quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

MULHER VIRTUOSA.

Texto básico: Mulher virtuosa, quem achará? O seu valor muito excede o de rubins. Pv.31.10.

No original hebraico, esse poema foi composto em acróstico, no qual as primeiras letras de cada parágrafo (versículo) seguem a ordem alfabética judaica. Esta peça literária é uma apologia à "esposa exemplar". Evidentemente, quem a encontra é porque recebeu de Deus essa graça. Uma mulher virtuosa é uma mulher notável, o seu valor em muito ultrapassa os das mais finas joias. O sábio Salomão, diz: O que acha uma mulher acha uma coisa boa e alcançou a benevolência do SENHOR (Pv.18.22). Mulheres tem muitas, porém as virtuosas são poucas. Uma mulher virtuosa é uma mulher sábia, laboriosa, empreendedora e temente a Deus. Ela administra bem a sua casa, educa com dedicação os seus filhos, cuida com amor do seu marido e ensina com paciência suas companheiras, além de de está sempre bem cuidada e produzida para o seu marido. Por ser uma mulher virtuosa, exemplar e de notável caráter, ela também valoriza seu lado feminino, é delicada e dar atenção a sua beleza exterior e modo de vestir; vesti-se com pudor e é modesta. Enfim, muitas mulheres são notáveis por causa da sua beleza, porém, a maior virtude de uma mulher não está na sua beleza exterior, mas nos seus bons princípios e caráter.

AS QUALIDADES QUE IDENTIFICAM UMA MULHER VIRTUOSA:

1. ELA É CONFIÁVEL.
O seu marido tem plena confiança nela, e a miséria jamais chegará a sua casa. Vers.11.

2. ELA É EXEMPLAR.
Essa esposa exemplar faz ao seu marido sempre o bem e nunca o mal. Vers.12.

3. ELA É TRABALHADORA.
Escolhe a lã e o linho e com alegria trabalha com suas próprias mãos. Vers.13.

4. ELA É PROVEDORA.
Como os navios mercantes, ela traz as provisões para o seu lar. Vers.14.

5. ELA É ORDEIRA.
Antes do romper da aurora, ela se levanta a fim de preparar a comida para todos os de casa e dar ordens às suas colaboradoras. Vers.15.

6. ELA É EMPREENDEDORA.
Ela sabe avaliar a conveniência de um campo agricultável e o compra com o seu salário; planta nessas terras sua própria vinha. Vers.16.

7. ELA É DEDICADA.
Dedica-se com prazer a seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos. Vers.17.

8. ELA É ADMINISTRADORA.
Administra com sabedoria, e seus negócios produzem lucros; mesmo tarde da noite sua lâmpada não se apaga. Vers.18.

9. ELA É TALENTOSA.
Com talento e delicadeza prepara os fios de lã e de linho para tecer as roupas da família. Vers.19.

10. ELA É CARIDOSA.
Coopera com os pobres e necessitados. Vers.20.

11. ELA É PRUDENTE.
Quando chega o inverno rigoroso, ela não se preocupa, pois todos em sua casa têm agasalhos para vestir. Vers.21.

12. ELA É ORGANIZADA.
Tece cobertas para sua cama e tem condições para se vestir de linho e púrpura. Vers.22.

13. O SEU MARIDO É RESPEITADO POR SUA CAUSA.
Nas assembleias à porta da cidade, onde seu marido toma assento entre as autoridades de sua terra, ele é respeitado. Vers.23.

14. ELA É NEGOCIANTE.
Ela produz roupas de linho e as vende, fornece também cintos de couro aos comerciantes. Vers.24.

15. ELA É UMA MULHER DE FÉ.
A força e a glória são as suas vestes, e ri-se do dia futuro. Vers.25.

16. ELA É SÁBIA.
Abre a boca com sabedoria, e sua língua sabe ensinar com bondade e paciência. Vers.26.

17. ELA É LABORIOSA.
Acompanha seus servos e cuida dos negócios de sua casa sem dar lugar à preguiça. Vers.27.

18. ELA É DIGNA DE ELOGIOS.
Seus filhos fazem questão de elogiá-la e seu marido proclama suas virtudes, afirmando: Muitas mulheres são notáveis, tu, porém, a todas sobrepujas! Vers.28,29.

CONCLUSÃO: Seja essa mulher virtuosa recompensada por seus merecimentos, e suas boas obras, proclamadas à porta da cidade! A beleza é uma ilusão, e a formosura é passageira; contudo, a mulher que teme ao SENHOR, essa será honrada! Vers.30,31.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

GRAÇA E PAZ.

Texto básico: Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus) e o irmão Sóstenes, à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso. Graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. 1Co.1.1-3.

Introdução: O apóstolo Paulo usa esta expressão graça e paz como saudação em todas as suas cartas. Graça e paz, são duas palavras que inspiram conforto e segurança. A graça em todos seus aspectos sempre será necessária, e a paz nunca poderá ser dispensável. A graça nos promove muitos benefícios, e a paz nos tranquiliza em relação ao nosso futuro; se temos paz com Deus, a paz de Deus reinará no nosso coração. Viver sem a graça é viver uma vida desgraçada; viver sem paz é viver uma vida perturbada. Estes dois grandes tesouros, graça e paz, vem de Deus Pai, e só podemos receber através do seu filho Jesus Cristo.

GRAÇA.
A graça de Deus, é um dos seus atributos mais conhecido. Esta palavra no grego é "charis," ela aparece 323 vezes no texto sagrado. O seu significado original da palavra é: Um favor divino não merecido; ou seja; a graça não depende de méritos do homem, é uma dádiva de Deus.

A MULTIFORME MANIFESTAÇÃO DA GRAÇA.

Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus (1Pe.4.10).

A GRAÇA É SALVADORA.

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie (Efésios,2.8,9).
Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens  (Tito,2.11).
A graça de Deus é o seu grande favor revelado para com a humanidade pobre e desvalida. Esta graça está na pessoa de nosso Senhor Jesus Cristo.

A GRAÇA É SUPERABUNDANTE.

Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça (Romanos,5.20).i6
Após a desobediência de Adão e Eva, o pecado passou a todos os homens; no começo não havia lei que determinasse o que era certo ou errado, veio a lei através de Moisés, porém com a lei o pecado multiplicou-se, visto que o homem não conseguia vence-lo. Mas, veio a graça por intermédio de Jesus Cristo, e superabundou, dando ao homem condições de vencer o pecado.

A GRAÇA É FORTALECEDORA.

Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus (2Tm.2.1).
O apóstolo Paulo não mandou seu filho na fé Timóteo, se fortalecer em nenhuma outra pessoa ou poderes terreno, mas ele lhe aconselhou se fortalecer na graça que há em Jesus Cristo, ele é a fonte.

A GRAÇA É LIBERTADORA.

Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do julgo da servidão. Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído (Gálatas, 5.1,4). A graça é a mão de Deus estendida para salvar e libertar o homem do seu pecado. Está escrito: Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido agravado, para não poder ouvir (Is.59.1). Jesus disse: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres (Jo.8.32,36). Ele é a Graça revelada, Ele é o Libertador. Aleluia!
 
A GRAÇA É MARAVILHOSA.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo, como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor, e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo a benevolência da sua vontade, para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado. Em quem temos a redenção pelo seu sangue, o perdão dos nossos pecados, segundo as riquezas da sua graça (Ef.1.3-7).
A graça é maravilhosa pelo fato de ela possuir riquezas. Algumas das grandes maravilhas da graça estão descritas neste texto da carta aos efésios. São elas: 1. Ele, Deus Pai, nos abençoou com todas as bênçãos espirituais, nos lugares celestiais em Cristo (pela graça). 2. Nos elegeu em Cristo, antes da fundação do mundo (isto é maravilhoso, só pela graça). 3. Nos predestinou para sermos adotados como filhos, por intermédio de Jesus Cristo, aleluia! Isto é maravilhoso. 4. Nos tomou para Ele segundo a benevolência da sua vontade, para louvor e glória da sua graça, e nos fez agradáveis a si no Amado (Jesus). Isto é muito, é maravilhoso, aleluia! 5. Nele (Jesus), temos a redenção, o perdão dos nossos pecados pelo seu sangue, segundo as riquezas da sua graça. Glória a Deus, isto é maravilhoso!

PAZ.

Paz, no hebraico é Shalom, que significa harmonia, plenitude, firmeza, bem-estar e tranquilidade em todas as áreas da vida.
Paz em grego é Eirene, que é a quietude de coração, tranquilidade de mente e um bem-estar na alma do homem que goza paz com o seu criador.
A paz verdadeira não é simplesmente a ausência da guerra, porque a paz que vem de Deus, é de dentro para fora. Só o verdadeiro cristão pode desfrutar desta paz. A paz que Jesus nos oferece não é uma paz superficial, momentânea e passageira. A paz que Jesus nos oferece, não tem a sua origem nas drogas, nem em métodos terapêutíco, nem nas filosofias dos homens, mas esta paz tem a sua origem em Deus. A paz de Deus ela excede a todo o entendimento (Filipenses,4.7). Mesmo que as circunstâncias sejam desfavoráveis o verdadeiro cristão pode desfrutar dessa paz. Esta paz é capaz de preparar o crente para enfrentar a morte. Paz para os cristãos não é uma química feita num laboratório, nem o resultado de técnicas psiquiátricas e nem o efeito de drogas, nem pratica de ioga; mas é um presente de Deus através de Jesus Cristo, só Ele pode te dar. Não gaste dinheiro e tempo em coisas que não promovem a paz verdadeira. Aceite a graça divina que é o único meio de apaziguar a tua alma. Deixe a graça divina te envolver a fim de te libertar da escravidão do pecado e promover a paz em teu coração. Amém!

CINCO CARACTERÍSTICAS DA VERDADEIRA PAZ.

O mundo oferece uma falsa paz. A paz que o mundo oferece é uma paz artificial, momentânea e passageira. A paz verdadeira vem de Deus, e está na pessoa de Jesus Cristo, e todos quantos lhe aceitam como único e suficiente Salvador, podem desfrutar dessa paz.

1. Ela tem sua origem em Deus.
E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus (Fp.4.7).

2. Ela está em Jesus Cristo.
Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhas paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo (Jo.16.33).

3. Ela é permanente.
Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confiai na SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR Deus é uma rocha eterna (Is.26.3,4).

4. Ela é eficaz.
Se for possível, quando estiver em vós, tende paz com todos os homens. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem (Rm.12.18,21).

5. Ela é abundante.
Muita paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço (Sl.119.165).

Conclusão: Que a graça e a paz sejam abundantes na sua vida, e que toda sorte de bênçãos da parte de Deus, nosso Pai, sejam derramadas na sua vida. Amém!


sábado, 15 de fevereiro de 2014

A ESPERANÇA QUE NUNCA MORRE.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma VIVA ESPERANÇA, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e que não pode murchar, guardada nos céus para vós. 1Pe.1.3,4.

Esperança, é um sentimento positivo relacionado a um futuro melhor, a esperança gera uma expectativa de que algo vai dá certo, mesmo que as circunstâncias sejam desfavoráveis. Não podemos viver sem esperança, viver sem esperança é não acreditar no futuro, viver sem esperança é perder o prazer de viver, viver sem esperança é viver sem direção e ficar a deriva esperando o pior acontecer. Há um ditado popular que diz: A esperança é a última que morre. Porém, há uma viva esperança que nunca morre, e quem põe a sua confiança nela nunca será decepcionado, porque esta esperança é eterna, ela se chama Jesus Cristo. Nunca perca a esperança, continue lutando, corra atrás dos seus objetivos, persevere, confie em Deus, ele vai mudar a sua história e a sua vitória vai chegar. A bíblia diz: Bem-aventurado é aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio e cuja ESPERANÇA está posta no SENHOR, seu Deus (Sl.146.5).

ONDE ESTÁ FIRMADA A SUA ESPERANÇA.

Existem quatro fontes de esperança onde as pessoas estão depositando toda a sua confiança, as quais são: As riquezas, a ciência, a religião, Jesus Cristo. A esperança é como uma âncora que firma e dá segurança as grandes embarcações. O escritor aos hebreus nos diz, que temos uma esperança proposta, a qual é como âncora da alma segura e firme (Hb.6.18,19). Esqueça tudo aquilo que não pode te dá esperança, e ponha a sua esperança em Deus. 

AS QUATRO FONTES DE ESPERANÇA:

1. RIQUEZAS 

Riquezas é coisa boa, quem as possui e sabe administra-las, desfruta dias melhores. Mas elas não devem ser a nossa fonte de esperança, pelo fato de ser efêmera, passageira e terminal. Existem pessoas que dizem: O meu Deus é o meu dinheiro. Isto significa dizer, que quando o dinheiro destas pessoas acabam, acabou-se o seu Deus. Tem gente que é servo do dinheiro, e vive em uma busca desenfreada pelo dinheiro; mas a bíblia diz: Não podeis servir a Deus e a mamom (as riquezas). Mt.6.24. Segundo as estatísticas, os países ricos é onde há maior índice de suicídios. O apóstolo Paulo escrevendo para Timóteo disse: Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis; que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna (1Tm.6.17-19). O Sr. Onásis na década de 60, era considerado um dos homens mais rico do mundo; ele foi acometido de uma doença incurável e foi desenganado pela medicina na época, e pouco tempo depois morreu. Conta a história que ele ofereceu metade da sua fortuna, aos médicos para ser curado e viver um pouco mais; mas não houve jeito, as suas riquezas não puderam  resolver nem retardar a sua morte. disse o profeta Jeremias no seu livro: Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas. Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR, que faço beneficência,juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR (Jr.9.23,24).


2. CIÊNCIA.

O avanço do conhecimento científico e tecnológico, teve o seu grande desenvolvimento no século 20; a grande revolução científica e tecnológica trouxe grandes progressos e facilidades para a humanidade. Tudo isto já estava previsto na bíblia, através do profeta Daniel que diz: E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará (Dn.12.4). A grande problemática é que as pessoas estão se deixando levar, com tantas novidades que vão surgindo, ao ponto de se tornarem  amantes e compulsivas pela ciência. Porém a bíblia diz: A ciência incha, mas o amor edifica (Rm.8.1b). O desenvolvimento científico e tecnológico é muito bom, e de grande utilidade; mas não devemos firmar nossa esperança na ciência, porque ela é falível e passageira.

3. RELIGIÃO.

O homem é um ser religioso, desde os primórdios dos tempos o homem vem em uma busca incessante a procura de Deus, isto porque o homem é um ser tricotomo; composto de: espírito, alma e corpo. Por isto vem a necessidade de adorar algo, e por ignorância pensar que é o Deus verdadeiro; a religião é inerente ao homem, é impossível o homem viver sem esse sentimento. Porém o maior problema da humanidade, são as falsas religiões que arrebanham milhões de pessoas, as quais depositam toda a sua fé e esperança na falsa religião. Existe um ditado que diz: todo caminho leva à Deus. Isto não é verdade, o único caminho verdadeiro é Jesus Cristo. Ele disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim. Jo.14.6.

 4. JESUS CRISTO.

Jesus Cristo não é simplesmente mais uma religião, ele é o filho de Deus que veio trazer salvação e esperança para uma humanidade pecadora e destituída de Deus. Nele sim, nós devemos depositar toda a nossa esperança; Porque ele é Deus e não falha, ele é eterno, nele nós temos uma viva esperança. A bíblia diz: Bendito seja o Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos (1Pe.1.3). Jesus Cristo é a nossa esperança porque ele morreu, ressuscitou e está vivo para todo sempre. Os grandes lideres religiosos morreram e não ressuscitaram. Se você for na Arábia, você vai encontrar o túmulo de Maomé, onde está escrito: aqui está os restos mortais de Maomé. Na Índia está os restos mortais de Buda, na China está os restos mortais de Confúcio, na França está os restos mortais de Alan Kardec, nos Estados Unidos está os restos mortais de Joseph Smith; mas, se você for a Israel, você vai encontrar o túmulo de Jesus vazio, onde está escrito: Ele não está aqui, porque já  ressuscitou. Jesus Cristo vive, ele é a nossa esperança. Aleluia!

CONCLUSÃO: 
Toda nossa esperança deve está firmada em Deus. Não ponha sua esperança nas riquezas, porque elas são passageiras e acabam. Não ponha sua esperança na ciência, porque ela é falível. Não ponha sua esperança na política, ela pode falhar. Não ponha sua esperança na religião, porque ela não pode salvar. Não ponha a sua esperança nos amigos, porque eles sempre falham. Mas, ponha toda a sua esperança em Deus, ele é fiel, todo-poderoso e nunca falha. Aleluia!

domingo, 9 de fevereiro de 2014

AS DUAS PROPOSTAS.

Texto básico: Os céus e a terra tomo hoje, por testemunhas contra ti, que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente. Dt.30.19.

Introdução: A vida nos oferece muitas opções de escolhas e as pessoas estão sempre tomando decisões, uns acertam e são felizes, outros erram e sofrem as consequências. Deus não fez o homem programado como um robô, mas ele lhe fez dotado de uma capacidade de decisão e livre arbítrio, que lhe dá o direito de escolha. Na bíblia nós encontramos várias propostas que nos dão opção de escolha. Exemplo: Deus ou Diabo, céu ou inferno, vida ou morte, bênção ou maldição, caminho largo ou caminho estreito, porta estreita ou porta larga. Devemos escolher entre servir a Deus ou servir a Mamom (as riquezas), agradar a Deus ou agradar o mundo, adorar o Deus vivo e verdadeiro, ou adorar o falso deus deste século e os prazeres que mundo oferece. Todos nós somos tentados e estamos sujeitos a errar, todos os dias o pecado bate a nossa porta, todos os dias as tentações nos convida, mas é melhor escolher Deus, é melhor ser amigo de Deus.

DUAS OPÇÕES: JESUS OU SATANÁS.

Jesus disse: Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância. Jo.10.9,10.

A PROPOSTA DE SATANÁS:

1. ROUBAR.

O Diabo vem para roubar e manchar a imagem de Deus na vida do ser humano; roubar a fé, a paz, a alegria e a comunhão do homem com Deus, lhe deixando cada vez mais distante e destituído da glória de Deus. Ele é usurpador e ladrão, ele vem para roubar a harmonia, e a alegria de viver que Deus dar ao homem.

2. MATAR.

Satanás é homicida, a sua intenção é exterminar tudo aquilo que tem vida. A sua vontade é matar a vida humana e eliminar todo o sentimento humano relacionado a Deus. Ele quer deixar o homem morto, fisicamente e espiritualmente.

3. DESTRUIR.

Satanás é um destruidor nato, o seu propósito é sempre destruir. Ele é um destruidor de lares, a sua intenção é destruir as famílias. Ele quer destruir os bons costumes e princípios da sociedade, ele tenta desestruturar e destruir todas organizações religiosas e políticas que trabalham para o bem da sociedade. Ele é destruidor e anarquista.

A PROPOSTA DE JESUS:

1. SALVAÇÃO.

Jesus é o Salvador, a sua proposta é salvar o homem e lhe outorgar perdão. Jesus veio buscar e salvar o homem perdido (Lc.19.10); a sua vontade é que todos se salvem e venham ao conhecimento da verdade (1Tm.2.3,4). Ele é o único Salvador, está escrito: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos (At.4.12).

2. LIBERTAÇÃO.

Jesus é o grande libertador da humanidade, ele diz na sua palavra: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres (Jo.8.32,36). A sua proposta é libertar e transformar a vida do mais vil pecador. Está escrito: Vinde, então, e argui-me, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como o escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã (Is.1.18).

3. VIDA ETERNA.

Jesus é o Pai da eternidade, ele é o doador da vida eterna, ele tem as chaves da morte e do inferno, ele é o Senhor e príncipe da vida. Ele disse: Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida (Jo.5.24). Jesus é o único que pode proporcionar ao homem a vida eterna com Deus. Ele disse: As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos (Jo.10.27,28). Amém! 

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

O PODER DA ORAÇÃO.

Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. Está entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, pediu que não chovesse, e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Tg.5.13-18.

A oração é uma fonte geradora de poder. Em toda a bíblia vamos encontrar pessoas orando e sendo vencedoras pelo poder da oração. Orar é necessário, oração nunca é demais. Oração é sinonimo de vitória; eu nunca vi uma pessoa que persevera no caminho da oração contar derrota. Um crente de joelhos diante de Deus, com um coração sincero, move o trono de Deus, e Ele se levanta para lhe dar vitória. Está escrito: Por causa da opressão dos pobres e do gemido dos necessitados, me levantarei agora, diz o SENHOR; porei em salvo aquele para quem eles assopram (Sl.12.5). Quando a igreja ora o sobrenatural acontece. É impossível Satanás vencer um crente de oração. Um certo pregador disse: O Diabo ri das nossas pregações, zomba da nossa sabedoria, despreza os nossos títulos e status, mas, ele teme e treme diante de um crente de joelhos. Na época da guerra fria, a rainha da Inglaterra, declarou: Eu tenho mais temor de um crente de joelhos do que os mísseis da União Soviética e dos Estados Unidos, apontando para Inglaterra. A grande estratégia do Diabo e tentar impedir os crentes de orar; porque ele sabe que a oração fortalece o crente e lhe dar poder. Infelizmente, muitos crentes já não oram mais, são crentes nominais que tem nome de quem vive mas estão mortos. Muitos perderam a comunhão com Deus e não sentem mais prazer de orar, mas é preciso retornarmos ao altar da oração, Deus está atento para nos ouvir, e pronto para responder as nossas orações. Ele diz na sua palavra: Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisa grandes e firmes, que não sabes (Jr.33.3). Amém!

VITÓRIAS ALCANÇADAS PELO PODER DA ORAÇÃO:

O CLAMOR DE MOISÉS, E A VITÓRIA DOS ISRAELITAS.

Então, disse o SENHOR a Moisés: Porque clamas a mim? Diz aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco. Ex.14.15,16.
O SENHOR pelejará por vós, e vos calareis. Ex.14.14.

O CLAMOR DE SAMUEL E A VITÓRIA DE ISRAEL.
Ouvindo, pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mizpá, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus.
Por isso disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao Senhor nosso Deus por nós, para que nos livre da mão dos filisteus.
Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao Senhor; e clamou Samuel ao Senhor por Israel, e o Senhor lhe deu ouvidos.
E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o Senhor aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel.
E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car.
Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor.
Assim os filisteus foram abatidos, e nunca mais vieram aos termos de Israel, porquanto foi a mão do Senhor contra os filisteus todos os dias de Samuel.

1 Samuel 7:7-13
Ouvindo, pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mizpá, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus.
Por isso disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao Senhor nosso Deus por nós, para que nos livre da mão dos filisteus.
Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao Senhor; e clamou Samuel ao Senhor por Israel, e o Senhor lhe deu ouvidos.
E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o Senhor aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel.
E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car.
Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor.
Assim os filisteus foram abatidos, e nunca mais vieram aos termos de Israel, porquanto foi a mão do Senhor contra os filisteus todos os dias de Samuel.

1 Samuel 7:7-13

vindo, pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mizpá, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus.
Por isso disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao Senhor nosso Deus por nós, para que nos livre da mão dos filisteus.
Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao Senhor; e clamou Samuel ao Senhor por Israel, e o Senhor lhe deu ouvidos.
E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o Senhor aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel.
E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car.
Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor.
Assim os filisteus foram abatidos, e nunca mais vieram aos termos de Israel, porquanto foi a mão do Senhor contra os filisteus todos os dias de Samuel. 1Samuel,7.7-13.

A ORAÇÃO DO REI EZEQUIAS, E O EXÉRCITO DOS ASSÍRIOS É DESTRUÍDO.

Recebendo, pois, Ezequias as cartas das mãos dos mensageiros, e lendo-as, subiu à casa do Senhor; e Ezequias as estendeu perante o Senhor.
E orou Ezequias ao Senhor, dizendo:
Ó Senhor dos Exércitos, Deus de Israel, que habitas entre os querubins; tu mesmo, só tu és Deus de todos os reinos da terra; tu fizeste os céus e a terra.
Inclina, ó Senhor, o teu ouvido, e ouve; abre, Senhor, os teus olhos, e vê; e ouve todas as palavras de Senaqueribe, as quais ele enviou para afrontar o Deus vivo.
Portanto, assim diz o Senhor acerca do rei da Assíria: Não entrará nesta cidade, nem lançará nela flecha alguma; tampouco virá perante ela com escudo, ou levantará trincheira contra ela.
Pelo caminho por onde vier, por esse voltará; porém nesta cidade não entrará, diz o Senhor.
Porque eu ampararei esta cidade, para livrá-la, por amor de mim e por amor do meu servo Davi.
Então saiu o anjo do Senhor, e feriu no arraial dos assírios a cento e oitenta e cinco mil deles; e, quando se levantaram pela manhã cedo, eis que todos estes eram corpos mortos.
Assim Senaqueribe, rei da Assíria, se retirou, e se foi, e voltou, e habitou em Nínive.
E sucedeu que, estando ele prostrado na casa de Nisroque, seu deus, Adrameleque e Sarezer, seus filhos, o feriram à espada; escaparam para a terra de Ararate; e Esar-Hadom, seu filho, reinou em seu lugar. Is.37.14-17,33-38.

A IGREJA ORA E DEUS ENVIA UM ANJO PARA SOLTAR PEDRO.


E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar;
E matou à espada Tiago, irmão de João.
E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos.
E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa.
Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.
E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.
E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.
E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.
E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.
E, quando passaram a primeira e segunda guarda, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele.
E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.
E, considerando ele nisso, foi a casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravam. At.12.1-12.
E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar;
E matou à espada Tiago, irmão de João.
E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos.
E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa.
Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.
E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.
E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.
E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.
E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.
E, quando passaram a primeira e segunda guarda, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele.
E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.

Atos 12:1-11

PAULO E SILAS ORARAM E FORAM LIBERTOS DA PRISÃO.

Perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos escutavam. E, de repente, sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos. At.16.25,26. 

Conclusão: O verdadeiro cristão não pode viver sem orar; a oração faz parte da  comunhão e comunicação do crente com Deus. Jesus foi o maior exemplo de uma vida de oração, mesmo sendo Deus; todavia como homem ele precisava orar. Quem não ora estar fora da peleja, estar prestes a ser derrotado. Mas, quem vive na pratica da oração é vencedor, porque onde tem oração tem vitória. Amém!