segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

AS TRÊS ROCHAS DA NOSSA VITÓRIA

Ouvindo pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mispa, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus. Pelo que disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao SENHOR, nosso Deus, por nós, para que nos livre da mão dos filisteus. Então, tomou Samuel um cordeiro que ainda mamava e sacrificou-o inteiro em holocausto ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos. E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram a peleja contra Israel; e trovejou o SENHOR aquele dia com grande trovoada sobre os filisteus e os aterrou de tal modo, que foram  derrotados diante dos filhos de Israel. E os homens de Israel saíram de Mispa, e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car. Então, tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e chamou o seu nome Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR (1Sm.7.7-12).

1. EBENÉZER (rocha de ajuda).

Depois de um período de tempo sem Arca do SENHOR, a nação de Israel se humilhou, e Deus feriu os filisteus com pragas de doenças e muitos foram mortos. Quando eles perceberam que a mão de Deus estava contra eles, tendo derrubado o seu deus Dagon no seu próprio templo, pois os filisteus colocaram a Arca de Deus no templo de Dagon; eles se apressaram em devolver a Arca do SENHOR para Israel.
Tendo os filhos de Israel feito concerto com Deus e renovado a aliança, estando todos alegres por Arca do SENHOR está de volta, estando eles reunidos na cidade de Mispa, os filisteus voltam a atacar mais uma vez. Porém Samuel, o profeta de Deus, clamou e ofereceu sacrifício a Deus, e Deus agiu a favor de Israel com uma grande trovoada de pedras sobre os filisteus e a nação de Israel foi vitoriosa. Samuel tomou uma pedra como marco e pôs entre duas cidades, Mispa e Sem, e chamou o nome daquela pedra de Ebenézer, que significa rocha de ajuda, e depois disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR. Muitas vezes é preciso o inimigo se levantar, se o inimigo não se levanta, não tem graça, é preciso que venham, é preciso que haja oposições, é normal que os inimigos se levantem e venham contra. Sendo assim nós vamos clamar a Deus, e Ele vai agir a nosso favor, e nos mostrar mais uma vez que Ele peleja por nós.

2. SELA-HAMALECOTE (rocha da fuga).

Deus sempre tem uma saída, uma fuga, um escape, para nos livrar do inimigo, do perigo e de muitas situações adversas, Ele vai nos socorrer para nos dá vitória. Quando Saul perseguia Daví no deserto de Zife, Deus deu estratégia a Daví para se livrar de Saul e do seu exército que estavam a sua procura para o matar. Daví, porém fugiu para o deserto de Maom e ficou sobre uma rocha, e e vieram os filisteus contra Saul, quando ele e os seus homens já estavam prestes a encontrar Daví, ouvindo Saul a notícia que os filisteus estavam invadindo o seu arraial, deixou de perseguir a Daví e foi guerrear contra os filisteus. Diz a bíblia: Por esta razão aquele lugar se chamou Sela- Hamalecote, que significa, rocha de fuga (1Sm.23.14-29). Não temas, Deus tem uma saída para o teu problema ele vai agir a teu favor e vai confundir o teu inimigo, e se for preciso morre gente, se muda gente, se converte gente, mas a vitória é tua, em nome de Jesus. Amém!

3. JESUS CRISTO (a Rocha singular).

Moisés disse: Ele é a Rocha, cuja obra é perfeita.
Como pode ser que um só perseguisse mil, e dois fizessem fugir dez mil, se a sua Rocha os não vendera, e o SENHOR os não entregará? Porque a sua rocha não é como a nossa Rocha, sendo até os nossos inimigos juízes disso (Dt.32.4,30,31).
Ana disse: Rocha alguma há como nosso Deus (1Sm.2.2).
Cristo é a Rocha perfeita, singular e de grande valor. Ele é a Pedra única de esquina, pelo fato de ser a Rocha principal que trouxe salvação tanto para os judeus como para os gentios (Sl.118.22). Ele é a Rocha firme e consistente, por isso a igreja está firmada Nele. A rocha serve de base de sustentação para que o alicerce de uma construção seja firme e sólido. Jesus nos fala de dois homens que edificaram uma casa; um edificou sua casa sobre a areia e o outro sobre a rocha. O que edificou sobre a areia teve prejuízo, porque vieram as águas, os ventos e as tempestades; e derrubou a sua casa. Mas, o que edificou sobre a rocha, sua casa se manteve firme diante das intempéries da natureza. É assim aquele que firma a sua fé na Rocha que é Cristo, ele fica firme diante das adversidades da vida. A sua estrutura espiritual não se abala, porque está firmada em Deus (Mt.7.24-27). Cristo é a nossa rocha perfeita, completa e única. A nossa vitória é certa, porque estamos firmados na Rocha singular, que é Cristo. 

CONCLUSÃO:
Sendo assim nós podemos repetir juntos com o apóstolo Paulo, que diz: Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo (1Co.15.57). Amém!
Ebenézer! Até aqui nos ajudou o SENHOR.
Deus vai te ajudar, a vitória é nossa pelo em nome Jesus! A nossa Rocha perfeita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário