segunda-feira, 26 de setembro de 2011

JESUS CRISTO, ESPERANÇA NOSSA.

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa. 1Tm.1.1.

A esperança é uma das três virtudes do cristianismo. Esperança é acreditar e esperar em algo de bom, naquilo que confiamos. Não podemos viver sem esperança; sem esperança, a vida perde o sentido, fica vazia e insignificante. Vivemos em uma época em que as pessoas depositam sua esperança em coisas materiais, papáveis e passageiras; esquecendo-se que a verdadeira esperança deve ser depositada em Deus, em nosso Senhor, Jesus Cristo.

EXISTEM QUATRO FONTES NAS QUAIS AS PESSOAS DEPOSITAM A SUA ESPERANÇA.


1. RIQUEZAS 

Riquezas é coisa boa, quem as possui e sabe administra-las, desfruta dias melhores. Mas elas não devem ser a nossa fonte de esperança, pelo fato de ser efêmera, passageira e terminal. Existem pessoas que dizem: O meu Deus é o meu dinheiro. Isto significa dizer, que quando o dinheiro destas pessoas acabam, acabou-se o seu Deus. Tem gente que é servo do dinheiro, e vive em uma busca desenfreada pelo dinheiro; mas a bíblia diz: Não podeis servir a Deus e a mamom (as riquezas). Mt.6.24. Segundo as estatísticas, os países ricos é onde há maior índice de suicídios. O apóstolo Paulo escrevendo para Timóteo disse: Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis; que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna (1Tm.6.17-19). O Sr. Onásis na década de 60, era considerado um dos homens mais rico do mundo; ele foi acometido de uma doença incurável e foi desenganado pela medicina na época, e pouco tempo depois morreu. Conta a história que ele ofereceu metade da sua fortuna, aos médicos para ser curado e viver um pouco mais; mas não houve jeito, as suas riquezas não puderam  resolver nem retardar a sua morte. disse o profeta Jeremias no seu livro: Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas. Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR, que faço beneficência,juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR (Jr.9.23,24).

2. CIÊNCIA.

O avanço do conhecimento científico e tecnológico, teve o seu grande desenvolvimento no século 20; a grande revolução científica e tecnológica trouxe grandes progressos e facilidades para a humanidade. Tudo isto já estava previsto na bíblia, através do profeta Daniel que diz: E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará (Dn.12.4). A grande problemática é que as pessoas estão se deixando levar, com tantas novidades que vão surgindo, ao ponto de se tornarem  amantes e compulsivas pela ciência. Porém a bíblia diz: A ciência incha, mas o amor edifica (Rm.8.1b). O desenvolvimento científico e tecnológico é muito bom, e de grande utilidade; mas não devemos firmar nossa esperança na ciência, porque ela é falível e passageira.

3. RELIGIÃO.

O homem é um ser religioso, desde os primórdios dos tempos o homem vem em uma busca incessante a procura de Deus, isto porque o homem é um ser tricotomo; composto de: espírito, alma e corpo. Por isto vem a necessidade de adorar algo, e por ignorância pensar que é o Deus verdadeiro; a religião é inerente ao homem, é impossível o homem viver sem esse sentimento. Porém o maior problema da humanidade, são as falsas religiões que arrebanham milhões de pessoas, as quais depositam toda a sua fé e esperança na falsa religião. Existe um ditado que diz: todo caminho leva à Deus. Isto não é verdade, o único caminho verdadeiro é Jesus Cristo. Ele disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim (Jo.14.6).

4. JESUS CRISTO.

Jesus Cristo não é simplesmente mais uma religião, ele é o filho de Deus que veio trazer salvação e esperança para uma humanidade pecadora e destituída de Deus. Nele sim, nós devemos depositar toda a nossa esperança; Porque ele é Deus e não falha, ele é eterno, nele nós temos uma viva esperança. A bíblia diz: Bendito seja o Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos (1Pe.1.3). Jesus Cristo é a nossa esperança porque ele morreu, ressuscitou e está vivo para todo sempre. Os grandes lideres religiosos morreram e não ressuscitaram. Se você for na Arábia, você vai encontrar o túmulo de Maomé, onde está escrito: aqui está os restos mortais de Maomé. Na Índia está os restos mortais de Buda, na China está os restos mortais de Confúcio, na França está os restos mortais de Alan Kardec, nos Estados Unidos está os restos mortais de Joseph Smith; mas, se você for a Israel, você vai encontrar o túmulo de Jesus vazio, onde está escrito: Ele não está aqui, porque já  ressuscitou. Jesus Cristo vive, ele é a nossa esperança. Aleluia!