sexta-feira, 5 de abril de 2013

SETE RAZÕES PORQUE EU NÃO SOU ATEU.

Disseram os néscios no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras, não há ninguém que faça o bem (Salmos. 14.1).

Os ateus negam a existência de Deus. Os agnóstico sustentam que o conhecimento humano é limitado ao mundo natural, que a mente é incapaz do conhecimento de Deus. Os deístas dizem que Deus está muito longe. Os panteístas dizem que Deus é tudo, eles não acreditam em um deus pessoal. Porém, nós, os teístas, cremos que Deus é pessoal, trino, auto existente, infinito, imenso, eterno, imutável, onipotente, onipresente, onisciente, transcendente, soberano, santo, justo, cheio de amor e misericórdia. Ele é o criador, provedor e redentor, razão da nossa vida, digno da nossa adoração e motivo do nosso louvor! Aleluia!
 

QUEM É O SEU DEUS?

É a natureza? É o cosmo em sua totalidade? É uma pluralidade de deuses, cada um agindo diferente? É uma imagem de escultura  feita pelo artífice (por mãos humanas)? É a sua fortuna em bens e dinheiro? Ele é um deus palpável, visível, manipulável, que está sempre a sua disposição? Afinal quem é o seu Deus? Em quem ou no quê você crê e confia? Porém, o meu Deus é grande, imensurável, inacessível é muito mais do que todas estas coisas; e só pode ser visto e alcançado pela fé. A sua palavra nos diz: Sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus, creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam (Hb.11.6).

1. DEUS É IMANENTE.

Imanencia é um dos atributos incomunicáveis de Deus. Este termo do latim "IMMANNERE", significa etimologicamente "permanecer em". Isto implica em não ultrapassar, designa o contrário da transcendência. Por definição, imanente é aquilo que estar intimamente ligado, que é indissociável, inseparável, inerente, intrinsecamente ligado. Aquilo que não pode ser encontrado do lado de fora; faz parte do ser. Deus é imanente porque ele é a causa de todos as coisas criadas, e ele estar presente e ativo em toda natureza. Não confundir com o conceito do panteismo, que diz: Deus é tudo. O apóstolo Paulo pregando para os atenienses disse: Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos (At.17.28). Ele é o meu Deus, e será o meu guia até a morte. Aleluia!

2. DEUS É TRANSCENDENTE.

A palavra transcendente, designa o que está além de certo limite. Aquilo que é elevado, superior; que ultrapassa o limite humano. Neste caso significa, que Deus está completamente além dos limites cosmológicos. O apóstolo Paulo, escrevendo ao jovem pastor Timóteo, fazendo referência a Deus, disse: Aquele que tem, ele só, a imortalidade e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém! (1Tm.6.16). Deus é um ser imanente e ao mesmo tempo transcendente. Isto significa dizer, que ele está presente na sua criação, o profeta Isaías disse: Toda a terra está cheia da sua glória. Ele faz parte e controla toda a sua criação. Mas ele é transcendente porque é inatingível, inacessível; que não oferece acesso, que não se pode conhecer, nem compreender perfeitamente, que não está ao alcance dos homens, por isso que ele é DEUS. Glória pois a Ele.

3. DEUS É ETERNO.

A palavra eterno significa "perpétuo, sem começo e sem fim." Salmo 90:2 nos diz sobre a eternidade de Deus: "Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus." Já que os seres humanos usam o tempo para medir tudo, é muito difícil conceber o conceito de algo que não teve começo, nem terá fim, tem sempre existido e sempre existirá. No entanto, a Bíblia não tenta provar a existência de Deus ou a Sua eternidade, mas apenas começa com a frase "No princípio Deus..." (Gênesis 1:1), indicando que no início do tempo registrado, Deus já existia. A duração que se estende sem limite ao passado e a duração sem limite ao futuro, é de tempos eternos a tempos eternos, Deus foi e será para sempre. Ele é o pai da eternidade, antes de tudo, ele já existia. Deus não se explica, mas se entende pela fé. Amem!

