quinta-feira, 29 de agosto de 2013

TRÊS VIRTUDES BÁSICAS PARA FAZER MISSÕES.

Texto básico: E, tendo eles orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo e anunciavam com ousadia a palavra de Deus. At.4.31.

Introdução: A igreja não terá forças, coragem, ânimo e dinamismo para fazer missões; sem a prática constante da oração. O sucesso de fazer missões é orar, é através da oração que a igreja se enche do Espírito Santo e tem ousadia para falar a palavra de Deus. Muitos querem fazer missões, mas não estão preparados. Missão não é turismo, missão não é uma aventura, missão não é status de uma denominação. Missão é compromisso, missão é renuncia, missão é disposição e coragem para ir em busca de ganhar almas para o reino de Deus. A igreja que não faz missões não estar comprometida com o Ide de Jesus. Ide pregai, ide ensinai, ide fazei discípulos.

ORAÇÃO.

A oração é a base necessária que abre caminhos para fazer missões. Orar sempre será preciso, oração nunca é demais; é através da oração que nós entramos em harmonia com o Espírito Santo e começamos a agir pela direção de Deus.
A igreja primitiva só saiu para evangelizar após um longo período de oração (At.1.12-14).
Através da oração a igreja recebe poder, graça e unção do Espírito Santo (At.13.1-3).
A igreja que não ora não tem ânimo para fazer missões e estar fadada ao fracasso.
No século passado, a rainha da Inglaterra disse: Eu tenho mais temor de um crente de joelhos, do que os mísseis da União Soviética e dos Estados Unidos apontados para a Inglaterra. Um certo pregador disse: O Diabo rir da nossa sabedoria, zomba das nossas pregações, despreza os nossos títulos e status, porém, ele treme diante de uma igreja de joelhos. Diz o texto sagrado: E assim que terminaram de orar, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram plenos do Espírito Santo e, com toda a coragem saíram anunciando a palavra de Deus (At.4.31. Versão King James). É impossível fazer missões sem a prática constante da oração.

CHEIO DO ESPÍRITO SANTO.

Para realizarmos a obra de Deus, precisamos estar cheios do Espírito Santo. O apóstolo Paulo escrevendo aos efésios disse: E não vos embriagues com o vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito (Ef.5.18).

1. Deus não aceita ninguém vazio. 

Por três vezes ele disse: Ninguém apareça vazio perante mim (Ex.23.15, Ex.34.20, Dt.16.16).

-Mente vazia. Oficina de Satanás.
-Espírito vazio. Alvo de Satanás.
-Coração vazio. Presa de Satanás.

2. Deus não escolhe ninguém vazio.

-Sete diáconos cheios do Espírito Santo.

Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete varões de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio (At.6.3).

-Apóstolos (missionários) cheios do Espírito Santo.

E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado (At.13.2). Todavia, Saulo, que também se chama Paulo, cheio do Espírito Santo e fixando os olhos nele disse:...(At.13.9). E a mão do Senhor era com eles; e grande número creu e se converteu ao Senhor. E chegou a fama destas coisas aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém; e enviaram Barnabé até Antioquia. Porque era homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor (At.11.21,22,24).

-Setenta homens cheios do Espírito Santo.

E disse o SENHOR a Moisés: Ajunta-me setenta homens dos anciãos de Israel, de quem sabes que são anciãos do povo e seus oficiais; e os trarás perante a tenda da congregação, e ali se porão contigo. Então, eu descerei, e ali falarei contigo, e tirarei do Espírito que está sobre ti, e o porei sobre eles; e contigo levarão a carga do povo, para que tu sozinho o não leves (Nm.11.16,17).

3. Deus não envia ninguém vazio.

-Disse o SENHOR  a Samuel: Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei (1Sm.16.1).

-A igreja de Antioquia enviou Paulo e Barnabé, homens cheios do Espírito Santo (At.13.1,2,9.11.21-24).

-Deus enche Moisés e envia. Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar (Ex.4.12).

OUSADIA NA PALAVRA.

Ousadia. Característica ou particularidade do que é ousado; que possui valentia ou coragem; uma pessoa ousada é destemida, arrojada e valente. Temos na bíblia vários homens e mulheres que foram ousados e realizaram grandes obras em nome de Deus. 

-A ousadia de Elias.
Então, Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade,, disse a Acabe: Vive o SENHOR, Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra (1Rs.17.1).

-A ousadia  de Daví.
Disse Daví: Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? (1Sm.17.26).

-A ousadia de Pedro e João.
Então, eles, vendo a ousadia de Pedro e João e informados de que eram homens simples e iletrados, se maravilharam; e tinham conhecimento de que eles haviam estado com Jesus (At.4.13).

-A ousadia de Débora.
Então Baraque rogou a Débora: Se tu vieres comigo, eu irei, mas se não vieres comigo, também eu não marcharei! Ao que Débora lhe assegurou: Que seja como pedes! Certamente irei contigo. Contudo, não será tua a glória desta empreitada, porque o SENHOR entregará Sísera nas mãos de uma mulher!. E levantando-se prontamente, partiu Débora com Baraque em direção a Quedes (Jz.4.8,9).

-A ousadia de Ester.
Vai, e ajunta todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas moças também assim jejuaremos; e assim irei ter com o rei, ainda que não é segundo a lei; e, perecendo, pereço. E sucedeu que, vendo o rei a rainha Ester, que estava no pátio, ela alcançou graça aos seus olhos; e o rei apontou para Ester o cetro de ouro, que tinha na sua mão, e Ester chegou e tocou a ponta do cetro. Então, o rei lhe disse: Que é o que tens, rainha Ester, ou qual é a tua petição? Até metade do reino se te dará (Et.4.16.5.2,3).

-A ousadia de Jesus.
Naquele mesmo dia, chegaram uns fariseus, dizendo-lhe: Sai e retira-te daqui, porque Herodes quer matar-te. E lhes respondeu: Ide e dizei àquela raposa: eis que eu expulso demônios, e efetuo curas, hoje e amanhã, e, no terceiro dia, sou consumado (Lc.13.31,32).

Conclusão: E eles tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém! (Mc.16.20).