segunda-feira, 7 de julho de 2014

O JUSTO, O ÍMPIO E O PECADOR.

Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a palha que o vento espalha. Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá (Salmo.1.1-6).

Neste salmo a bíblia nos fala sobre três classes de pessoas, são elas: O justo, o ímpio, e o pecador. Pecadores na verdade todos nós somos; visto que herdamos a semente do pecado. Porém há uma diferença entre aquele que vive na prática do pecado para aquele que foi perdoado por Jesus e deixou de viver no caminho do pecado. O ímpio por sua vez, são pessoas que não tem o mínimo de temor a Deus, são escarnecedoras, tímidas e descrentes de tudo que tem relação com Deus. O justo é todo aquele que foi perdoado e justificado por Jesus, e que vive uma vida de santidade, pratica a justiça e anda no caminho da Verdade.

O JUSTO.

O justo é todo aquele que foi perdoado e justificado por Jesus, que vive uma vida de santidade, pratica a justiça e anda no caminho da Verdade.
O que diz a bíblia sobre o justo:

O justo vive pela fé.
Pois dentro de pouco tempo Aquele que que vem virá, e não tardará. Mas o justo viverá pela fé! contudo, se retroceder, minha alma não se agradará dele (Hb.10.37,38).

O justo é abençoado.
Bênçãos há sobre a cabeça do justo, mas a violência cobre  a boca dos ímpios (Pv.10.6).

O justo na velhice dará fruto (Sl.92.12-14)

A obra do justo conduz a vida (Pv.10.16).
O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas sábio é (Pv.11.30).

O ÍMPIO.

O ímpio por sua vez, são pessoas que não tem o mínimo de temor a Deus, são escarnecedoras, tímidas e descrentes de tudo que tem relação com Deus.
O que diz a bíblia sobre o ímpio:

O ímpio é arrogante.
Escreve, pois: Eis que o ímpio está cada vez mais arrogante; suas vontades não visam o bem; mas o justo viverá pela fé (Habacuque.2.4).

O ímpio é irreverente.
Ainda que se mostre favor o ímpio, nem por isso aprende a justiça; até na terra da retidão, ele pratica a iniquidade e não atenta para a majestade do SENHOR (Is.26.10).

O ímpio é cético e obreiro de iniquidade.
Disse o néscio no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido e têm cometido  abominável iniquidade; não há ninguém que faça o bem. Acaso não tem conhecimento esses obreiros da iniquidade, os quais comem o meu povo como se comessem pão? Eles não invocam a Deus (Sl.53.1,4).

O PECADOR.

São todas as pessoas que não andam no caminho de Deus, e vivem na prática do pecado. Alguns estão disfarçados dentro da casa de Deus, vivendo em pecado; mas a bíblia diz: Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos (Sl.101.7).
O que diz a bíblia sobre o pecador:

O pecador será punido.
Eis que o justo é punido na terra; quanto mais o ímpio e o pecador! (Pv.11.31).

O pecador promove destruição.
Melhor é a sabedoria do que as armas de guerra, mas um só pecador destrói muitos bens (Ec.9.18).

O pecador é infeliz.
A infelicidade persegue os pecadores, mas a prosperidade é a recompensa dos sábios (Pv.13.21).

CONCLUSÃO:
Neste salmo nós entendemos que a felicidade do justo tem sua origem em Deus, enquanto que o ímpio perecerá na sua maldade e não receberá as bênçãos nem o galardão do SENHOR.