quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

PROVISÃO E VITÓRIA DE DEUS NO DESERTO.

E disse: Assim diz o SENHOR: Fazei neste vale muitas covas. Porque assim diz o SENHOR: Não vereis vento e não vereis chuva; todavia, este vale se encherá de tanta água, que bebereis vós e o vosso gado e os vossos animais. E ainda isto é pouco aos olhos do SENHOR; também entregará ele os moabitas nas vossas mãos (2Reis, 3.16-18).

Mesa, rei dos moabitas pagava tributos ao rei de Israel, na época do rei Acabe. Porém, quando Acabe morreu e Jorão seu filho começou a reinar, Mesa se rebelou e não quis continuar pagando tributo a Jorão, rei de Israel. Então jorão, fez revista de todo exército de Israel e uniu-se com Josafá, rei de Judá e com o rei de Edom, e partiram em uma marcha em direção ao rei de Moabe e do seu exército. Esta campanha militar durou sete dias, por conta disso os alimentos começaram a ficar escasso e faltou água para os homens e os animais. Os homens dos três exércitos estavam a ponto de morrer de sede. Nesse momento os reis recorrem ao profeta Eliseu, buscando uma direção e um milagre de Deus. Surge então a palavra profética através do profeta que declara que haveria muita água, mesmo sem Ter vento ou chuva, pois a maneira de Deus trabalhar ultrapassa a lógica humana.

TRÊS REIS COM SEUS EXÉRCITOS, UM PROFETA E UM MILAGRE DE DEUS.

TRÊS LIÇÕES PODEMOS EXTRAIR DESSA HISTÓRIA.

1. AS NOSSAS HABILIDADES, ESTRATÉGIAS, FORÇAS E INTELIGÊNCIA, NÃO IRAR GARANTIR A NOSSA VITÓRIA.

Quando Jorão, rei de Israel, se viu em aperto pelo fato de Mesa rei dos moabitas ter se rebelado contra ele. Ele por não ter o altar da comunhão com Deus, não consultou a Deus; foi em busca dos seus recursos. Aparelhou todo o seu exército e pediu socorro ao rei Josafá, rei de Judá, e ao rei de Edom. Quando ele percebeu que as suas habilidades de guerra, estratégias e inteligência não funcionaram, e que os seus recursos estavam acabando, estando em um lugar deserto, veio a falta de água, e  quando a crise se instalou  ele reclamou da situação e quis colocar a culpa em Deus. Ele disse: Ah! Que o SENHOR chamou a estes três reis, para os entregar nas mãos dos moabitas (2Rs.3.10). Muitas vezes isso também acontece com muitos de nós, quando percebemos que a situação é irreversível e que não podemos dar jeito, ai procuramos buscar a ajuda de Deus. Porque não depender do SENHOR, e confiar Nele antes?

2. EM TEMPO DE CRISE É PRECISO BUSCAR A DIREÇÃO DE DEUS.

Já havia se passado sete dias, e os três reis e seus exércitos estavam em um deserto muito quente, cansados e com sede. Três reis: Jorão, era um desviado e estava com o altar de Deus quebrado. O rei de Edom, era um ímpio que não conhecia a Deus. O rei Josafá, mesmo tendo dado um vacilo de entra numa questão alheia, era o único que tinha uma certa comunhão com Deus. Foi ele quem teve a ideia de buscar a direção de Deus através do profeta. Ele disse: Não há aqui algum profeta do SENHOR, para que consultemos ao SENHOR por ele? Foi nesse exato momento que um servo do rei de Israel, lembrou-se de Eliseu, e o rei Josafá afirmou dizendo: Está com ele a palavra do SENHOR. Então os três reis foram ao encontro do profeta Eliseu, para buscar uma direção de Deus através da palavra profética.

3. DEUS PROVER UM MILAGRE NA HORA DA CRISE.

O profeta Eliseu foi surpreendido quando se deparou com a presença de três reis em busca de uma direção de Deus. Ele muito se indignou com o rei Jorão, e disse-lhe: “Que tenho eu a ver contigo? Vai consultar os profetas de teu pai e os videntes de tua mãe!” Entretanto o rei de Israel contestou-lhe: “Não! É que o SENHOR reuniu-nos, os três reis, para entregar-nos nas mãos de Moabe!” Ao que Eliseu retrucou: “Juro por o Nome do SENHOR dos Exércitos, a quem sirvo, que se não fosse por respeito a Josafá, rei de Judá, eu não te daria a menor atenção, nem sequer olharia para teu rosto! (2Rs.3.13,14). Estando o profeta preocupado e perturbado com aquela situação, fugi-lhe a graça da revelação de Deus, então ele disse:  Trazei-me agora um tocador de harpa!” Ora, enquanto o músico dedilhava a harpa, a poderosa mão do Eterno veio sobre Eliseu. E lhe ordenou: “Assim diz o SENHOR: ‘Cavai muitos poços neste vale! Porquanto assim diz o SENHOR: ‘Eis que não sentireis vento, nem vereis chuva, todavia este vale se encherá de água boa e saciareis a vossa sede e a sede de todo o vosso rebanho e de vossos animais de carga!’(2Rs.3.15-17). Em obediência a palavra de Deus, quando foi no dia seguinte, pela manhã, a palavra de Deus se cumpriu, e o milagre aconteceu. Aleluia! Deus é providência, um dos seus nomes é Jeová Jiréh, se você precisa de um milagre, creia! Deus vai prover na hora certa. 

Após Deus haver falado pelo profeta Eliseu, Ele começa agir de forma surpreendente, Deus age de forma sobrenatural, Ele não usa os métodos da lógica humana. Enquanto o rei de Israel estava preocupado com a crise da falta de água e queria uma solução para salvar os três exércitos daquela situação, Deus lhe surpreendeu e fez muito mais do que o esperado por ele. Disse Deus através do Profeta Eliseu: Assim diz o SENHOR: Fazei neste vale muitas covas. Porque assim diz o SENHOR: Não vereis vento e não vereis chuva; todavia, este vale se encherá de tanta água, que bebereis vós e o vosso gado e os vossos animais. E ainda isto é pouco aos olhos do SENHOR; também entregará ele os moabitas nas vossas mãos (2Reis, 3.16-18). Foi exatamente no deserto de Edom, quando não havia mais esperança, perecia que todos iam morrer de sede ou destruídos pelo exército inimigo, que, Jeová sabaoth, o SENHOR dos Exércitos entrou em ação e operou um grande milagre, e deu a vitória completa, destruindo todo o exército dos moabitas. Aleluia! A vitória é nossa, pelo sangue de JESUS. Amém!

2 comentários:

  1. Uma palavra atual e profética no Inicio do ano que vem de encontro aos que buscam conhecer o trabalhar de Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Flavio, ninguém poderá entender a forma como Deus trabalha, Ele vai além do nosso entendimento. Deus é mistério.

      Excluir