sexta-feira, 29 de junho de 2012

O BÁLSAMO DE GILEADE.

















Porventura, não há unguento em Gileade? Ou não há lá médico? Por que, pois, não teve lugar a cura da filha do meu povo? Sobe a Gileade e toma bálsamo, ó virgem filha do Egito; debalde, multiplicas remédios; não há cura para ti (Jeremias. 8.22. 46.11).
                                                                                                                                                     
Gileade, situada ao oriente do Jordão, uma região montanhosa, um território pedregoso,
mas havia também uma grande riqueza em vegetação naquela região, de plantas aromáticas e medicinais. Essa cidade ficou famosa pelo fato de lá se produzir um bálsamo que era utilizado para variedades de coisas, inclusive para curar. O bálsamo: O bálsamo era um óleo que se extraia de uma espécie de planta, e servia para cura, alivio, refrigero, inclusive para embalsamar corpos, que era um costume dos egípcios. Os egípcios recorriam à Gileade, e pagavam caro pela mercadoria. Enquanto em Israel o bálsamo estava sendo utilizado em oferendas aos deuses estranhos e desprezando o Deus vivo e verdadeiro que habita em Sião.

A  APOSTASIA  EM  ISRAEL  E  O  BÁLSAMO  DE  GILEADE.

Estava havendo uma apostasia generalizada em Israel, o povo estava disperso e já não se reunia para adorar o Deus de Sião; os príncipes, os profetas, e os sacerdotes estavam todos contaminados e dominados pela idolatria. Eles desprezavam a lei do Senhor, e o trabalho dos escribas em copiar e reproduzir a lei era vã. Eles usavam de falsidade e falavam por sua própria vaidade, e diziam ao povo: Paz, paz; e não havia paz. Eles queriam curar a ferida do povo, mas cura não havia. O profeta Jeremias que estava na contramão desta situação, profetizou para a nação de Israel dizendo: Até a cegonha no céu conhece os seus tempos de determinados; e a rola, e o grou, e a andorinha observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece o juízo do SENHOR. Jr.8.7. O profeta estava tão triste e decepcionado com o pecado povo, que exclamou: Oh! Se eu pudesse consolar-me na minha tristeza! O meu coração desfalece em mim. Eis a voz do clamor da filha do meu povo de terra mui remota: Não está o SENHOR em Sião? Não está nela o seu rei? Por que me provocam à ira com suas imagens de escultura, com vaidades estranhas? Passou a sega, findou o verão, e nós não estamos salvos. Estou quebrantado pela ferida da filha do meu povo; ando de luto; o espanto se apoderou de mim. Porventura, não há unguento  em Gileade? Ou não há lá médico? Por que, pois, não teve lugar a cura da filha do meu povo? Jr.8.18-22. O povo estava sofrendo e sendo enganados, os seus lideres eram avarentos, e buscavam os seus próprios interesses; e impressionavam o povo com seus títulos e discursos cheios de mentiras. É difícil acreditar, que havia médico, havia remédio e o povo não era curado. Tudo isto porque eles estavam desprezando o Deus, Jeová rafáh; o Deus que cura. O Deus que tem o bálsamo excelente para curar as feridas do corpo e da alma.

AS  LIÇÕES  QUE O BÁLSAMO  DE  GILEADE  NOS OFERECE:

1. O bálsamo é a alma da planta.

Era preciso quebrar, torcer, e espremer a planta, para poder extrair o óleo precioso, o unguento que traz a alegria da cura. Jesus como o bálsamo de Gileade, foi moído e sacrificado por nós na cruz, para nos garantir a cura do nosso corpo e da nossa alma, que estava enferma por causa do pecado. Diz a palavra de Deus: Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e, pelas suas pisaduras, fomos sarados (Is.53.4,5).

2. O bálsamo tem um cheiro suave e agradável.

Ele servia também como incenso para perfumar e embalsamar. A bíblia diz que o povo Deus deve exalar o bom cheiro de Cristo. O apóstolo Paulo disse: E graças a Deus que sempre nos faz triunfar em Cristo e, por meio de nós, manifesta em todo o lugar o cheiro do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom cheiro de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem (2Co.2.14,15).

3. O bálsamo era raro.

Não se encontrava em todos os lugares, havia aquela região específica para se encontrar. Jesus como o bálsamo de Gileade, é joia rara, Ele é o único que tem o poder de curar as feridas da alma, e sarar as enfermidades do corpo. A psicologia ajuda, a psiquiatria ameniza a situação; mas só Jesus Cristo, o médico de Gileade resolve.

OS  EFEITOS  PRODUZIDOS  PELO  BÁLSAMO  DE  GILEADE: 

1. Libertação.

O bálsamo libertava o povo do sofrimento; as chagas, as feridas e as dores causadas por elas, lhes deixavam em um estado de opressão. Jesus veio para trazer liberdade aos cativos. Está escrito: O Espírito do Senhor JEOVÁ está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos (Is.61.1). E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres. Jo.8.32,36.

2. Renovação.

O povo estava desesperançados, jogados a qualquer sorte, precisando de uma renovação de vida. A verdade é que o mal não dura para sempre. O tempo da sequidão termina, acaba o sofrimento, e chega o tempo de refrigerio, chega o tempo de restauração pelo poder da renovação do bálsamo de Gileade. Jesus disse: Eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância. Jo.10.10.

3. Alegria. 

A enfermidade no corpo e na alma, na vida de uma pessoa, causa-lhe tristeza e angústia, e as vezes lhe leva  à  morte. Mas, Jesus Cristo o bálsamo de Gileade, transforma toda tristeza em alegria. Diz a bíblia: E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, que venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre (Jo.7.37,38). Tem muita gente triste e amargurada, com ferida na alma, dentro e fora da igreja, que está precisando urgentemente de uma cura interior. O profeta disse: A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhe dê ornamento por cinza, óleo de alegria por tristeza, veste de louvor por espírito angustiado, a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado. Is.61.3 

CONCLUSÃO:
O médico de Gileade é Jesus. O bálsamo de Gileade é representado pelo sangue de Jesus e o poder do Espírito Santo. A igreja é Gileade, o lugar da cura. Receba a unção do bálsamo de Gileade, e vá em busca dos que estão enfermos e feridos, no corpo e na alma. Tem muitas pessoas precisando deste bálsamo.
                

quinta-feira, 21 de junho de 2012

OS TRÊS AVISOS.

Texto básico: Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Ap.3.11


Introdução: O livro de Apocalipse é o livro mais novo do canon sagrado, escrito pelo apóstolo João, por volta do ano de 96 d.C. nele encontramos: Profecias, advertências, repreensões e avisos. É um livro que desperta a curiosidade de muitos, pelo fato de nele conter profecias que apontam para o fim dos tempos. O livro apresenta três divisões: 1. As coisas que tens visto. Referente a visão de Cristo glorificado andando no meio dos sete castiçal. 2. As coisas que são. Referente as mensagens das cartas que foram enviadas as sete igrejas na Ásia Menor, a atual Turquia. Essas mensagens aplicam-se as igrejas em todas as eras, e vão até o arrebatamento da igreja. 3. As coisas que depois destas hão de acontecer. Ou seja, os eventos após o arrebatamento da igreja. Jesus disse à João: Escreve as coisas que tens visto, e as que são, e as que depois destas hão de acontecer (Ap.1.19).

VENHO  SEM  DEMORA.

Quatro razões  porque Jesus vem sem demora:

1. É já a última hora.
Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se tem feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora (1Jo.2.18). O espírito do anticristo já está no mundo, o sistema que está sendo implantado é maligno e não há como impedir. O apóstolo Paulo escrevendo à igreja de tessalônica diz: Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém, de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E, agora, vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que, agora, resiste até que do meio seja tirado; e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; a esse cuja vinda é segundo a eficácia de satanás, com todo o poder, e sinais, e prodígios de mentira, e com todo engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E, por isso, Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira, para que sejam julgados todos os que não creram a verdade; antes, tiveram prazer na iniquidade. Mas devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito e fé da verdade, para o que, pelo nosso evangelho, vos chamou, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 2Ts.2.1-14.
O mundo está se preparando para receber o anticristo, a igreja está preparada para se encontrar com Jesus.

2. Estamos nos últimos dias.
Os sinais testificam, que estamos vivendo o começo do fim. O apóstolo Paulo escrevendo ao pastor Timóteo, enumerou alguns fatos que marcaria os últimos tempos. Ele disse: Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigo de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências, que aprendem sempre e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé. Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles. 2Tm.3.1-9.
Jesus disse no seu sermão escatológico: E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até o fim  será salvo. E este evangelho do reino será pregado em todo mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim. Mt.24.12-14.

3. A figueira (Israel) já brotou.
 Israel é o relógio (kairos) de Deus para igreja. O cumprimento das profecias e os fatos que estão acontecendo, indicam que o relógio de Deus está quase cruzando os ponteiros para a igreja.
Jesus disse: Aprendei, pois, esta parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabei que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, às portas. Mt..24.32,33. Os grandes eruditos e estudiosos da bíblia, concordam que a figueira é a nação de Israel. Quando por ocasião da crucificação de Jesus, Pilatos apresentou Jesus e Barrabás ao povo e perguntou: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei então, de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado! Então Pilatos disse: Estou inocente do sangue deste justo. É respondendo todo o povo, disse: O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos. (Mt.27.20,25). Após essa declaração, os Judeus pagaram um preço muito alto até os dias de hoje. No ano 70 d.C. o general Tito e todo o seu exército, cercou Jerusalém, e fez o maior massacre, matando milhares de judeus e queimando o templo e toda a cidade. A nação de Israel que ficou dispersa por muito tempo, e perdeu a sua identidade como nação. Na segunda guerra mundial, Adolf Hitle dominado pelo ódio, ordenou a morte de seis milhões de judeus. Mas a promessa que Deus havia feito à Israel através dos seus profetas haveria de se cumprir. A palavra de Deus começou a se cumprir; no dia 14 de maio de 1948 o estado de Israel foi reconhecida pelo O.N.U. como nação, por um voto de desempate de um brasileiro chamado Osvaldo Aranha. Foi aparti dai que Israel como figueira começou a brotar, já brotou tanto que já está fazendo sobra aos países vizinhos. Jesus disse: Quando virdes estas coisas acontecerem, sabei que ele está as portas.

4. A igreja está clamando.
Diante de um mundo que vai de mal a pior, onde a decadência  moral, social e espiritual tem sido uma realidade visível e comprovada em nossos dias; a igreja só tem uma coisa a fazer: pregar a palavra de Deus. A igreja está no mundo para cumprir o seu papel de luz do mundo e sal da terra e esperar a volta de JESUS. O mundo como sistema, nunca abraçou a igreja, porque a igreja não tem comunhão com o mundo, a verdadeira igreja de Cristo, ela anda na contramão do mundo. A igreja verdadeira, já está clamando como os cristãos dos primeiros séculos, eles esperavam a volta de Jesus naquela época, e eles quando se encontravam, saudavam um ao outro dizendo: maran- atha, que significa: O Senhor vem. Se eles naquela época já tinham essa expectativa, a igreja hoje deve está muito mais esperançosa. A mensagem de urgência de Jesus para sua igreja: Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a Raiz e a geração de Daví, a resplandecente Estrela da manhã. E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida. Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus! MARANATA!( Ap.22.16,17,20).

GUARDA O QUE TENS.

Quatro coisas devemos guardar:

1. A fé. 
 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 2Tm.4.7
2. A palavra.
Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é bem-aventurado. Pv.29.18
Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. Sl.119.11
3. O coração.
Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida. Pv.4.23
4. O Espírito.
Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. Ef.4.3
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Ef.4.30

3. NINGUÉM TOME A TUA COROA. 

Quatro tipos de coroa: 

1. Coroa incorruptível.
E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível. 1Co.9.25 
2. Coroa da justiça. 
Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. 2Tm.4.8 
3. Coroa da vida.
Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam. Tg.1.12
4. Coroa de glória.
E, quando aparecer o sumo pastor, alcançareis a incorruptível coroa de glória. 1Pe.5.4

domingo, 10 de junho de 2012

O NOME ESCRITO NO LIVRO DA VIDA.

Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados. Rogo a Evódia e rogo a Síntique que sintam o mesmo no Senhor. E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Regozijai-vos, sempre, no Senhor; outra vez digo: regozijai-vos (Filipenses. 4.1-4).


A maior alegria do crente não deve está baseada em bens matérias, nem por desfrutar de um bom  status social, nem tão pouco por fazer parte de uma denominação evangélica. Antes a sua maior alegria deve ser por ter o seu nome escrito no livro da vida. Muitas pessoas se orgulham, por ter o seu nome escrito nas colunas sociais de um jornal ou revista; outras por ter o seu nome vinculado aos melhores bancos, no Brasil e no exterior. Há também  pessoas que se acham importantes por ter o seu nome escrito nos maiores cartórios,  no guinness book ( livro dos recordes), e até mesmo por ter o seu nome na calçada da fama em Hollywood. Todos estes prestígios são bons e satisfazem o ego humano, mas trazem uma alegria momentânea, passageira e terminal. Porém o maior privilégio e alegria do cristão, é ter a certeza do nome escrito na livro da vida, onde a traça não rói, a ferrugem não consome, nem o ladrão pode roubar. E não há borracha do inferno que possa apagar o nosso nome do livro da vida e de nos tirar o direito de viver eternamente.

A  IMPORTÂNCIA  DE  TER  O  NOME  ESCRITO  NO  LIVRO  DA  VIDA.

1. O  SENHOR falou à Moisés no antigo testamento:

E aconteceu que, no dia seguinte, Moisés disse ao povo: Vós pecaste grande pecado; agora, porém, subirei ao SENHOR; porventura, farei propiciação por vosso pecado. Assim, tornou Moisés ao SENHOR e disse: Ora, este povo pecou pecado grande, fazendo para si deuses de ouro. Agora, pois, perdoa o seu pecado; se não, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito. Então, disse o SENHOR a Moisés: Aquele que pecar contra mim, a este riscarei eu do meu livro (Êx.32.30-33).  Moisés tinha certeza que o seu nome estava escrito no livro de Deus, e também que Deus poderia riscar o seu nome do livro. Deus respondeu à Moisés de acordo com o seu entendimento, quando disse: Aquele que pecar contra mim, a este riscarei. Há uma promessa de Deus no livro de apocalipse que diz: O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida. Ap.3.5a. É importante entender que, Deus na sua presciência, já  sabe o fim desde o começo, e o que ele escreveu no seu livro, está escrito para sempre. A bíblia diz que nós fomos eleitos segundo a presciência de Deus. 1Pe.1.2. Disse Daví: Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe, e no teu livro todas estas coisas foram escritas, as quais iam sendo dia a dia formadas, quando nem ainda uma delas havia (Sl.139.16).

2. JESUS falou para os seus discípulos: 

E, depois disso, designou o Senhor ainda outros setenta e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam. E disse Jesus: Eu via Satanás, como raio, cair do céu. Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum. Mas não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos, antes, por estar o vosso nome escrito nos céus. Lc.10.1,17-20. Jesus treinou e capacitou mais setenta discípulos e enviou de dois em dois, para vários lugares. Esta foi uma estratégia de Jesus, para expandir a mensagem do reino de Deus. Ele delegou poderes para eles, este poder que Jesus delegou aos setenta, também é extensivo à igreja atual; eles ficaram alegres e emocionados, pelo fato de os demônios se sujeitarem a eles, por causa do nome de Jesus. Jesus falou para eles que não se alegrassem pelo fato de os espíritos se sujeitarem a eles; antes por estar o nome deles escrito nos céus. Daí  nós concluímos que, ter títulos, status, posição e até mesmo unção do Espírito Santo, é importante; porém, mais importante que tudo isso, é ter o nome escrito no livro da vida.

3. O  JUÍZO  FINAL. 

E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo (Ap.20.11-15). Perceba que tem os livros, e o livro; nos livros estão escritas as obras dos que serão julgados, e no livro que é o da vida, está o nome dos escolhidos. Corre um grande risco no juízo final, aquele que não tiver o seu nome escrito na livro da vida. A sentença final é: E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo. Leiamos o que a bíblia diz sobre as classes de pessoas que serão condenadas e lançadas no lago de fogo e enxofre: Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idolatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte (Ap.21.8). Que a misericórdia de Deus alcance a todos estes que vivem  nestas praticas pecaminosas, porque no dia do juízo final, não haverá chance para arrependimento.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

A MULHER CANANEIA.


Texto básico: E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom. E eis que uma mulher cananeia,
que saíra daquelas cercanias, clamou dizendo: Senhor, filho de Daví, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoniada. Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então, chegou ela e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me. Ele, porém, respondendo disse: Não é bom pegar o pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas  também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Então, respondeu Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas. E, desde aquela hora, a sua filha ficou sã. Mt.15.21-28.

Introdução: Esta mulher é um exemplo de fé e determinação, pós estava enfrentando um problema de origem espiritual; a sua filha estava possuída por um espírito imundo e ela não encontrava solução para aquela situação. Até que, ela ouviu falar que Jesus e seus discípulos estavam  naquela  região de Tiro e Sidom. No  evangelho de Marcos, nos deixa entender que Jesus e seus discípulos foram para os territórios de Tiro e Sidom, porque eles estavam cansados, e queriam ficar longe das multidões, e repousar. Mas a sua fama já havia atravessado as fronteiras de Israel, diz o texto que ele entrando em uma casa, queria que ninguém o soubesse, mas não pôde esconder-se. E veio ao seu encontro esta mulher, clamando e pedindo-lhe socorro, mesmo sabendo que não tinha direito as bençãos que pertenciam com exclusividade aos Judeus; ela ousou em insistir, e foi beneficiada por Jesus.
Diante da situação que ela estava enfrentando ele não perdeu a esperança, mas soube aproveitar o momento quando Jesus chegou naquela região.

AS  ATITUDES  DA  MULHER  CANANEIA:

1. Ela clamou.

E eis que uma mulher cananeia, que saíra daquelas cercanias, clamou. Ver.22a.
A sua situação era tão desesperadora, que ela gritou, e o seu grito incomodou os discípulos de Jesus, ao ponto de eles pedirem a Jesus para que ela se calasse.

2. Ela reconheceu a soberania de Jesus.

Dizendo: Senhor, filho de Daví, tem misericórdia de mim. Ver.22b.
Essa expressão: Senhor filho de Daví, significava um reconhecimento da soberania de Jesus, pelo cumprimento da profecia que dizia que da descendência de Daví, viria aquele que reinaria, e seria chamado filho de Deus, e  o seu reino seria  para sempre (2 Sm.7.12-16).

3. Ela adorou-o.

Então, chegou ela e adorou-o. Ver.25a.
Diz no evangelho de Marcos, que ela lançou-se aos seus pés (Mc.7.25). Esta adoração, mexeu o coração de Jesus, pois mesmo enfrentando um problema tão difícil e tendo recebido uma palavra desprezível ela o adorou.

4. Ela pediu socorro.

Dizendo: Senhor, socorre-me. Ver.25b.
A sua situação era tão urgente, que ela chegou a pedir socorro. Quando estamos enfrentando momentos de angústia, a palavra de Deus nos assegura, dizendo: O SENHOR te ouça no dia da angústia; o nome da Deus de Jacó te proteja. Envie-te socorro desde o seu santuário e te sustenha desde Sião (Sl.20.1,2).

5. Ela perseverou e humilhou-se.

Ele respondendo disse: Não é bom pegar o pão dos  filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Vers.26,27.
Depois de enfrentar as oposições e receber  respostas desprezíveis, ela não se exaltou e nem desistiu, mas perseverou e humilhou-se. Aqui nós aprendemos, que a vitória é para quem persevera e se humilha. A palavra de Deus nos diz: Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte (2Pe.5.6).

6. Ela exercitou fé.

Então, respondeu Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas. E naquela mesma hora, a sua filha ficou sã. Ver.28.
Ela  alcançou a vitória, por causa da sua grande fé; pois mesmo ela sabendo que não tinha direito as bençãos que pertenciam com exclusividade aos Judeus, ela ousou em insistir, e foi beneficiada por Jesus. A bíblia diz: O justo viverá da fé.

Conclusão: É interessante notar a enfase que os evangelistas Mateus e Marcos dão, quando eles escrevem dizendo: Veio uma mulher cananeia, ou uma mulher grega, siro-fenícia. Isto para ficar bem claro que ela não pertencia ao povo Judeu; ela não participava das festas sagradas de Israel, ela não conhecia a liturgia religiosa da adoração; nem tão pouco conhecia o Deus de Israel. Mas, ao ouvir falar de Jesus, ela creu que ele era o filho de Daví, o Messias prometido, e foi ao seu encontro cheia de fé. Isto foi  uma lição para muitos religiosos naquela época, eles diziam que conheciam a lei e os profetas, mas não acreditavam em Jesus. Hoje não é diferente, tem muita gente nos templos das igrejas de várias denominações que tem uma fé superficial, e não pratica uma fé profunda e verdadeira em  Deus. E, tem pessoas, que não faz parte do povo de Deus, como a mulher cananeia, e exercita a sua fé em Deus e é beneficiada. Porque Deus honra a fé daquele que lhe honra.