sexta-feira, 2 de maio de 2014

FOGO NO ALTAR.

Texto básico: Então, Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e reparou o altar do SENHOR, que estava quebrado. Sucedeu, pois, que, oferecendo-se a oferta de manjares, o profeta Elias se chegou e disse: Ó SENHOR, Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou o teu servo, e que conforme a tua palavra fiz todas estas coisas. Responde-me, SENHOR, responde-me, para que este povo conheça que tu, SENHOR, és Deus e que tu fizeste tornar o seu coração para trás. Então, caiu fogo do SENHOR, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. O que vendo todo o povo, caiu sobre os seus rostos e disse: Só o SENHOR é Deus! Só o SENHOR é Deus! 1Rs.18.30,36-39.

Introdução: A nação de Israel estava atravessando um período critico na sua história, havia uma grande decadência espiritual, a idolatria em Israel tinha chegado ao extremo, o culto a Baal estava estabelecido. Acabe o rei de Israel e Jezabel a rainha pagã, sua esposa, eram os regentes da nação, e levaram o povo ao pelo caminho da idolatria, desviando-os de servir e adorar o Deus vivo e verdadeiro, para servirem a Baal, um deus morto e mentiroso. Baal era conhecido como o deus da chuva, da colheita, da fertilidade e da prosperidade. Elias, um profeta ousado e usado por Deus, profetizou que por alguns anos nem chuva nem orvalho haveria em Israel. Deus através do profeta Elias, decidiu ironizar o sistema e provar para o povo que ele era o Deus verdadeiro. Depois de um período de três anos e meio, estando a nação sofrendo escassez de alimentos e água, veio o profeta Elias e apresentou-se ao rei Acabe, e desafiou 850 profetas, 450 profetas de Baal, e 400 profetas de Azerá. No monte Carmelo Elias edificou um altar e colocou sobre ele o sacrifício, e disse: O deus que responder por fogo esse será Deus. E todo o povo concordou. Eles clamaram do começo do dia até ao meio dia, e Baal não respondeu. O altar foi quebrado, eles se retalharam com facas e lancetas, mas Baal não respondeu. Elias chamou o povo, consertou o altar que estava quebrado, mandou cavar um rego ao redor e mandou encher de água por três vezes. Depois que o altar foi consertado Elias clamou a Deus em oração, e diz a bíblia que Deus lhe respondeu, mandou fogo do céu, e consumiu o holocausto e a lenha e as pedras e ainda lambeu a água que estava no rego. Concluímos que, altar da idolatria não tem fogo de Deus, altar desconcertado também não pode receber fogo de Deus. Mas o altar daquele que serve ao Deus verdadeiro, e que é um verdadeiro adorador, esse altar tem fogo de Deus. Tem muitos crentes que no seu altar (vida com Deus), não tem mais fogo; muitos estão precisando consertar o seu altar, ajustar a sua vida com Deus, para que o fogo de Deus possa descer na sua vida. Deus não envia fogo para altar da idolatria, nem altar desconcertado; é preciso consertar o altar para Deus mandar fogo. Amém!

TRÊS TIPOS DE ALTARES NA VIDA ESPIRITUAL DO CRENTE:

Altar no Antigo Testamento, era a principio uma base alta feita com pedras, sendo depois construído com vários tipos de materiais; havia muitos tipos de altares naquela época. A palavra altar é encontrada 396 vezes no Antigo Testamento. A palavra altar em hebraico é Mizbeach. Era o lugar onde eram queimados os sacrifícios e incensos ao Senhor. Além disso, era o lugar de adoração a Deus e de comunhão entre Deus e aqueles que ofereciam os sacrifícios. Era, também, um lugar onde Deus manifestava a sua glória e provisão. Por inúmeras vezes Deus pediu que fosse construído um altar para Ele.  
Na Nova Aliança altar significa a nossa vida de comunhão com Deus. Altar é lugar de intimidade, de sacrifício espiritual e de oferecer o melhor para Deus.

