domingo, 6 de outubro de 2013

GRANDE É O SENHOR

Grande é o SENHOR e digno de todo louvor, na cidade de nosso Deus. Seu santo monte, belo e altaneiro, é a alegria de toda a terra. O monte Sião tem, do lado norte, a cidade do grande Rei. Em seus palácios, Deus se faz conhecer como alto refúgio. Por esse motivo, eis que os reis somaram suas forças e juntos avançaram contra a cidade. Contudo, quando a contemplaram, ficaram pasmados e fugiram aterrorizados. Salmos 48.1-5.

A grandeza de Deus é louvada e exaltada em toda a bíblia. O livro dos salmos especificamente é o livro que mais exalta a grandeza de Deus. Sendo Deus conhecido como El-shaday (Deus todo-poderoso), ele fez e faz coisas grandes. No livro do patriarca Jó, está escrito: Ele faz coisas tão grandiosas, que se não podem esquadrinhar, e tantas maravilhas que se não podem contar (Jó.5.9). A grandeza de Deus abrange tudo o que está relacionado a ele, desde os seus nomes e atributos, e todas as coisas por ele criadas. A grandeza de Deus é contraria a "grandeza do homem", o homem por causa dos seus talentos, da sua inteligência, da sua riqueza, e de sua posição social de destaque, ele se acha grande e inacessível e alguns chegam a pensar que é um deus. Porém o Soberano na sua grandeza e magnificência, a ninguém despreza e nem faz acepção de pessoas, antes, ele está disponível e pronto para atender todo aquele que lhe procura. Está escrito: Eis que Deus é mui grande; contudo, a ninguém despreza; grande é em força de coração (Jó.36.5). O homem se acha grande, mas não é; Deus é grande porque a sua grandeza é inerente a sua pessoa. Só podemos alcançar a grandeza de Deus pela fé. Se alguém limita Deus e não acredita na totalidade do seu poder, Deus será pequeno e limitado para esta pessoa. Mas, se a nossa fé é capaz de alcançar a Deus com todo o seu poder e grandeza, seremos por ele abençoados e ele fará coisas grandes na nossa vida. Amém!

SETE AÇÕES DE DEUS QUE COMPROVAM A SUA GRANDEZA:

1. Ele sabe o número das estrelas e chama a cada uma pelo seu nome.
Grande é o nosso SENHOR e de grande poder; o seu entendimento é infinito. Conta o número das estrelas, chamando-as a todas pelos seus nomes. Sl.147.5,4.

2. Ele sabe a quantidade de água que há nos mares e rios; Ele tem a medida dos céus e sabe quantos grãos de areia há na terra e sabe o peso do planeta.
Ora, dizei-me: Quem pôde medir a águas na concha da sua mão? Quem conseguiu avaliar a extensão dos céus a palmos, medir o pó da terra com o alqueire, ou calcular o peso da terra, ou ainda pesar as montanhas na balança e as colinas nos seus pratos? Is.40.12.

3. Ele assenta-se sobre o globo da terra e faz dos céus uma cortina.
Ele é o que está assentado sobre o globo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; ele é o que estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar. Is.40.22.

4. Ele enche o céu e a terra.
Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés; sendo assim que espécie de casa me haveis de edificar? E que lugar seria o meu descanso? Is.66.1.

5. Ele caminha no meio da tormenta e anda na tempestade.
O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em força e ao culpado não tem por inocente; o SENHOR tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés. Naum.1.3.

6. Ele inclina-se para contemplar o que acontece nos céus e na terra.
Quem é como o SENHOR, nosso Deus, que habita nas alturas; que se inclina para ver o que se passa nos céus e na terra. Sl.113.5,6.

7. Ele faz a natureza falar através da sua dinâmica.
Os céus revelam a glória de Deus, o firmamento proclama a obra de suas mãos. Um dia discursa sobre isso a outro dia, e uma noite compartilha conhecimento com outra noite. Não há linguagem, não há palavras, nenhuma voz que deles se ouça; entretanto, sua mensagem é transmitida por toda a terra, e sua mensagem, até aos confins do mundo. Nos céus, Ele armou uma tenda para o sol, que é como um noivo que sai de seu aposento, como feliz herói, a caminhar em sua jornada. Parte de uma extremidade dos ceus e percorre o seu caminho até o outro extremo; nada escapa ao seu calor. Sl.19.1-6.

Conclusão: A grandeza de Deus é infinita, imensurável e incomparável. Não há Deus maior, não há Deus melhor, não há Deus tão grande, como nosso Deus. Ele criou os céus, criou a terra, criou o sol e as estrelas, tudo Ele fez, tudo criou, tudo formou, para o louvor da sua glória e majestade.