sábado, 17 de agosto de 2013

O INVERNO DA ALMA.

Procura vir ter comigo depressa. Procura vir antes do inverno (2Tm.4.9,21).

O apóstolo Paulo quando escreveu a sua segunda carta ao jovem pastor Timóteo, estava passando por grandes adversidades; o mesmo estava preso em Roma, e se encontrava em uma situação de desprezo, ao se queixar da situação ele dizia: Procura vir ter comigo depressa. Porque Demas me desamparou, amando o presente século, e foi para Tessalônica; Crescente, para Galácia, Tito, para Dalmácia. Alexandre, o latoeiro, causou-me muitos males; o Senhor lhe pague segundo as suas obras. Ninguém me assistiu na minha primeira defesa; antes, todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado. Erasto ficou em Corinto, e deixei Trófimo doente em Mileto. Só Lucas está comigo. Toma Marcos e traze-o contigo, porque me é muito útil para o ministério. Quando vieres, traz a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos. Procura vir antes do inverno. Após o apóstolo relatar a sua situação e fazer recomendações a Timóteo, ele pede que ele se apresse em ir ter com ele antes do inverno. Isto porque no inverno fazia bastante frio naquela região. E deixa subentendido que, pelo fato de no inverno ser tempo de clima frio, ele esperava que Timóteo lhe trouxesse o necessário, principalmente a sua capa e agasalhos para o proteger e aquecê-lo. No inverno se fazia fogueira para se aquecer, a frieza em extremo pode levar a morte. No sentido espiritual a nossa vida precisa ser aquecida pelo fogo do Espírito Santo, quando o buscamos e procuramos nos aproximar Dele, a nossa vida espiritual estará protegida e aquecida pelo fogo do Espírito. Caso contrário, corremos o risco de morrermos espiritualmente.

O INVERNO CHEGOU.

Quando o inverno chega com ele vem a chuva, a neve e o frio. O inverno faz parte das quatro estações do ano, tem pessoas que não gostam dessa estação do ano, mas sem inverno não podemos ter uma boa colheita. Porém no sentido espiritual, o inverno não é bom. Quando as pessoas se tornam frias e apáticas as coisas de Deus, corremos o risco de termos uma sociedade degenerada e desestruturada em relação a sua vida espiritual para com Deus; e isto pode desencadear uma grande decadência espiritual e até chegar a um caos.

O INVERNO NA IGREJA.

Eu te encorajo solenemente, na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, por ocasião da sua manifestação pessoal e mediante seu reino. Prega a palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e encoraja com toda paciência e sã doutrina. Porquanto, chegará o tempo em que não suportarão o santo ensino; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, reunirão mestres para si mesmos, de acordo com suas próprias vontades. Tais pessoas se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos. Tu, no entanto, sê equilibrado em tudo, suporta os sofrimentos, faze a obra de um evangelista e cumpre o teu ministério (2Tm.4.1-5.Versão King James).
Estamos vivendo esta época que o apóstolo Paulo alertou a Timóteo. Os dias são difíceis, os ortodoxos e abnegados pastores, estão sofrendo com muitos crentes dentro das igrejas (templos). Isto porque muitos não estão querendo ouvir o verdadeiro ensino da palavra; eles preferem ouvir o que gostam, uma palavra que seja cômoda a sua vida e que venha massagear o seu ego. O inverno espiritual, infelizmente está atingindo muitos dentro da igreja, muitos só pensam em riquezas, fama, status, mídia e posição social, política e eclesiástica. Há igrejas que não oram mais, fala sobre santidade é coisa do passado para muitos, pregar contra o pecado é ser ridículo e deselegante, a mensagem da cruz quase não se prega mais nos púlpitos de muitas igrejas. A igreja está ficando estafada da genuína palavra de Deus, está entrando em uma UTI espiritual e muitos tem nome de que vive mas estão mortos espiritualmente; são verdadeiros cadáveres ambulantes na igreja, no meio do povo de Deus. A Europa que foi no passado o berço do avivamento, perdeu o fervor e entrou numa geladeira espiritual. Muitos templos de igrejas na Europa fecharam as portas, e parte da Europa tem se tornado antipática ao Evangelho de Jesus Cristo. O Estados Unidos, que era considerado um pais quase 100% evangélico, tem caído bastante nas últimas pesquisas, e muitos estão vivendo um evangelho frio, materialista e sem vida. No Brasil,  o número de evangélicos vem crescendo de forma  acelerada, as últimas pesquisas indicaram que no ano de 2022 cerca de 50% da população brasileira será de evangélicos. Mas o grande problema é: Será que a maioria desses cristão realmente nasceram de novo? Será que o Evangelho está sendo pregado de forma verdadeira? Muitos estão fazendo mercantilismo, fazendo igrejas de comércio e explorando a fé do povo em troca de uma falsa prosperidade financeira. Muitos estão entrando no evangelho, mas o evangelho não está entrando na vida deles. Mas, o Espírito Santo, ainda continua levantando homens e mulheres de coragem para aquecer a igreja e trazê-la de volta ao fervor espiritual pelo poder da palavra de Deus. Amém!

O INVERNO NA VIDA DOS CRISTÃOS.

E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará (Mt.24.12).
Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor (Rm.12.11).
O grande fervor espiritual de muitos cristãos está esfriando pelo fato da multiplicação da iniquidade, conforme Jesus Cristo, nosso mestre, já previa. Com o grande avanço da ciência e da tecnologia, muitos ficaram endeusados e orgulhosos e estão esquecendo de buscarem as coisas que são do alto. Infelizmente, há uma frieza espiritual generalizada na vida de muitos crentes. Muitos não buscam se renovar na presença de Deus, e ficam na mesmice espiritual, vivendo do passado, como museu. Muitos prosperaram materialmente e cresceram na vida secular, porém espiritualmente estão frios e vazios de Deus. A grande problemática também, é que, esta frieza espiritual tem atingido muitos lideres e até pastores, eles estão vazios de Deus e sem alimentos (a palavra de Deus) para dá ao povo. O apóstolo Paulo disse: Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor. Muitos perderam o zelo, o carinho, o cuidado, pelas coisas de Deus e estão sem forças e sem vigor espiritual para servir ao Senhor. Outros que começaram animados e fervorosos na obra de Deus, estão tristes e decepcionados por olharem os erros e as falhas de alguns, ficaram escandalizados. Todavia, o Espírito Santo, não cessa de trabalhar; Ele está avivando, aquecendo e levantando crentes fervorosos para fazerem a obra de Deus nestes últimos dias. Amém!

O INVERNO NA SOCIEDADE.

Sabe, entretanto, disso: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens amarão a si mesmos, serão ainda mais gananciosos, arrogantes, presunçosos, blasfemos, desrespeitosos aos pais, ingratos, ímpios, sem amor, incapazes de perdoar, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, inconsequentes, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, com aparência de piedade, todavia negando o seu real poder. Afasta-te, portanto, desses também. Porque são pessoas assim que se intrometem pelas casas e conquistam mulheres insensatas sobrecarregadas de pecados, as quais se deixam levar por toda espécie de desejos. Elas estão sempre aprendendo, mas jamais conseguem chegar ao conhecimento da verdade. E à semelhança de Janes e Jambres que se colocaram contra Moisés, esses também se opõem à verdade. São homens que tiveram suas mentes corrompidas; são reprovados na fé. Contudo, não irão longe; pois, como no caso daqueles opositores, a insensatez que lhe é própria se manifestará claramente a todos (2Tm.3.1-9. Versão King James).
Paulo quando escreveu a Timóteo, por volta do ano 66 d.C. praticamente no começo da era cristã; ele, por revelação do Espírito Santo, já previa que nos últimos dias haveria tempos difíceis. Ele numera vinte e duas características dos homens frios e calculistas que haveriam de se multiplicar no meio da sociedade. Estamos vivendo uma época em que a maldade impera, coisas espantosas estão acontecendo, as pessoas estão perdendo o afeto, o carinho, o amor, o pudor e o respeito para com o seu semelhante e estão cada vez mais desumanas e violentas. Infelizmente, o inverno chegou também para a sociedade, a falta do calor humano estar quase em extinção, faltam os homens e mulheres de bem, que amem, que abracem as causas sociais sem interesses e que sejam verdadeiramente abnegados para promoverem a justiça social. Estamos vendo uma sociedade fria e incapaz de promover o bem. As pessoas estão ficando cada vez mais egoístas e orgulhosas, sem se importarem em fazer o bem, senão por interesses e troca de favores. Mas, um dia muitos irão ouvir Jesus: Mas o Rei ordenará aos que estiverem à sua esquerda: Malditos! Apartai-vos de mim. Ide para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos. Porquanto tive fome, e não me deste de comer; tive sede, e nada me deste de beber. Sendo estrangeiro, não me hospedaste; estando necessitado de roupas, não me vestistes; encontrando-me enfermo e aprisionado, não fostes visitar-me. E eles também perguntarão: Mas SENHOR! Quando foi que te vimos com fome, sedento, estrangeiro, necessitado de roupas, doente ou preso e não te auxiliamos? Então o Rei lhes sentenciará: Com toda a certeza vos asseguro que, sempre que o deixastes de fazer para alguns destes meus irmãos, mesmo que o menor deles, a mim o deixastes de fazer. Sendo assim, estes irão para o sofrimento eterno, porém os justos, para a vida eterna (Mt.25.41-46. Versão King James). Mas essa situação pode mudar, quando cada um de nós nos dispusermos a fazer o bem. O apóstolo Paulo, escrevendo aos gálatas disse: E não desfaleçamos de fazer o bem, pois, se não desistirmos, colheremos no tempo certo. Sendo assim, enquanto temos  oportunidade, façamos o bem a todos, principalmente aos da família da fé (Gl.6.9,10. Versão King James). Amém!