1. ALTAR DA ORAÇÃO.
Mas eu invocarei a Deus, e o SENHOR me salvará. De tarde, e de manhã, e ao meio-dia, orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz. Sl.55.16,17. 
Se eu atender à iniquidade no meu coração, o SENHOR não me ouvirá. Sl.66.18.
Infelizmente, muitos crentes estão deixando de orar, muitos abandonaram o altar da oração e estão grudados na internet até altas horas da noite, madrugada a dentro, perdendo tempo nas redes sociais, site de relacionamentos e outros entretenimento na internet. Mas, o Espírito Santo continua dizendo: Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão (Pv.8.17).
O altar da oração é de grande importância na vida do crente, o crente que não vive uma vida de constante oração, está vulnerável aos ataques do inimigo e não tem forças para vencê-lo. Infelizmente, muitos crentes estão com o altar da oração apagado, muitas igrejas não oram mais, os cultos de oração são um fracasso, o povo está em busca de festas, eventos e movimentos. Porém é preciso voltarmos ao altar da oração, só assim teremos uma vida vitoriosa.

2. ALTAR DA ADORAÇÃO.
Trazendo, pois, a arca de Deus, a puseram no meio da tenda que Daví lhe tinha armado; e ofereceram holocausto e sacrifícios pacíficos perante Deus. E pôs perante a arca do SENHOR alguns dos levitas por ministros; e isso para recordarem, e louvarem, e celebrarem ao SENHOR, Deus de Israel. Dai ao SENHOR a glória do seu nome; trazei presentes e vinde perante ele; adorai ao SENHOR na beleza da sua santidade. 1Cr.16.1,4,29.
O altar da adoração faz parte da nossa devoção sincera diante de Deus, devemos sempre adorar a Deus, um adorador não pode ficar com o altar da adoração apagado. A nossa adoração a Deus não está restrita a período de tempo quando estamos no templo cultuando. Um verdadeiro adorador ele adorar ao Pai em espírito e em verdade onde ele estiver, ele é um adorador ambulante. Muitos perderam o foco da verdadeira adoração e estão adorando cantores e pregadores, outros estão desviando a atenção do povo para si. O problema é que em muitas igrejas está predominado o culto do ego, muitos se acham estrelas no meio do povo de Deus, querem ser o centro das atenções, gostam de assentar nos primeiros lugares para serem vistos e aplaudidos. Enquanto isso a glória de Deus vai desaparecendo, são igrejas cheias e crentes vazios, são templos bonitos e luxuosos, mas não se sente a presença de Deus. Tudo isso porque o altar da verdadeira adoração está quebrado na vida de muitos; são muitos cantores, porém poucos adoradores. São muitas músicas, porém poucos louvores; são muitos templos, porém poucas igrejas. Muitos não vão a Casa de Deus cultuar, vão assistir o culto. Infelizmente, isto é fato.

3. ALTAR DA PALAVRA.
Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.
Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.
A tua palavra é muito pura; por isso, o teu servo a ama.
Folgo com a tua palavra, como aquele que acha um grande tesouro. Sl.119.9,11,140,162.
O altar da palavra deve ter a primazia na nossa vida, devemos amar a palavra, lê a palavra, viver a palavra, andar pela palavra, obedecer a palavra, guardar a palavra, comer a palavra e pregar a palavra. O profeta Jeremias disse: Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome me chamo, ó SENHOR, Deus dos Exércitos (Jr.15.16). O apóstolo Paulo escrevendo ao jovem pastor Timóteo, disse: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade (2Tm.2.15). Manejar bem a palavra da verdade é uma virtude de quem lê, de quem nela medita e a ama de todo coração. Que esse altar nunca se apague, pois, dele depende a nossa vida. Deus falou a Josué: Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás (Js.1.8). Infelizmente, muitos crentes não leem mais a bíblia, perderam o apetite espiritual pela palavra e estão perdendo tempo com vários entretenimento que permeiam na internet, na televisão e entre outros. É tempo de reconhecermos o valor da palavra, e dizermos: A palavra de Deus é para mim, um tesouro sem igual em valor. Ela é doce como mel, aquele que a aceita pela fé há de ser fiel.

Conclusão: Altar é lugar de sacrifício, altar é lugar de adoração, altar é lugar de encontro com Deus. Altar tem que ter fogo de Deus, altar sem fogo Deus está reprovado e prestes a desmoronar. Altar sem fogo não é altar, é apenas um monumento de pedras. A bíblia diz: O fogo arderá continuamente sobre o altar, não se apagará (Lv.6.13).

Nenhum comentário:

Postar um comentário