terça-feira, 4 de março de 2014

LÍNGUA ERUDITA.

O SENHOR Jeová me  deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça como  aqueles que aprendem (Isaías.50.4).

Uma língua erudita é uma língua sábia, aquele que tem uma língua erudita não fala precipitadamente, mas fala com prudência e no tempo certo. Tem pessoas que são tagarelas, falam demais; e por falarem demais elas se tornam reféns das suas próprias palavras. Há um ditado que diz: Quem muito fala, muito erra. Palavras são como sementes, elas são poderosas, e podem edificar ou destruir, dá vida ou matar. Um certo sábio disse: Há três coisas que não voltam mais: A flecha atirada, a oportunidade perdida, e a palavra falada. Aquele que tem uma língua erudita tem sempre uma boa palavra, a sua palavra é para edificação e consolo, também pode ser de correção e repreensão, dependendo do momento e da situação. O escritor aos hebreus diz: E, na verdade, toda correção, ao presente, não parece ser de alegria, depois, produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela (Hb.12.11). Feliz é o homem que teme a Deus, e que recebeu do SENHOR Jeová, uma  língua erudita.

OS EFEITOS DAS PALAVRAS DE UMA  LÍNGUA ERUDITA:

1. PROMOVE EDIFICAÇÃO.
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. Ef.4.29.

2. TRAZ CONHECIMENTO.
Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim. Pv.15.7.

3. SERVE DE SAÚDE.
Há alguns cujas palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é saúde. Pv.12.18.

4. PROMOVE A SABEDORIA.
A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia. Pv.15.2.

5. FALA A VERDADE.
O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento. Pv.12.19.

6. PROMOVE ALEGRIA.
A solicitude no coração do homem o abate, mas uma boa palavra o alegra. Pv.12.25.

7. PROMOVE VIDA.
Uma língua saudável é árvore de vida, mas a perversidade nela quebranta o espírito. Pv.15.4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário