terça-feira, 3 de dezembro de 2013

ESPERANÇA NA ADVERSIDADE.

Recordo-me da minha aflição e do meu delírio, do meu profundo sofrimento e do meu enorme pesar. Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. Contudo, quero lembrar do que pode me dar esperança. Lm.3.19-21.

Deus não tem prazer algum em castigar e afligir a humanidade, muito menos seu povo escolhido; contudo, muitas vezes é necessário que seus filhos sejam repreendidos e castigados, para o seu próprio bem. Está escrito: Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois, então, bastardos e não filhos (Hb.12.6-8). O povo de Deus estava em cativeiro, sofrendo e sendo humilhado, e isto por permissão de Deus. Os filhos de Israel estavam em grande tristeza e toda a nação estava sendo esmagada, Deus estava corrigindo o seu povo, todavia a misericórdia do SENHOR, estava sobre eles e havia esperança da parte de Deus para o seu povo. O profeta Jeremias estando no meio do povo, vendo toda aflição e humilhação que o povo estava passando, assentou-se a chorar e a lamentar por toda aquela situação deprimente. Todavia em suas lamentações ele dizia: Recordo-me da minha aflição e do meu delírio, do meu profundo sofrimento e do enorme pesar. Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. Contudo, quero lembrar do que pode me dar esperança (Lm.3.19-21). Esta expressão: Contudo, quero lembrar do que pode me dar esperança; nos ensina que devemos descartar a possibilidade de vivermos trazendo a memória os sofrimento, as decepções e os traumas do passado. Devemos sempre nos lembrar de tudo aquilo que nos traz alegria e que pode nos dar esperança. Na palavra de Deus está escrito: Não vos lembreis dos acontecimentos passados, nem considereis os fatos antigos. Eis que farei uma coisa nova (Is.43.18,19). Quem vive de passado é museu. Pensar nos acontecimentos ruins do passado é sofrer duas vezes. Pense nas coisas boas, naquilo que alimenta a sua fé, naquilo que pode te dar esperança. Muitas vezes é preciso entendermos que, mesmo diante das adversidades e circunstâncias que nos cercam, ainda há esperança. A nossa confiança estar em Deus, ele é a fonte de esperança. Amém!

SETE COISAS QUE DEVEMOS LEMBRAR QUE PODE NOS DAR ESPERANÇA:

Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio e cuja esperança está posta no SENHOR, seu Deus (Sl.146.5).
A esperança é a âncora da alma, ninguém pode viver sem esperança. A esperança nos dar a certeza de dias melhores, a esperança também nos deixa confiantes de que teremos uma eternidade feliz com Deus. Esqueça tudo aquilo que pode roubar a sua esperança, ponha toda sua esperança em Deus e você será vencedor.

1. LEMBRAR DE DEUS.

Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confia no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR Deus é uma rocha eterna. Is.26.3,4.

2. LEMBRAR DE CRISTO.

Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei; que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. 1Co.11.23,24.

3. LEMBRAR DA RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO.

Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dos mortos, segundo o meu evangelho. 2Tm.2.8.

4. LEMBRAR DO NOSSO CRIADOR.

Lembra-te do teu criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento. Ec.12.1.

5. LEMBRAR DAS COISAS DO CÉU.

Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Cl.3.2,3.

6. LEMBRAR DA PALAVRA DE DEUS.

Alegrar-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra. Sl.119.16.

7. LEMBRAR DAS MARAVILHAS DO SENHOR.

Lembrai-vos das maravilhas que fez, dos seus prodígios e dos juízos da sua boca, vós descendência de Abraão, seu servo, vós, filhos de Jacó, seus escolhidos. Ele é o SENHOR nosso Deus; os seus juízos estão em toda a terra. Sl.105.5-7.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário