sábado, 27 de junho de 2015

MACHO E FÊMEA.

E criou Deus o homem à  sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou (Gn.1.27).

Vivemos em um mundo "democrático", onde as pessoas tem o direito de decidirem como querem viver, Deus não criou robôs humanos, mas criou o homem dotado de inteligência e livre arbítrio para tomarem suas próprias decisões e escolhas. Porém, quando os princípios éticos da palavra de Deus são quebrados (desobedecidos), haverá prejuízos e desencadeará uma série de maldição como consequência. A palavra de Deus nos diz: Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gl.6.7). O sábio Salomão aconselha aos jovens, dizendo: Jovem, alegra-te na tua mocidade! Sê feliz o teu coração nos dias da tua juventude. Segue os caminhos que o teu coração indicar e todos os desejos dos teus olhos; saibas, contudo, que tudo quanto fizeres passará pelo julgamento de Deus. Sendo assim, afasta do teu coração o desgosto e a ansiedade, e pare de fazer teu corpo sofrer, pois a juventude e o vigor da mocidade passam muito rápido (Ec.11.9,10). 
Vivemos a época da modernidade em que as pessoas estão achando tudo normal, mesmo não sendo. Os princípios éticos e moral da sociedade estão sendo quebrados, um sistema anarquista está sendo implantado na sociedade do mundo moderno, as pessoas estão perdendo o respeito pelas coisas sagradas e pelos bons costumes familiar. Os Estados Unidos da América, que há décadas era considerado um pais cristão onde predominava os bons costumes e princípios éticos da palavra de Deus, entrou em decadência espiritual e está descendo a um nível a ponto de chegarem a um caos moral e espiritual. 

Há última notícia que foi divulgada no dia 26 de junho de 2015 para o mundo, diz o seguinte: 


Suprema Corte dos EUA aprova o casamento gay em todo o país.

Estados não poderão mais barrar o casamento entre homossexuais.
'O amor vence', twittou o presidente Obama para celebrar a decisão.

Numa decisão histórica, a Suprema Corte dos Estados Unidos legalizou nesta sexta-feira (26) o casamento entre pessoas do mesmo sexo em todo o país. Os 13 estados que ainda proibiam não podem mais barrar os casamentos entre homossexuais, que passam a ser legalizados em todos os 50 estados americanos. A decisão veio por cinco votos contra quatro.

O casamento tem sido uma instituição central na sociedade desde os tempos antigos, afirmou o tribunal, "mas ele não está isolado das evoluções no direito e na sociedade". Ao excluir casais do mesmo sexo do casamento, explicou, nega-se a eles "a constelação de benefícios que os estados relacionaram ao casamento".

O tribunal acrescentou: "O casamento encarna um amor que pode perdurar até mesmo após a morte". "Estaria equivocado dizer que estes homens e mulheres desrespeitam a ideia de casamento... Eles pedem direitos iguais aos olhos da lei. A Constituição lhes concede este direito", ressaltou, segundo a agência AFP.

Fonte: Do G1, em São Paulo

Quero ressaltar que nenhuma suprema corte ou poder governamental tem maior autoridade e não está acima da palavra de Deus. Eles decidem e aprovam, Deus repugna e desaprova.

Está escrito: 

Portanto, a ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça humana, pois o que de Deus se pode conhecer é evidente entre eles, porque o próprio Deus lhes manifestou. Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido observados claramente, podendo ser compreendidos por intermédio de tudo o que foi criado, de maneira que tais pessoas são indesculpáveis; porquanto, mesmo havendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças; ao contrário, seus pensamentos passaram a ser levianos, imprudentes, e o coração insensato deles tornou-se em trevas. E, proclamando-se a si mesmos como sábios, perderam completamente o bom senso e trocaram a glória do Deus imortal por imagens confeccionadas conforme a semelhança do ser humano mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis. Por esse motivo, Deus entregou tais pessoas à impureza sexual, segundo as vontades pecaminosas do seu coração, para degradação de seus próprios corpos entre si. Porquanto trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram objetos e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém! E, por essa razão, Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. De igual modo, os homens também abandonaram as relações sexuais naturais com suas mulheres e se inflamaram de desejo sensual uns pelos outros. Deram, então, início a sucessão de atos indecentes, homens com homens, e, por isso, receberam em si mesmos o castigo que a sua perversão requereu. Além do mais, considerando que desprezaram o conhecimento de Deus, Ele mesmo os entregou aos ardis de suas próprias mentes depravadas, que os conduz a praticar tudo o que é reprovável. Então, tornaram-se cheios de toda espécie de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão empanturrados de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; vivem criando maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais; são insensatos, desleais, sem amor e respeito à família, sem qualquer misericórdia para com o próximo. E, apesar de conhecerem a justa Lei de Deus, que declara dignos de morte todas as pessoas que praticam tais atos, não somente os continuam fazendo, mas ainda aprovam e defendem aqueles que também assim procedem (Carta de Paulo aos romanos capítulo 1, versículos 18 ao 32).

O QUE DIZ A BÍBLIA, A PALAVRA DE DEUS, SOBRE O COMPORTAMENTO E PRATICA SEXUAL DO HOMEM.

Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é (Lv.18.22).

Não te deitarás com animal algum; tu te tornarias impuro. A mulher não se entregará a um animal para se juntar a ele. Isso é igualmente uma impureza (Lv.18.23). 

Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles.” Levítico 20:13

A mulher não deverá usar roupas masculinas, e o homem não se vestirá com roupas de mulher, pois o teu Deus, tem aversão por toda pessoa que assim procede (Dt.22.5). 

Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus (1Co.6.10).

E, por essa razão, Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. De igual modo, os homens também abandonaram as relações sexuais naturais com suas mulheres e se inflamaram de desejo sensual uns pelos outros. Deram, então, início a sucessão de atos indecentes, homens com homens, e, por isso, receberam em si mesmos o castigo que a sua perversão requereu (Rm.1.26,27).

Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira (Ap.22.15).

A bíblia não discrimina nem um tipo de pecado, todas as praticas pecaminosas são condenadas diante de Deus. Deus ama o pecador, porém, aborrece o pecado.