4. DEUS É IMUTÁVEL. 

Na sua palavra está escrito: Eu o SENHOR, não mudo (Ml.3.6). Os homens mudam, as leis dos homens mudam, as formas de governos mudam, o mundo evoluiu e os seus conceitos e costumes mudaram; mas, Deus, o SENHOR, não muda. Preciosa é para nós termos a certeza de que o nosso Deus não muda. Em Deus, não pode existir variação ou sombra de mudança (Tg.1.17). Os atributos de Deus no passado são os mesmos hoje. Seu poder, sua palavra, sua sabedoria, justiça e verdade são imutáveis. Todas as coisas tem mudado e estão mudando constantemente; mas Ele continua sendo o mesmo. Ele sempre tem sido o refúgio e fortaleza de seu povo no dia da tribulação (Sl.46.1.Na.1.7). Se ele mudasse, não seria Deus. Mas ele é o mesmo, ontem, hoje e eternamente (Hb.13.8). Louvado seja Deus, por ele ser imutável.

5. DEUS É ONISCIENTE. 

A onisciência de Deus, é a capacidade que ele tem em saber e conhecer todas as coisas; essa capacidade lhe é peculiar e exclusiva pelo fato dele ser o Deus da sabedoria. O apóstolo Paulo escrevendo aos colossenses em relação do mistério de Deus - Cristo, disse: Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência (Cl.2.3). Por ele ser onisciente, não existe nada na terra nem no céu, que ele não tenha conhecimento com exatidão e detalhes. O salmista Daví fala da onisciência dizendo: SENHOR, tu me sondaste e me conheces. Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó SENHOR, tudo conheces. Tu me cercaste em volta e puseste sobre mim a tua mão. Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta, que não a posso atingir (Sl.139.1-6). Bendito seja o nome do SENHOR, pela sua onisciência.

6. DEUS É ONIPRESENTE.

Esse atributo de Deus, nos revela o seu grande poder de estar presente em todos os lugares. Deus é um ser infinito, grandioso e majestoso; a sua presença enche os céus e a terra, de maneira que nada escapa da sua presença. Ele nos diz na sua palavra, através do profeta Jeremias: Sou eu apenas Deus de perto, diz o SENHOR, e não também Deus de longe? Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? _ diz o SENHOR. Porventura, não encho eu os céus e a terra? _ diz o SENHOR (Jr.23.23,24) O salmista Daví diz: Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também; se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então, a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa (Sl.139.7-12). Enfim, ninguém, nenhuma criatura, poderá se esconder nem escapar e ficar indesculpável diante dele; o escritor aos Hebreus, nos diz: E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar (Hb.4.13). Glorificado seja Deus, pela sua onipresença.

7. DEUS É ONIPOTENTE.

A onipotência de Deus, significa em dizer que ele é o Deus todo-pederoso; está expressão no hebraico é El shaddai, e este termo aparece 48 vezes no texto sagrado, sendo 30 no livro de Jó. Jó disse: Bem sei eu que tudo podes, e nenhum dos teus pensamentos pode ser impedido (Jó.42.2). Em meio as dúvidas e incertezas de Abraão, estando com noventa e nove anos, Deus falou com ele e disse: Eu sou o Deus todo-poderoso; anda em minha presença e sê perfeito (Gn.17.1). Deus provou a Abraão e a Sara sua esposa, que ele é Deus do impossível; estando Abraão com cem anos e Sara com noventa, o SENHOR lhes diz: Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR? Ao tempo determinado, tornarei a ti por este tempo de vida, e Sara terá um filho (Gn.18.14). A onipotência de Deus implica em dizer, que para ele nada é impossivel. Jesus se revela como El shaddai, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra (Mt.28.18). Eu creio no Deus que estar presente em todos os lugares, que sabe todas as coisas e que é todo-poderoso, ele é único e exclusivo, igual a ele não há. Aleluia!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário