar e pregar, e vive na dimenção da energia do Espírito Santo.

Dinâmico. Que diz respeito à força, ao movimento; que é cheio de energia, que está sempre em movimento e se renovando. O crente que vive na dinâmica do Espírito, ele não fica estático, sem ânimo e sem vigor; mas ele é cheio de alegria e da força do Senhor. Lêia. Mq.3.8.


Dinamite. É um explosivo rápido e poderoso, que causa grandes destruição. O crente nas mãos de Deus, na direção do Espírito Santo e munido com a palavra de Deus, ele é como um explosivo poderoso para desmantela o reino de satanás. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas, sim, poderosas em Deus, para destruição das fortalezas; destruindo os conselhos e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo entendimento à obediência de Cristo, e estando pronto para vingar toda desobediência, quando for cumprida a vossa obediência. 2Co.10.4-6.

3. A terceira revolução.

E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. Na terceira revolução do Espírito, o crente é revestido de poder. Jesus falou: E eis que sobre vós envio a promessa de meu pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder. Lc.24.49. O revestimento de poder é uma unção dobrada para realizar a obra de Deus, de forma ousada e intrepida. A igreja antes do pentecostes era fraca, desanimada e medrosa. A igreja depois do pentecostes, ficou revestida de poder, e se tornou forte, animada e corajosa. Revestimento de poder, significa porção dobrada do Espírito.

4. A quarta revolução.

E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar. Vers.5. Quando o crente passa a nadar no rio do Espírito, ele vive na dimensão da plenitude do Espírito e é dirigido e controlado pelo Espírito Santo. O apóstolo Paulo orando pelos irmãos da igreja de Éfeso ele disse: Por causa disso, me ponho de joelhos perante o pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; para que Cristo habite, pela fé, no vosso coração, a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus, Ef.3.14-19.

Amém! Que todas essas revoluções do Espírito Santo venha sobre nós, e que sejamos maduros para toda a boa obra. 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

PORQUE DEVEMOS SEGUIR A JESUS.

Texto básico: Desde de então, muitos dos seus discípulos tornaram para trás e já não andavam com ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, Para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna, e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o filho de Deus. Jo.6. 66-69. 

Introdução: Na vida nós temos muitas opções de escolhas, as pessoas estão sempre buscando o melhor para si; algumas acertam em suas escolhas, enquanto outras não são felizes ao escolher. A bíblia nos dar várias opções de escolhas; Neste episódio Jesus perguntou aos seus discípulos se eles também iriam lhe abandonar. Foi um momento crucial para eles tomarem uma decisão; eles teriam que decidir em escolher continuar com Jesus ou desistir de segui-lo.

 DEZ  RAZÕES  PORQUE  DEVEMOS  SEGUIR  A  JESUS.

1. Ele é o pão da vida.
 E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome; e quem crê em mim nunca terá sede. Jo.6.35.

2. Ele é a água da vida.
E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. Jo.7.37,38.

3. Ele é a luz do mundo.
Falou-lhe, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. Jo.8.12

4. Ele é o libertador.
E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres. Jo.8.32,36.

5. Ele é a porta.
Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. Jo.10.9.

6. Ele é o bom pastor.
Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Jo.10.11.

7. Ele é a ressurreição e a vida.
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. Jo.11.25.

8. Ele é o caminho, a verdade, e a vida.
Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim. Jo.14.6.

9. Ele á a videira verdadeira.
Eu sou a videira verdadeira, e meu pai é o lavrador. Jo.15.1.

10. Ele é o doador da vida eterna.
As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos. Jo.10.27,28.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

DEUS PROCURA UM HOMEM.

Texto básico: Dai voltas às ruas de Jerusalém, e vede agora, e informai-vos, e buscai pelas praças, a ver se achais alguém ou se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei. Jr.5.1 
E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei. Ez.22.30.  

