domingo, 15 de dezembro de 2013

SANTIDADE, UM ESTILO DE VIDA.

 
Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver, porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo (I Pedro, 1.15,16).

A santidade de Deus, é um dos seus atributos que mais lhe identifica; é inconcebível imaginar ou pensar em Deus e não vê Ele como Santo. Deus é Santo, e tudo o que estar relacionado a ele deve ser santo. Santo significa estar separado do pecado e consagrado para o serviço de Deus. Este é um tema que muitos não querem ouvir falar, em muitos púlpitos de igrejas já não se ouve falar sobre este assunto; muitos  pregadores, pastores e lideres já não pregam nem ensinam sobre este tema. A verdade é que, muitos estão vivendo em pecado dentro da casa de Deus, e muitos pastores estão dissimulando o pecado do povo, muitas vezes com medo de repreendê-los, para não perderem essas pessoas para outras igrejas e deixarem de receber os dízimos e ofertas das mesmas. Porém a palavra de Deus, nos diz que, sem santificação, ninguém verá o SENHOR (Hb.12.14). Deus quer quantidade com qualidade; mas, muitas igrejas estão com quantidade sem qualidade. Santidade para muitos é coisa do passado, muitos estão brincando de ser crente e criando o seu próprio padrão de vida, vivendo um evangelho de conveniências e facilidades, fora dos padrões da bíblia, daquilo que a palavra de Deus recomenda. Porém a palavra de Deus continua dizendo: Sede santos, porque eu, o SENHOR, sou Santo. Amém.

AS DUAS ETAPAS DA SANTIFICAÇÃO:

1. INSTANTÂNEA.
No momento em que a pessoa aceita e confessa Jesus Cristo, como único e suficiente Salvador e Senhor da sua vida, automaticamente ela é santificada (separada para Deus); ela perde o titulo de pecador e passa a ser chamada de santo.

2. PROGRESSIVA.
Na continuação da nossa vida cristã devemos nos esforçar para que a nossa vida de santidade diante de Deus, vá progredindo e melhorando cada vez mais. Está escrito: Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus (2Co.7.1).

AS TRÊS ÁREAS DA SANTIFICAÇÃO:

1. CORPO.
A santidade deve abranger os cinco sentidos do nosso corpo: Nossa visão, audição, olfato, tato e paladar.

2. ALMA.
A nossa alma como sede das emoções, que envolve os nossos sentimentos e vontades, deve ser santificada para glória de Deus.

3. ESPÍRITO.
As faculdades do espírito que envolve a fé e a razão, devem ser também santos para Deus.
Como está escrito: E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo (1Ts.5.23).

AS BASES DA NOSSA SANTIFICAÇÃO:

1. A PALAVRA DE DEUS. 
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. Jo.17.17.

2. O SANGUE DE JESUS.
E, por isso, também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta. Hb.13.12.

3. O ESPÍRITO SANTO.
Todavia, irmãos amados do SENHOR, devemos sempre dar graças a Deus por vós, pois Ele vos escolheu desde o princípio para a salvação pela santificação feita pelo Espírito e pela fé na verdade. 2Ts.2.13.

A IMPORTÂNCIA DA SANTIFICAÇÃO:

1. É A VONTADE DE DEUS.
A vontade de Deus é esta: a vossa santificação; por isso, afastai-vos da imoralidade sexual. 1Ts.4.3.

2. DEUS NOS CHAMOU PARA SANTIFICAÇÃO.
Porque não nos chamou Deus para imundícia, mas para a santificação. 1Ts.4.7.

3. SEM SANTIFICAÇÃO NINGUÉM VERÁ O SENHOR.
Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o SENHOR. Hb.12.14

CONCLUSÃO:
A santidade é o caminho que nos conduz ao céu. A luz da bíblia podemos entender que, sem santidade é impossível chegar ao céu e vê a Deus. Quem procura viver uma vida de santidade diante de Deus, estar vivendo dentro da vontade de Deus e terá como recompensa a sua entrada no céu e será coroado pelo o Santo dos santos e verá a sua face. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário