sábado, 2 de maio de 2015

ENTRANDO EM JERUSALEM.

E, entrando Ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este? E a multidão dizia: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia! (Mt.21.10,11).

A entrada de Jesus em Jerusalém é tão importante que é narrada pelos quatro Evangelhos. Jesus estava cumprindo as escrituras, como lembra o Evangelho de João: “E achou Jesus um jumentinho, e assentou-se sobre ele, como está escrito: Não temas, ó filha de Sião; eis que o teu Rei vem assentado sobre o filho de uma jumenta.” (João 12:14-15).
A entrada de Jesus em Jerusalém é o cumprimento da profecia do profeta Zacarias, que diz: Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu Rei virá a ti, justo e Salvador, pobre e montado sobre um jumento, sobre um asninho, filho de jumenta (Zc.9.9). Diz o texto sagrado, que quando Jesus entrou em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, Jesus causou uma revolução na cidade, e as pessoas ficaram eufóricas e perguntavam: Quem é este? Talvez as pessoas perguntassem, será que é o imperador Cesar quem vem entrando na cidade? Será que é o governador Herodes, ou Pôncio Pilatos? As pessoas se interrogavam, havia dúvidas entre a multidão. Havia dois grupos de pessoas naquela grande multidão: Uma que não conhecia a Jesus, e outra que conhecia Jesus; a multidão que conhecia a Jesus, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do SENHOR! Hosana nas alturas! Porém, a multidão daqueles que não conheciam a Jesus, vendo e ouvindo todo aquele barulho de glorificação, perguntavam: Quem é este? E, a outra multidão que conhecia Jesus, respondia: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia!

JESUS, O REVOLUCIONÁRIO. ONDE JESUS ENTRA ELE CAUSA UMA REVOLUÇÃO (MUDANÇA).
O evangelho de Lucas registra vários fatos que ocorreram quando Jesus entrava nas cidades; dentre as muitas cidades que Jesus entrou e causou grandes revoluções e mudanças, iremos destacar apenas três.

1. JESUS ENTROU NA CIDADE DE NAIM E RESSUSCITOU O FILHO DA VIÚVA.

No dia seguinte, partiu Jesus para uma cidade chamada Naim, e com ele caminhavam seus discípulos e uma grande multidão. Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e grande multidão da cidade a acompanhava. Ao observá-la, o Senhor se compadeceu dela e a encorajou: “Não chores!” E aproximando-se, tocou no esquife. Então, os que o carregavam pararam. E Jesus exclamou: “Jovem! Eu te ordeno: levanta-te!” No mesmo instante, o jovem que estivera morto se pôs sentado, e começou a conversar, e assim Jesus restituiu o jovem à sua mãe. Todos foram tomados de grande temor e louvavam a Deus proclamando: “Grande profeta foi levantado entre nós!” e “Deus veio salvar o seu povo!”(Lc.7.11-16).

2. JESUS ENTROU NA CIDADE DE GADARA E LIBEROU UM HOMEM POSSESSO DE DEMÔNIOS.

E navegaram para a região dos gadarenos, que se localiza do outro lado do lago, na fronteira da Galiléia. Assim que Jesus desembarcou, foi ao encontro dele um homem daquela cidade, possesso de demônio que, fazia muito tempo, não usava roupas, nem habitava em casa alguma, mas vivia nos sepulcros. Ao contemplar Jesus, berrou, prostrou-se aos seus pés e exclamou com voz forte: “Que desejas comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Imploro a Ti, não me castigues!” Porquanto Jesus ordenara ao espírito imundo que abandonasse o corpo daquele homem. Diversas vezes o demônio havia se apoderado dele. Mesmo com os pés e as mãos acorrentados, e vigiado por guardas, arrebentava as cadeias e os grilhões, e era impelido pelo demônio para lugares desolados. Jesus lhe inquiriu: “Qual é o teu nome?” Ao que ele replicou: “Legião!”, pois eram muitos os demônios que tinham invadido aquele homem. E suplicavam a Jesus que não os mandasse para o Abismo. Entrementes, uma grande manada de porcos estava pastando naquela colina. Os demônios imploraram que Jesus lhes permitisse entrar nos porcos. E Jesus consentiu. Então, saindo do homem, os demônios invadiram os porcos, e a manada jogou-se precipício abaixo em direção ao grande lago e todos os porcos se afogaram. Ao observar tudo o que acontecera, as pessoas responsáveis pelo cuidado dos porcos fugiram e foram contar esses fatos na cidade e pelos campos. E ocorreu que o povo saiu para ver o que tinha sucedido. Quando se aproximaram de Jesus, viram aquele homem de quem os demônios haviam saído, assentado aos pés de Jesus, vestido e em perfeito juízo, e todos ficaram apavorados. As pessoas que haviam testemunhado todos os fatos, contaram também como fora liberto aquele homem dos muitos demônios que o haviam tomado. Então, todo o povo da região dos gadarenos rogou a Jesus para que se retirasse de suas terras, pois estavam aterrorizados. Contudo, o homem de quem haviam sido expulsos os demônios, implorava-lhe que o deixasse ir com Ele; mas Jesus despediu-se, recomendando-lhe: “Volta para tua casa e compartilha tudo quanto Deus fez por ti!” E assim o homem partiu, e anunciou na cidade inteira todas as obras que Jesus havia realizado em sua vida. (Lc.8.26-39).

3. JESUS ENTROU EM JERICÓ E SALVOU UM COBRADOR DE IMPOSTOS, CHAMADO ZAQUEU.

E, tendo Jesus entrado em Jericó, atravessava Jesus a cidade. Eis que um homem rico, chamado Zaqueu, chefe dos publicanos, buscava ver quem era Jesus; todavia, sendo ele de pequena estatura, não o conseguia, devido à afluência do povo. Por esse motivo, correu adiante da multidão e subiu em uma figueira brava para observá-lo, pois Jesus ia passar por ali. Quando Jesus chegou àquele local, olhou para cima e o chamou: “Zaqueu! Desce depressa, pois preciso ficar hoje em tua casa”. No mesmo momento desceu Zaqueu apressado e o recebeu com enorme alegria. Todos, em meio à multidão, que presenciaram o que se passou começaram a murmurar: “Ele entrou na casa daquele pecador e vai hospedar-se lá!” Então, Zaqueu tomou a palavra e comunicou a Jesus: “Eis a metade dos meus bens Senhor, que estou doando aos pobres; e se de alguém extorqui alguma coisa, devolverei quatro vezes mais!” Diante disso, Jesus declarou: “Hoje, houve salvação nesta casa, pois este homem também é filho de Abraão. Porquanto o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido” (Lc.19.1-10).

CONCLUSÃO:
Jesus ao entrar na cidade de Jerusalém houve um grande alvoroço e o povo glorificava a Deus. Entrando Ele na cidade de Naim, Ele ressuscitou o filho de uma mulher viúva e lhe trouxe de volta a esperança. Ao entrar Jesus na cidade de Gadara, Ele libertou um homem que há muito tempo vivia possuído pelos demônios, e este homem voltou a conviver com sua família. Entrando Jesus em Jericó, Ele perdoou e salvou um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos publicanos (cobradores de impostos).
Permita Jesus entrar em seu coração, e Ele fará uma mudança radical em sua vida. Isto só será possível se você abrir o seu coração para Ele entrar, Ele está batendo a porta do seu coração e dizendo: Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei e ele, comigo (Ap.3.20). Abra a porta do seu coração e aceite o convite de Jesus, que lhe convida dizendo: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve (Mateus.11.28-30). Aceite-o como Senhor e Salvador de sua vida, você será feliz e terá uma eternidade garantida com Deus. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário