segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DA AFRONTA À HONRA.

Texto básico: E aconteceu, no ano décimo quarto do rei Ezequias, que Senaqueribe, rei da Assíria, subiu contra todas as cidades fortes de Judá e as tomou. Então, o rei da Assíria enviou Rabisaqué, desde Laquis a Jerusalém, ao rei Ezequias com um grande exército; e ele parou junto ao cano do tanque mais alto, junto ao caminho do campo do lavandeiro. Is.36.1,2
Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.

Isaías 61:7

Ezequias rei de Judá, que era o reino do sul cuja capital Jerusalém, começou a reinar com a idade de 25 anos e reinou durante 29 anos. Ele foi um rei temente a Deus e no seu reinado houve grande prosperidade e o povo desfrutava de todos os benefícios e gozava de uma estabilidade financeira e espiritual. Até que, Senaqueribe o rei da Assíria, que assolava, dominava e escravizava várias nações; no ano 701 a.C. veio contra todas as cidades fortes de Judá e as tomou. Isto porque o rei Ezequias se recusava pagar tributos ao rei da Assíria como Acaz seu pai pagava e prestava-lhe contas. Após esta invasão do rei da Assíria, o rei Ezequias passou a pagar-lhe tributos. Senaqueribe lhe impôs trezentos talentos de prata e trinta talentos de ouro e Ezequias deu toda a prata que se achou na casa do Senhor e nos tesouros da casa do rei, e ainda cortou o ouro das portas do templo do Senhor e das ombreiras, e o deu ao rei da Assíria. Mas mesmo assim ele mandou-lhe mensageiro e ameaçou levar ao cativeiro toda a nação. 2Rs.18.13-16.
Os soldados Assírios eram conhecidos pela brutalidade com que tratavam qualquer nação que ousasse resistir ao seu progresso. Quando o exército assírio estava perto de invadir Jerusalem, o Rei Ezequias teve que tomar uma difícil decisão: Ele deveria render-se incondicionalmente aos Assírios e salvar o seu povo ou ele deveria confiar que Deus os salvaria.
Em um passo de fé, Ezequias escolheu o Senhor. O Salmo 46 é tido por alguns como a canção de triunfo escrita quando Deus honrou a fé de Ezequias e libertou Jerusalém.
Nas horas mais difíceis, precisamos confiar em Deus. Confie sempre no SENHOR, Ele vai honrar a sua fé.

1. AS  QUATRO  AFRONTAS  DO  REI  DA ASSÍRIA:

Cada um comam convosco o seu esterco e bebam a sua urina. 36.12
Não confie no rei do Egito. 36.6
Não confie no rei Ezequias. 36.14    
Não confie no SENHOR.    36.15

2. QUATRO  SITUAÇÕES  DIFÍCEIS  EM  JUDÁ.

E disseram-lhe: Assim diz Ezequias: Este dia é dia de angústia, e de vitupérios, e de blasfêmias, porque chegados são os filhos ao parto, e força não há para os dar à luz. Is.37.3

Dia de angústia.
Dia de vitupérios, (insulto, desprezo, ofensa, injúria).
Dia de blasfêmias.
Dia de fraqueza.

3. TRÊS  ATITUDES  DO  REI  EZEQUIAS:

Se humilhou perante o Senhor. 37.1 
Entrou na casa do Senhor para orar. 37.14-20
Pediu ao profeta para orar. 37.2-4.

4. AS  QUATRO  RESPOSTAS  DE  DEUS.

Não entrará nesta cidade, nem lançará nela flecha alguma. 37.33.
Ampararei esta cidade, para a livrar. 37.35.
Porei o meu anzol no teu nariz e o meu freio, nos teus lábios e te farei voltar pelo caminho por onde vieste. 37.29.
Fá-lo-ei cair morto na sua terra. 37.7b.     

5. A  PROVIDÊNCIA  DE  DEUS  E  A  VITÓRIA E A VITÓRIA DO REI EZEQUIAS.

O Senhor enviou um anjo, de madrugada no arraial dos assírios, e matou 185 mil. 37.36.
O rei Senaqueribe é morto à espada na sua cidade Nínive, pelos seus filhos, estando ele prostrado na casa de nisroque, seu deus. 37.37,38. 

Conclusão: Não adianta o inimigo se levantar com ameaças para querer intimidar o povo de Deus, porque maior é o que está conosco. Observe que, Deus resolve de maneira simples as situações e dar vitória ao seu povo. Lembra da guerra do rei Josafá? Ele venceu através do louvor. Nesta ocasião com o rei Ezequias, Deus enviou um anjo e deu a vitória. Aleluia! A vitória é nossa, pelo sangue de Jesus.