Introdução: A corrupção dos lideres e do povo era tão grande em Judá, que Deus não encontrou uma só pessoa disposta a obedecer a sua palavra, e levar o povo ao arrependimento e volta-se para Ele. É uma tragédia, quando muitas igrejas estão dominadas pelo mundanismo, lamentável também é que muitos pastores e lideres, já se conformaram com o pecado que está instalado nas igrejas, e eles não tem forças para combater. Em muitos púlpitos não se prega contra o pecado e muito menos se fala de santidade; isto porque eles falam o que o povo gosta de ouvir, e não o que o povo precisa ouvir. muitos trocaram o compromisso com a palavra de Deus, pela sua conta bancária. Estão fazendo do povo negócio e acumulando para si riquezas. Hoje nós temos muitos pregadores de auto ajuda, e outros que se dizem avivalistas; Deus não precisa de pregadores descomprometidos com a sua palavra, Deus precisa  de pregadores que vivam, falem e profetizem a palavra com verdade.

DEUS SEMPRE BUSCOU O HOMEM PARA FAZER A SUA OBRA EM ÉPOCAS E TEMPOS DIFERENTES: 
Toda chamada requer: Renúncia, compromisso, obediência e dedicação.

Homens que Deus chamou:

Noé. No meio de uma sociedade degenerada pelo pecado. Gn.6.1-13.

Abraão. No meio da idolatria, em Ur dos caldeus na Mesopotamia. Gn.11.27-32. 12.1-4.

Moisés. De herdeiro do trono de faraó, a fugitivo no deserto de midiã, apascentando as ovelhas do seu sogro. Deus o chamou para ser libertador de Israel. Ex.3.1-16.  

Gideão. Estando malhando trigo no lagar, temendo aos Midianitas. Jz.6.11-16.

Daví. Apascentando as ovelhas de seu pai. 1Sm.16.1-13. At.13.22.

Isaías. No palácio do rei Uzias, no meio de uma sociedade impura. Is.6.1-8.

Jeremias. No meio do povo rebelde de Judá. Jr.1.1-12.

Ezequiel. No meio dos cativos, as margens do rio quebar. Ez.1.1-3.

Amós. No campo cultivando sicômoros e cuidando dos gados. Am.7.14,15  

Paulo. No meio da corte dos fariseus, extremamente zeloso das tradições do judaísmo. Gl.1.12-16.

Conclusão: Estes são alguns dentre muitos que Deus chamou, e ainda continua chamando homens e mulheres que estejam dispostos a pagarem o preço, fazendo a diferença no meio de uma sociedade pecadora e de uma igreja morna que já se conformou com o pecado. Acredite, Deus lhe chamou para fazer a diferença. Pregue e profetize a palavra.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DA AFRONTA À HONRA.

Texto básico: E aconteceu, no ano décimo quarto do rei Ezequias, que Senaqueribe, rei da Assíria, subiu contra todas as cidades fortes de Judá e as tomou. Então, o rei da Assíria enviou Rabisaqué, desde Laquis a Jerusalém, ao rei Ezequias com um grande exército; e ele parou junto ao cano do tanque mais alto, junto ao caminho do campo do lavandeiro. Is.36.1,2
Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.

Isaías 61:7

Ezequias rei de Judá, que era o reino do sul cuja capital Jerusalém, começou a reinar com a idade de 25 anos e reinou durante 29 anos. Ele foi um rei temente a Deus e no seu reinado houve grande prosperidade e o povo desfrutava de todos os benefícios e gozava de uma estabilidade financeira e espiritual. Até que, Senaqueribe o rei da Assíria, que assolava, dominava e escravizava várias nações; no ano 701 a.C. veio contra todas as cidades fortes de Judá e as tomou. Isto porque o rei Ezequias se recusava pagar tributos ao rei da Assíria como Acaz seu pai pagava e prestava-lhe contas. Após esta invasão do rei da Assíria, o rei Ezequias passou a pagar-lhe tributos. Senaqueribe lhe impôs trezentos talentos de prata e trinta talentos de ouro e Ezequias deu toda a prata que se achou na casa do Senhor e nos tesouros da casa do rei, e ainda cortou o ouro das portas do templo do Senhor e das ombreiras, e o deu ao rei da Assíria. Mas mesmo assim ele mandou-lhe mensageiro e ameaçou levar ao cativeiro toda a nação. 2Rs.18.13-16.
Os soldados Assírios eram conhecidos pela brutalidade com que tratavam qualquer nação que ousasse resistir ao seu progresso. Quando o exército assírio estava perto de invadir Jerusalem, o Rei Ezequias teve que tomar uma difícil decisão: Ele deveria render-se incondicionalmente aos Assírios e salvar o seu povo ou ele deveria confiar que Deus os salvaria.
Em um passo de fé, Ezequias escolheu o Senhor. O Salmo 46 é tido por alguns como a canção de triunfo escrita quando Deus honrou a fé de Ezequias e libertou Jerusalém.
Nas horas mais difíceis, precisamos confiar em Deus. Confie sempre no SENHOR, Ele vai honrar a sua fé.

1. AS  QUATRO  AFRONTAS  DO  REI  DA ASSÍRIA:

Cada um comam convosco o seu esterco e bebam a sua urina. 36.12
Não confie no rei do Egito. 36.6
Não confie no rei Ezequias. 36.14    
Não confie no SENHOR.    36.15

2. QUATRO  SITUAÇÕES  DIFÍCEIS  EM  JUDÁ.

E disseram-lhe: Assim diz Ezequias: Este dia é dia de angústia, e de vitupérios, e de blasfêmias, porque chegados são os filhos ao parto, e força não há para os dar à luz. Is.37.3

Dia de angústia.
Dia de vitupérios, (insulto, desprezo, ofensa, injúria).
Dia de blasfêmias.
Dia de fraqueza.

3. TRÊS  ATITUDES  DO  REI  EZEQUIAS:

Se humilhou perante o Senhor. 37.1 
Entrou na casa do Senhor para orar. 37.14-20
Pediu ao profeta para orar. 37.2-4.

4. AS  QUATRO  RESPOSTAS  DE  DEUS.

Não entrará nesta cidade, nem lançará nela flecha alguma. 37.33.
Ampararei esta cidade, para a livrar. 37.35.
Porei o meu anzol no teu nariz e o meu freio, nos teus lábios e te farei voltar pelo caminho por onde vieste. 37.29.
Fá-lo-ei cair morto na sua terra. 37.7b.     

5. A  PROVIDÊNCIA  DE  DEUS  E  A  VITÓRIA E A VITÓRIA DO REI EZEQUIAS.

O Senhor enviou um anjo, de madrugada no arraial dos assírios, e matou 185 mil. 37.36.
O rei Senaqueribe é morto à espada na sua cidade Nínive, pelos seus filhos, estando ele prostrado na casa de nisroque, seu deus. 37.37,38. 

Conclusão: Não adianta o inimigo se levantar com ameaças para querer intimidar o povo de Deus, porque maior é o que está conosco. Observe que, Deus resolve de maneira simples as situações e dar vitória ao seu povo. Lembra da guerra do rei Josafá? Ele venceu através do louvor. Nesta ocasião com o rei Ezequias, Deus enviou um anjo e deu a vitória. Aleluia! A vitória é nossa, pelo sangue de Jesus.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

APOSTASIA. UM SINAL DOS ÚLTIMOS TEMPOS.

Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, pela  hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência, proibindo o casamento e ordenando a abstinência dos manjares que Deus criou para os fiéis e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças; porque toda criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças, porque, pela palavra de Deus e pela oração, é santificada (1Tm.4.1-5).

Apostasia significa o abandono da fé, de forma total ou parcial. Vivemos em uma época de grande apostasia espiritual. Com o avanço da ciência e o desenvolvimento tecnológico, há uma tendência desenfreada das pessoas  se tornarem cada vez mais materialistas. Muitos são influenciados pela mídia, e o sistema humanista impera em uma sociedade egocêntrica, fria e desumana. Haja vista também, que o pecado se multiplica, ao ponto de muitos acharem tudo normal; e os falsos profetas arrebanham grandes números de adeptos, oferecendo-lhes vantagens e facilidades para o caminho do céu. Infelizmente vivemos em uma época de grande decadência espiritual, estamos vendo uma grande variedade de ministérios e igrejas que se multiplicam a cada dia, e estão atraindo milhares de pessoas. Mas, a grande problemática é que boa parte desses ministérios e igrejas, não estão comprometidos com o reino de Deus; distorcem a palavra de Deus para agradar os seus ouvintes e massagear seu ego, entrando no caminho da apostasia e levando multidões após si. Sobre isto diz a palavra de Deus: E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade; e, por avareza, farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita (2 Pe.2.1-3).

EXISTEM  DOIS  TIPOS  DE  APOSTASIA.

1. Parcial.

São pessoas que aceitaram a fé, abandonaram o pecado e de maneira fiel e verdadeira seguiram a Jesus, obedecendo a sua palavra. Mas com o passar do tempo se deixou levar pelo conformismo e pelas influencias mundanas, e foi se distanciando da sã doutrina e aceitando a  achologia, quando dizem: Eu não acho nada de mais nisso; e a palavra de Deus dizendo que está errado. Muitos são os que entraram por este caminho e estão sendo levados por ventos de falsas doutrinas e movimentos inovadores que surgem como algo novo, mas que contraria totalmente a palavra de DEUS. Estas pessoas estão na igreja, participando ativamente nos trabalhos, cultuando e até ministrando para o povo, porém já apostataram a fé e tem aparência de quem vive, mas está morto. A grande estratégia do diabo hoje, é deixar os crentes desviados dentro das igrejas, para que venha perturbar os outros. Sobre isto a palavra de Deus diz: Ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré. Estes são manchas em nossas festas de caridade, banqueteando-se conosco e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos  ventos de uma parte para outra; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas; ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações, estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a escuridão das trevas. Jd.Vs.11-13. Infelizmente é o que está acontecendo em nossos dias, muitos estão adulterando a palavra de Deus e vivendo um  evangelho ao seu bel-prazer.

2. Total.

A  apostasia total  está  relacionada as pessoas que participaram da comunhão da igreja, foram iluminadas, e provaram o dom celestial, receberam o Espírito Santo, conheceram a palavra de Deus e serviram a Ele com devoção e lealdade, mas por algum motivo se afastou do caminho do Senhor e da comunhão da igreja e voltou  às práticas pecaminosas. Nesta vertente existem dois tipos de apóstatas: Aquele que abandona a fé e depois se arrepende, e procura retornar, buscando a  reconciliação com Deus, como fez o filho pródigo que arrependido disse: Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti. Lc.15.18. Os que assim fazem são perdoados, pois a palavra de Deus diz: O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. Pv.28.13. Há porém  os que além de abandonar o caminho da salvação, ficam em uma situação irreversível, porque não buscam arrepende-se e começam a profanar e até blasfemar o caminho da verdade e o nome de  Cristo, e não querem  reconcilia-se com Deus. Jesus falando para igreja de Éfeso, disse: Tenho porém contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras...Ap.2.4,5a. Jesus sempre quer dá uma nova oportunidade, porém muitos não querem. Os que estão nesta situação, estão  piores que aqueles que nunca conheceram o caminho da verdade; pois a bíblia diz: Porque se depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro. Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. Deste modo, sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito; a porca lavada, ao espojadouro de lama. 2Pe.2.20-22. É  lamentável saber que muitos estão nesta situação, e o pior é quando partem para eternidade, sem Deus, sem paz e sem salvação.

Conclusão: O ensino ortodoxo da palavra de Deus nos dias atuais tem sido raro. O modismo, as inovações e o sensacionalismo tem invadido nossos púlpitos e levado muitos crentes a se tornarem apostatas. A apostasia tem se tornado algo comum em nossos dias, muitos já apostataram a fé e permanecem na igreja. Há muitos crentes nominais, cultuando ativamente e até ministrando, mas são verdadeiros adúlteros da palavra de Deus. É tempo de despertarmos e sermos como os crentes de Beréia, que examinavam nas escrituras o que Paulo pregava para conferir se era verdade (Atos.17.10,11). Amém!
                                                                       

sábado, 1 de outubro de 2011

A ORAÇÃO DE JABEZ.

E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; e sua mãe chamou o seu nome Jabez, dizendo: Porquanto com dores o dei à luz. Porque Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo e meus termos amplificares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja aflito!... E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido (1Cr.4.9,10).

Em um capítulo repleto de nomes, encontramos uma joia brilhante, que chamamos: A oração de Jabez.  Jabez era descendente da tribo de Judá, se destacou na sua geração e foi mais ilustre do que seus irmãos; porque ele decidiu invocar o Deus de Israel. Deus viu em Jabez: Coração sincero, fé , determinação e coragem. Muitas vezes é preciso que haja também em nós essas qualidades para sermos abençoados por Deus. Jabez significa, aquele que causa dor. Ele não seria bem sucedido, teria um futuro de incertezas, mas Jabez foi ousado, invocou o Deus de Israel, e a sua história mudou.

JABEZ.

O significado do seu nome: Que causa dor.
O seu  caráter: Nobre, brilhante, ilustre, destacado.
Sua  atitude: Fé. Invocou o Deus de Israel.
Sua  petição: Jabez pediu  à Deus em oração, quatro coisas:

1. Bênçãos multiplicadas.

Interessante é que  Jabez não pediu pouco, ele disse: Se me abençoares muitíssimo. Ele não limitou a bênção de Deus, mas acreditou no poder de Deus, e foi atendido. Porque Deus honra a fé daqueles que lhe honram. 

2. Aumentar e engrandecer os seus limites.

Ele já tinha algo, mas ele queria ampliar e melhorar. O seu pensamento não era medíocre, ele queria crescer e sair da mesmice. Pois a bíblia diz: Amplia o lugar da tua tenda, e as cortinas das tuas habitações se estendam; não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas. Porque transbordarás à mão direita e à esquerda (Is.54.2,3).

3. Segurança.

Ele disse: E a tua mão for comigo. Jabez  também dependeu  inteiramente de Deus, pois ele sabia que sem a presença de Deus ele jamais seria vitorioso. A bíblia diz: Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre (Sl.125.1). Torre forte é o nome do Senhor, para ela correrá o justo e estará seguro (Pv.18.10). Vivemos em um mundo cheio de incertezas e inseguro, porém, nossa segurança está em Deus. 

4. Proteção e livramento. 

Ele disse: E fizeres que do mal não seja aflito!... Ele não terminou o seu pedido, a providência de Deus chegou e ele foi atendido. Pois a bíblia diz: E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido. Aleluia!
A palavra de Deus nos diz: E servireis ao Senhor, vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei  do meio de ti as enfermidades (Êx.23.25).  

Conclusão: 
Jabez foi ousado na fé, e conquistou aquilo que pediu à Deus. Porque Deus honra a fé daqueles que lhe honram. A bíblia diz: Peça-a, porém, com fé, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte (Tg.1.6). Se creres verás a glória de Deus (Jo.11.40). Faça como Jabez, exercite sua fé, Deus vai lhe honrar e mudar a sua história.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A IGREJA, O EXÉRCITO VITORIOSO.

Texto básico: Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, formidável como um exército com bandeiras? Ct.6.10.  Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Mt.16.18.

Igreja é uma palavra de origem grega, (ekklesia) que significa, chamado para fora. A  igreja no novo testamento é representada através de símbolos, como: Uma noiva, um rebanho, uma lavoura, um edifício, um  corpo, um exército. A igreja como exército, significa que estamos em uma guerra. O apóstolo Paulo escrevendo à Timóteo diz: Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguém que milita se embaraça com negócio desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para guerra. (2Tm.2.3,4). A igreja é o único exército que não utiliza nenhum tipo de armamento  bélico. Em 2Co.10.4, o apóstolo Paulo escrevendo aos coríntios diz: Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas, sim, poderosas em Deus, para destruição das fortalezas. Milícia significa: Uma corporação militar adestrada (preparada) para guerra. O exército de Deus, que é a igreja, não estar lutando contra as pessoas; é sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas, contra as hostes espirituais da maldade nas regiões celestiais (Ef.6.12).

1. AS  ARMAS  DA  NOSSA  MILÍCIA:  

A fé. 
Porque todo aquele que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. 1Jo.5.4.  

A  palavra de Deus.  
Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hb.4.12. 
Tomai também a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Ef.6.17.  

A oração.  
Orando em todo tempo com toda oração e súplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos. Ef.6.18.  


O Espírito Santo.  
Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. At,1.8. 


O sangue de Jesus.  
E eles o venceram pelo sangue do cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram a sua vida até à morte. Ap.12.11.  


O nome de Jesus.  
E estes sinais seguirão aos que crerem : Em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão. Mc.16.17,18.


2. AS  TRÊS  ÁREAS  DE  COMBATE:


O mundo.  
O mundo como um sistema, que é contrário a palavra de Deus, e dominado pelo diabo, deve ser rejeitado pela igreja de Jesus. A palavra de Deus recomenda: Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do pai não está nele. Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. 1Jo.2.15-17.  


A carne.  
A carne por incrível que pareça, e o nosso maior inimigo; temos que está nos policiando constantemente para não sermos vencidos por ela. Na guerra da carne contra o Espírito, vence quem estiver mais alimentado. A bíblia diz: Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Gl.5.16,17,25.  



O diabo.  
O diabo ele usa todos os seus artifícios e artimanhas para tentar impedir e destruir o nosso relacionamento com Deus. Porém a bíblia diz: Sujeitai-vos, pois a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós (Tg.4.7). E mais: Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo. 1Pe.5.8,9. 


3. AS  QUALIDADES  DO  SOLDADO  QUE  MILITA:


Fortalecido na graça. 2Tm.2.1.  
Fidelidade  transferível. Vers.2.    
Capacidade de suportar aflições. Vers.3.  
Dedicação. Vers.4a. 
Obediência. Vers.4b.  


O  SENHOR  DOS  EXÉRCITOS  PASSA  EM  REVISTA  O  SEU  EXÉRCITO  DE  GUERRA. Is.13.4b.  
Quando o Senhor passa em revista o seu exército, ele quer encontrar: Vidas consagradas, ânimo, disposição e coragem para enfrentar o inimigo. Pois ele disse ao soldado e comandante Josué: Esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Js.1.6.    

O  DIABO  NÃO  RESPEITA:  
O exército dos religiosos.  
O exército dos  intelectuais.  
O exército dos capitalistas,  
O exército dos materialistas.  
O exército dos incrédulos, dos medrosos e dos covardes. Mas ele teme e treme diante do exército do Senhor Jesus Cristo, que é a sua igreja. A palavra de Deus assegura: As portas do inferno não prevalecerão contra a igreja de Jesus. Aleluia!                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

JESUS CRISTO, ESPERANÇA NOSSA.

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa. 1Tm.1.1.

A esperança é uma das três virtudes do cristianismo. Esperança é acreditar e esperar em algo de bom, naquilo que confiamos. Não podemos viver sem esperança; sem esperança, a vida perde o sentido, fica vazia e insignificante. Vivemos em uma época em que as pessoas depositam sua esperança em coisas materiais, papáveis e passageiras; esquecendo-se que a verdadeira esperança deve ser depositada em Deus, em nosso Senhor, Jesus Cristo.

EXISTEM QUATRO FONTES NAS QUAIS AS PESSOAS DEPOSITAM A SUA ESPERANÇA.


1. RIQUEZAS 

Riquezas é coisa boa, quem as possui e sabe administra-las, desfruta dias melhores. Mas elas não devem ser a nossa fonte de esperança, pelo fato de ser efêmera, passageira e terminal. Existem pessoas que dizem: O meu Deus é o meu dinheiro. Isto significa dizer, que quando o dinheiro destas pessoas acabam, acabou-se o seu Deus. Tem gente que é servo do dinheiro, e vive em uma busca desenfreada pelo dinheiro; mas a bíblia diz: Não podeis servir a Deus e a mamom (as riquezas). Mt.6.24. Segundo as estatísticas, os países ricos é onde há maior índice de suicídios. O apóstolo Paulo escrevendo para Timóteo disse: Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis; que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna (1Tm.6.17-19). O Sr. Onásis na década de 60, era considerado um dos homens mais rico do mundo; ele foi acometido de uma doença incurável e foi desenganado pela medicina na época, e pouco tempo depois morreu. Conta a história que ele ofereceu metade da sua fortuna, aos médicos para ser curado e viver um pouco mais; mas não houve jeito, as suas riquezas não puderam  resolver nem retardar a sua morte. disse o profeta Jeremias no seu livro: Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas. Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR, que faço beneficência,juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR (Jr.9.23,24).

2. CIÊNCIA.

O avanço do conhecimento científico e tecnológico, teve o seu grande desenvolvimento no século 20; a grande revolução científica e tecnológica trouxe grandes progressos e facilidades para a humanidade. Tudo isto já estava previsto na bíblia, através do profeta Daniel que diz: E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará (Dn.12.4). A grande problemática é que as pessoas estão se deixando levar, com tantas novidades que vão surgindo, ao ponto de se tornarem  amantes e compulsivas pela ciência. Porém a bíblia diz: A ciência incha, mas o amor edifica (Rm.8.1b). O desenvolvimento científico e tecnológico é muito bom, e de grande utilidade; mas não devemos firmar nossa esperança na ciência, porque ela é falível e passageira.

3. RELIGIÃO.

O homem é um ser religioso, desde os primórdios dos tempos o homem vem em uma busca incessante a procura de Deus, isto porque o homem é um ser tricotomo; composto de: espírito, alma e corpo. Por isto vem a necessidade de adorar algo, e por ignorância pensar que é o Deus verdadeiro; a religião é inerente ao homem, é impossível o homem viver sem esse sentimento. Porém o maior problema da humanidade, são as falsas religiões que arrebanham milhões de pessoas, as quais depositam toda a sua fé e esperança na falsa religião. Existe um ditado que diz: todo caminho leva à Deus. Isto não é verdade, o único caminho verdadeiro é Jesus Cristo. Ele disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim (Jo.14.6).

4. JESUS CRISTO.

Jesus Cristo não é simplesmente mais uma religião, ele é o filho de Deus que veio trazer salvação e esperança para uma humanidade pecadora e destituída de Deus. Nele sim, nós devemos depositar toda a nossa esperança; Porque ele é Deus e não falha, ele é eterno, nele nós temos uma viva esperança. A bíblia diz: Bendito seja o Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos (1Pe.1.3). Jesus Cristo é a nossa esperança porque ele morreu, ressuscitou e está vivo para todo sempre. Os grandes lideres religiosos morreram e não ressuscitaram. Se você for na Arábia, você vai encontrar o túmulo de Maomé, onde está escrito: aqui está os restos mortais de Maomé. Na Índia está os restos mortais de Buda, na China está os restos mortais de Confúcio, na França está os restos mortais de Alan Kardec, nos Estados Unidos está os restos mortais de Joseph Smith; mas, se você for a Israel, você vai encontrar o túmulo de Jesus vazio, onde está escrito: Ele não está aqui, porque já  ressuscitou. Jesus Cristo vive, ele é a nossa esperança. Aleluia!