sábado, 19 de julho de 2014

JOVENS CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO.

Eu vos escrevi, jovens, porque sois forte, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno. (1Jo.2.14). E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito (Ef.5.18).  


O grande desafio deste século é ser cheio do Espírito Santo, e se manter cheio. Ser cheio do Espírito Santo implica em esvazia-se de si e das coisas mundanas, e procurar viver para Deus, sem reservas. Para ser cheio do Espírito Santo é preciso primeiro se esvaziar de tudo que é contrário a vontade de Deus. Nem todos que dizem ter o Espírito Santo, são cheios do Espírito Santo. Ser cheio do Espírito Santo, não é simplesmente ser batizado com o Espírito Santo ou falar em línguas estranhas; também não é ter a experiência do novo nascimento ou ter um grande conhecimento teológico; é muito mais que isto. Ser cheio do Espírito Santo é ter a capacidade dada pelo Espírito Santo de viver uma vida integra e fiel a palavra de Deus, mesmo em meio as lutas e adversidades da vida. É viver uma vida frutífera e demonstrar na sua vida diária a manifestação do fruto do Espírito. É ter a graça abundante de Deus em uma dinâmica poderosa para evangelizar, adorar, contribuir, dá testemunho e executar o serviço cristão em geral. Por incrível que pareça, é raro se encontrar em pleno século vinte e um, crentes cheios do Espírito Santo. Mais do que nunca, Deus está procurando pessoas que queiram enfrentar o desafio para serem cheias do Espírito Santo. É preciso coragem, determinação, renuncia e dependência total de Deus para ser cheio (a) do Espírito Santo. Em um mundo onde impera o pecado, trazendo consigo a maldade, a violência, a imoralidade e a falta de amor, é preciso sermos cheios do Espírito Santo para vencermos. A fonte está jorrando, o azeite está sendo derramado é só mergulhar no rio do Espírito e viver uma vida plena na presença de Deus. Amém!

TRÊS QUALIDADES DOS JOVENS CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO:

1. SÃO FORTES, EM DEUS.
Eu vos escrevi, jovens, porque sois forte.

2. A PALAVRA DE DEUS HABITA NELES.
a palavra de Deus está em vós.

3. JÁ VENCERAM O MALIGNO.
já vencestes o maligno.

JOVENS CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO.

E há de ser que, depois, derramarei do meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões (Joel, 2.28).
O grande desafio para esta geração atual de jovens é viver uma vida dedicada a Deus e cheia do Espírito Santo. Nunca foi fácil viver cheio do Espírito Santo, porém nunca será impossível.

QUATRO GRANDES DESAFIOS A SEREM VENCIDOS, E SE MANTER CHEIO DO ESPÍRITO SANTO.

1. O DESAFIO DO AVANÇO DA CIÊNCIA.

E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará. Dn.12.4.
Estamos vivendo na época da modernidade, onde o conhecimento científico e a tecnologia aumentam cada vez mais, isto vem deixando as pessoas acomodadas, orgulhosas e endeusadas, a ponto de desprezarem a bíblia, que é a palavra de Deus, para ficarem embriagadas com a tecnologia e a ciência. Diante de tudo isso, somos desafiados a fazer diferença. A ciência tem o seu lado positivo e benéfico, dentro de um equilíbrio. A bíblia diz: A ciência incha, mas o amor edifica (1Co.8.1). O crente pode e deve ser moderno. Mas, não deve ser mundano. Mas, todos os jovens crentes, há exemplo do jovem Daniel, devem ser cheios do Espírito Santo.

2. O DESAFIO DA MÍDIA.

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Rm.12.1,2.
A mídia tem o poder de dominar a mente das pessoas, trazendo informações negativas, e comportamentos distorcidos. A nossa mente é um campo de batalha, é preciso firmar a nossa mente em Deus e ter a sua palavra como escudo. O profeta Isaías nos diz: Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; Porque ele confia em ti. Confia no SENHOR perpetuamente; porque o Senhor Deus é uma rocha eterna (Is.26.3,4). Nesses últimos dias a mídia vem bombardeando as famílias e perturbando as mentes e os corações das pessoas, e mudando o comportamento da sociedade. O que é a mídia? A mídia é o mundo globalizado da informação, da propaganda e do entretenimento; que informa, propaga e diverte as pessoas, através do vídeo, do audio e da escrita. É preciso o crente está cheio do Espírito Santo, firmar suas convicções de fé em Deus e na sua palavra, e vencer o desafio de não ser manipulado pela mídia.

3. O DESAFIO DO SISTEMA MATERIALISTA.

Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém sustento e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. 1Tm.6.6-10.
Vivemos em um mundo materialista onde as pessoas valem o que tem, e não o que são. O império materialista tem dominado o mundo, o capitalismo prega que, a concorrência, a competição e o individualismo é algo salutar e deve crescer cada vez mais. A sede pela prosperidade material, já se tornou uma epidemia descontrolada na vida das pessoas e elas vivem em uma ansiedade desenfreada em busca das coisas materiais. Por conta disso muitas pessoas estão trocando sua herança espiritual, em detrimento das coisas materiais. Não devemos nos deixar levar pelas coisas materiais, que são terrenas e passageiras; e sim darmos prioridades as coisas que são cima, que são de Deus e são eterna.

4. O DESAFIO DE VIVER PELA FÉ E CHEIO DO ESPÍRITO.

Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará. Mas o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Hb.10.37,38.
E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito. Ef.5.18.   
Somos desafiados a viver pela fé e cheios do Espírito, em um mundo de pessoas cada vez mais materialistas e vazias de Deus. Estar estabelecido um sistema materialista onde as pessoas crer naquilo que vê e vivem uma fé de interesses nas coisas materiais, e são oscilantes em relação a Deus e a sua palavra. Quando tudo vai bem, tem fé. Quando vem a adversidade, a fé acaba e vem o desespero. São pessoas que estão vivendo um tipo de fé superficial, fundamentada e baseada nos seus próprios conceitos e crença. Porém Jesus disse: Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre ( Jo.7.38). É preciso viver uma fé verdadeira, fundamentada na Escritura. Para vencer o desafio de viver pela fé e cheio do Espírito em pleno século 21, se faz necessário andar na contra mão do sistema do mundo.

FINALMENTE: 
Jovem! Você não é qualquer um, você é especial, você é um escolhido, você tem um chamado. O mundo passa e os seus prazeres, mas aquele que faz a vontade de Deus, vai permanecer para sempre. Decida-se definitivamente a entrega-se à Deus sem reservas, seja cheio do Espírito Santo, Deus vai te usar e Ele te exaltará com dupla honra. Amém!     

terça-feira, 15 de julho de 2014

APENAS SERVO.

Se alguém me serve, siga-me; e, onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará. Jo.12.26.

Servo é aquele que serve, prestando serviço a Deus, e realizando a sua obra. Ser servo de Deus se constitui um grande privilégio. Este privilégio é para aqueles que Deus escolhe, Jesus disse: Não me escolheste vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda (Jo.15.16). Infelizmente, muitos não querem ser chamados de servo de Deus, preferem ser chamados e reconhecidos por seus títulos e nomes que lhes credencie e lhes deem status sociais. Antigamente os crente se sentiam orgulhosos de serem chamados e reconhecidos como servos de Deus. Vivemos em uma época de estrelismo no meio do povo de Deus. Infelizmente, muitos querem ser estrelas e não servos. Ser servo é servir e ser útil em algum trabalho, porém alguns só se sentem úteis se estiverem na liderança. O pior de tudo é que a maioria querem ser líder e brigam por isso, não estando capacitados. Não querem ser alunos para tornarem-se mestres, querem começar do topo. Quem quiser ser realmente o maior deve torna-se o menor de todos, e aquele que desejar o lugar de governo tem de se apresentar como servo. Sejamos crente servo, e não crente estrela; se orgulhe em dizer: Eu sou um servo (a) do SENHOR. É interessante notar que a bíblia não diz: E morreu Moisés, o grande profeta e libertador de Israel, ou o grande legislador de Israel. Mas está escrito: Morreu Moisés, servo do SENHOR. Para Deus não interessa nossos diplomas, nossos títulos ou status sociais, basta sermos servos, apenas servos e nada mais.

TIPOS DE SERVOS.

SERVO NEGLIGENTE.
Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei; devias, então,  ter dado o meu dinheiro aos banqueiros, e quando eu viesse, receberia o que é meu co juros. Mt.25.26,27.

SERVO INÚTIL.
E qual de vós terá um servo a lavrar ou a apascentar gado, a quem, voltando ele do campo, diga: Chega-te e assenta-te à mesa? E não lhe digas antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e  serve-me, até que tenha comido e bebido, e depois comerás e beberás tu? Porventura, dá graças ao tal servo, porque fez o que lhe foi mandado? Creio que não. Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que deveríamos fazer. Lc.17.7-10.

SERVO BOM E FIEL.
E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mt.25.21.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

QUEM É ESTE?

Texto básico: E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para a outra margem. E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia também com ele outros barquinhos. E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira quer já se enchia de água. E ele estava na popa dormindo sobre uma almofada; e despertaram-no, dizendo-lhe; Mestre, não te importa que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e ouve grande bonança. E disse´lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé? E sentiram um grande temor e diziam uns aos outros: Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? Mc.4.35-41.

Depois de um dia de muitas atividades, sendo já tarde, Jesus deixou a multidão e entrando no barco com seus discípulos navegaram para outra margem. Durante este percurso levantou-se um grande temporal, de maneira que as ondas subiam por cima do barco. Jesus como homem estava cansado e dormia na popa do barco, porém como Deus ele sabia o que estava acontecendo, e testava a fé dos discípulos. Eles entraram em pânico e ficaram desesperados, foram acordar Jesus e lhe disseram: Mestre, não te importa que pereçamos? Jesus, despertando repreendeu o vento e o mar, e o vento se aquietou, e o mar se acalmou, e ouve uma grande bonança. Ele disse aos discípulos: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé? E sentiram um grande temor e diziam uns aos outros: Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? Jesus quando repreendeu os discípulos, Ele estava querendo dizer, que se eles tivessem fé, eles mesmo poderiam ter resolvido aquela situação. Os discípulos ficaram impressionados e disseram: Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? Jesus sempre nos surpreende, quando nós pensamos que já o conhecemos e sabemos tudo sobre Ele, Ele chega e agi de forma surpreendente nos deixando maravilhados e admirados. Aleluia!

JESUS É DOMINADOR.

Ao único Deus, Salvador nosso, por Jesus Cristo, nosso Senhor, seja glória e majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, agora e para todo o sempre. Amém! Judas, 25.
Jesus é dominador porque Ele tem poder sobre todas as coisas. Ele é glorificado no céu, respeitado na terra, adorado pela igreja e temido no inferno. Quando Ele ordena tudo lhe obedece.

JESUS É SENHOR.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Filipenses 2:5-11

Jesus Cristo é o Senhor dos senhores, o senhorio de Cristo abrange o céu, a terra e o  inferno. Diante Dele todos os joelhos se dobrará e toda língua confessará, que Jesus Cristo é o Senhor. Diz o texto sagrado: De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Fp.2.5-11.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Filipenses 2:5-11

JESUS É LIBERTADOR.

Ele liberta o homem do pecado, liberta do domínio de Satanás, o tira das trevas e traz para o caminho da luz. O homem pelos seus próprios méritos e esforços não consegue se libertar, porém quando ele conhece a verdade que é Jesus, ele deixa de ser escravo e passa a ser livre e liberto pelo pode de Deus. Jesus falando disse. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. Jo.8.32,36.

JESUS É SALVADOR.

Ele veio à terra cumpriu uma missão, e tornou-se salvador da humanidade mediante a sua morte na cruz do calvário. Muitos homens no decorrer dos anos, fizeram grandes feitos e proezas, eles se destacaram na história, e foram considerados por muitos como salvadores dos povos. Mas eles morreram e não puderam trazer salvação para humanidade. Jesus Cristo é o único salvador. Todos passaram, morreram e não ressuscitaram. Jesus morreu e ressuscitou e está vivo à direita de Deus Pai e vive para sempre.
E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. At.4.12.

terça-feira, 8 de julho de 2014

O CRISTÃO COMO UM ATLETA.

Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes, subjugo o meu corpo e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado (1Coríntios. 9.24-27).

Neste texto Paulo faz uma comparação das atividades atléticas com as atividades espirituais dos cristãos. As corridas e jogos atléticos na Grécia antiga eram muito apreciados pelos gregos, somente superados em importância pelos jogos Olímpicos, cuja maior premiação era uma coroa de folhas naturais (perecível) na qual os gregos acreditavam que havia a bênção dos deuses do Olimpo. Na carreira cristã, o importante não é começar bem, mas terminar vitorioso. Enquanto a coroa de premiação dos atletas são temporais e perecível, a coroa do cristão ao cumprir sua jornada, é imperecível, e dura para sempre. Paulo usa uma metáfora extraída das lutas de boxe, a fim de ilustrar a nossa vida cristã cotidiana. Ele não desferia seus golpes contra o ar, sem alvo ou propósito certo, o seu combate tinha um alvo e propósitos definidos. Ele nos ensina que devemos disciplinar nosso corpo e ofertá-lo a serviço do reino de Deus e de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. Amém! 

OS EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS DO CRISTÃO.

RENÚNCIA.
O crente que não vive uma vida de renúncia não pode ser considerado discípulo de Jesus. Jesus disse aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me. Mt.16.24. 

PERSEVERANÇA.
A perseverança é o exercício da paciência, quem não persiste em esperar em Deus, não está apto para servi-lo. O salmista disse: Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. Sl.40.1. Aquele que crer não se apresse (Is.28..16).

FÉ.
Viver e exercitar a fé sempre foi um grande desafio para os cristãos. O apóstolo Paulo disse: Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus, de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé. Rm.1.16,17.

ORAÇÃO.
O crente que não vive na pratica da oração está fadado ao fracasso. Porém o cristão vive no exercício da oração sempre terá uma vida vitoriosa. O apóstolo recomenda: Orai sem cessar. 1Ts.5.17.

SANTIDADE.
É impossível um crente ter comunhão com Deus sem antes viver em santidade. Está escrito: Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o SENHOR. Hb,12.14.

LEITURA E MEDITAÇÃO DA PALAVRA.
A palavra de Deus deve ser o nosso pão diário, no salmo primeiro está escrito: Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
O apóstolo Paulo nos recomenda: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. 2Tm.2.15.
Manejar bem a palavra da verdade é uma virtude de quem lê, estuda e medita na palavra. Paulo exortava a Timóteo dizendo: Persiste em ler (1Tm.4.13).  


BOAS OBRAS.
O cristão que não pratica boas obras e não exercita piedade, não está cumprindo o seu papel como filho de Deus. Paulo aconselhava a Timóteo dizendo: Mas rejeita as fábulas profanas e os falatórios dos insensatos. Exercita-te, porém na piedade. Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir. 1Tm.4.7,8.
E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecidos. Então, enquanto temos tempo, façamos o bem  todos, mas principalmente aos domésticos da fé. Gl.6.9,10.   
AMOR.
O amor é uma das principais virtude da vida de um cristão. Jesus disse aos seus discípulos: Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros (Jo.13.35). O apóstolo Paulo disse: A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. O amor não faz mal ao próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor. Rm.13.8,10.  

ANUNCIAR O EVANGELHO.
Anunciar o evangelho é o grande prazer do cristão que foi perdoado por Jesus e estar vivendo na luz.
O apóstolo Pedro nos diz: Mas vós sóis a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 1Pe.2.9.    

segunda-feira, 7 de julho de 2014

O JUSTO, O ÍMPIO E O PECADOR.

Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a palha que o vento espalha. Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá (Salmo.1.1-6).

Neste salmo a bíblia nos fala sobre três classes de pessoas, são elas: O justo, o ímpio, e o pecador. Pecadores na verdade todos nós somos; visto que herdamos a semente do pecado. Porém há uma diferença entre aquele que vive na prática do pecado para aquele que foi perdoado por Jesus e deixou de viver no caminho do pecado. O ímpio por sua vez, são pessoas que não tem o mínimo de temor a Deus, são escarnecedoras, tímidas e descrentes de tudo que tem relação com Deus. O justo é todo aquele que foi perdoado e justificado por Jesus, e que vive uma vida de santidade, pratica a justiça e anda no caminho da Verdade.

O JUSTO.

O justo é todo aquele que foi perdoado e justificado por Jesus, que vive uma vida de santidade, pratica a justiça e anda no caminho da Verdade.
O que diz a bíblia sobre o justo:

O justo vive pela fé.
Pois dentro de pouco tempo Aquele que que vem virá, e não tardará. Mas o justo viverá pela fé! contudo, se retroceder, minha alma não se agradará dele (Hb.10.37,38).

O justo é abençoado.
Bênçãos há sobre a cabeça do justo, mas a violência cobre  a boca dos ímpios (Pv.10.6).

O justo na velhice dará fruto (Sl.92.12-14)

A obra do justo conduz a vida (Pv.10.16).
O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas sábio é (Pv.11.30).

O ÍMPIO.

O ímpio por sua vez, são pessoas que não tem o mínimo de temor a Deus, são escarnecedoras, tímidas e descrentes de tudo que tem relação com Deus.
O que diz a bíblia sobre o ímpio:

O ímpio é arrogante.
Escreve, pois: Eis que o ímpio está cada vez mais arrogante; suas vontades não visam o bem; mas o justo viverá pela fé (Habacuque.2.4).

O ímpio é irreverente.
Ainda que se mostre favor o ímpio, nem por isso aprende a justiça; até na terra da retidão, ele pratica a iniquidade e não atenta para a majestade do SENHOR (Is.26.10).

O ímpio é cético e obreiro de iniquidade.
Disse o néscio no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido e têm cometido  abominável iniquidade; não há ninguém que faça o bem. Acaso não tem conhecimento esses obreiros da iniquidade, os quais comem o meu povo como se comessem pão? Eles não invocam a Deus (Sl.53.1,4).

O PECADOR.

São todas as pessoas que não andam no caminho de Deus, e vivem na prática do pecado. Alguns estão disfarçados dentro da casa de Deus, vivendo em pecado; mas a bíblia diz: Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos (Sl.101.7).
O que diz a bíblia sobre o pecador:

O pecador será punido.
Eis que o justo é punido na terra; quanto mais o ímpio e o pecador! (Pv.11.31).

O pecador promove destruição.
Melhor é a sabedoria do que as armas de guerra, mas um só pecador destrói muitos bens (Ec.9.18).

O pecador é infeliz.
A infelicidade persegue os pecadores, mas a prosperidade é a recompensa dos sábios (Pv.13.21).

CONCLUSÃO:
Neste salmo nós entendemos que a felicidade do justo tem sua origem em Deus, enquanto que o ímpio perecerá na sua maldade e não receberá as bênçãos nem o galardão do SENHOR.