sábado, 28 de maio de 2016

UM deus CHAMADO INTERNET

Portanto, se já ressuscitastes co Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra (Cl.3.1,2).

É preciso termos muita prudência quanto ao uso da internet, muitos perderam o controle e se tornaram pessoas viciadas e dominadas por esse deus chamado internet.  
Nada contra a tecnologia, muito pelo contrário, afinal ela faz parte do nosso dia a dia. Algumas pessoas dizem: "É um mal necessário". A grande problemática é que o mal uso dos recursos tecnológicos tem causado grandes males a sociedade. Estamos vivendo uma época de pessoas totalmente devotas ao sistema tecnológico, principalmente no que se refere a internet, as redes sociais tem se tornado para muitos um estilo de vida, e tem ocupado boa parte do tempo das pessoas. Existem pessoas que estão conectadas 24 horas na internet, a internet tornou-se uma febre mundial que veio para fica. 
O mundo globalizado ligado a internet tem facilitado a comunicação de um modo em geral, a maioria esmagadora dos mais de 7 bilhões de habitantes do planeta terra faz uso da internet.
A forma equilibrada e proveitosa da internet é algo salutar e deve ser utilizada sempre para o bem.
As pesquisas indicam que boa parte dos internautas são cristãos, boa notícia, o cristão deve acompanhar o desenvolvimento. Há uma frase que diz: "O cristão pode ser moderno, não mundano". 
O grande problema é que a maioria dos que se dizem cristãos usam as redes sociais como exibição própria, e expõe-se até demais, outros fazem uma rede de fofocas pelo bate papo e gastam tempo falando da vida alheia. Muitos perdem tanto tempo com as redes sociais, que não tem tempo mais de ler a bíblia nem de orar. Vivem mais ligado no deus chamado internet, do que ligado no Deus do céu, vivo e verdadeiro. As redes sociais são úteis desde que sejamos moderados no uso, devemos usa-las de preferência para anunciar o evangelho e propagar o Reino de Deus, e isto não é o que a maioria dos cristãos fazem.

Muitos estão off line com céu e on line com a terra. Onde deveria ser ao contrário. 

Os dias são difíceis, é tempo de buscarmos mais a Deus e gastarmos mais tempo com a leitura da palavra de Deus e com a sua obra.
Que o nosso alvo e desejos seja nas coisas que são de cima, que as coisas terrenas sejam secundárias e as do céu seja prioridade na nossa vida. 
Estamos vivendo uma época de crentes nominais, materialista e voltados para o seu próprio ego. 
A grande estratégia do Diabo é entreter os crentes e fazê-los deixar de orar e buscar as coisas que são de cima. Quando nós oramos o campo do inimigo diminui, ele fica sem espaço. 
Deus quer fazer coisas grandes, coisas extraordinárias através da nossa oração. Uma igreja de joelhos dobrados diante de Deus faz tremer o inferno e move o trono de Deus.
Deus deseja que o busquemos de todo nosso coração.
Se não temos tempo para Deus, como podemos exigir algo Dele.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

LUGAR SECRETO

Tu, porém, quando orares, vai para teu quarto e, após ter fechado a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará plenamente (Mt.6.6).

Jesus ensinou aos seus discípulos que a oração para ser eficaz deve partir de um coração humilde e totalmente dependente de Deus. Um lugar secreto deve ser o melhor lugar para conversarmos com o Pai em oração. O próprio Jesus nos deu o exemplo neste particular, durante todo o seu ministério Ele viveu uma vida de oração; geralmente Ele se recolhia a um lugar secreto, distante da multidão, procurava está a sós com o Pai.
A oração deve ser uma pratica constante na vida daqueles que servem a Deus e vive uma vida de comunhão com o Pai. A oração se torna eficaz e tem efeitos poderosos quando em secreto falamos com Deus em total submissão e sincera devoção. É impossível sermos bem sucedidos e termos sucesso na nossa vida espiritual e secular se não mantivermos uma vida de comunhão e oração com Deus.
Chegamos em uma época em que muitas pessoas não tem tempo para Deus, a pós-modernidade tem desencadeado um sistema tecnológico de entretenimento que tem deixado muitos cristãos presos na internet, principalmente nas redes sociais, muitos também estão buscando entretenimento nos cinemas, nos teatros e em outros tipos de lazer. Infelizmente essa é a realidade da nossa geração atual, uma geração de pessoas materialistas voltadas para  o seu próprio ego e entregue ao consumismo.

UM LUGAR DE INTIMIDADE.

O lugar secreto é um lugar de intimidade entre você e seu Criador, entre você e seu Senhor. É o lugar onde muitas vezes as palavras são inadequadas; onde tudo externo perde o valor; onde você se rende totalmente a Ele, e nessa real comunhão nasce sua verdadeira identidade de adorador.

O lugar secreto tem a ver com uma total rendição à pessoa do Espírito Santo em nossa vida diária. Não é uma relação distante ou somente quando temos necessidades. É uma relação constante e de dependência. É alguma coisa que torna a vida cristã viva e real. Não são rótulos religiosos ou dogmas humanos, mas um íntimo e vivo caminho de relacionamento entre a criatura e o Criador, entre você e Deus. 

Lugar secreto está diretamente ligado aos momentos de inteira entrega e profundo relacionamento com Deus. Algumas pessoas vivem e morrem em Deus sem ter conhecimento do lugar secreto.

Lugar secreto é lugar de realidade e de verdades escritas em seu coração. Quando você entender o lugar secreto entre você e Deus, tudo se tornará diferente em sua existência.

Lugar secreto é um lugar de transformação interior onde os nossos valores e motivações começam a entrar em total harmonia com a verdade de Deus.

O lugar secreto é lugar onde suas fraquezas desaparecem, suas dúvidas se vão e seus questionamentos encontram respostas.

Faça do lugar secreto um lugar de intimidade pessoal com Deus. Renda-se a esta fonte de amor inesgotável que está jorrando para encher a sua vida da graça e do amor de Deus. Amém!

domingo, 15 de maio de 2016

VIDA ETERNA COM DEUS

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João.3.16).

A primeira grande dádiva que Deus deu à humanidade foi o seu filho Jesus Cristo, em seguida Ele nos deu também o direito a vida eterna. Deus fez o homem para viver eternamente ao seu lado, gozando de perfeita comunhão e desfrutando da sua presença. Porém, o pecado da desobediência fez separação entre o homem e Deus, fazendo com que a humanidade herdasse todos os malefícios do pecado, inclusive a morte espiritual, a morte física e a morte eterna. Toda humanidade estava perdida, condenada e destinada a perdição eterna, mas Deus, por seu grande e infinito amor, enviou seu Filho para salvar a humanidade da perdição e dar-lhes a vida eterna.

O QUE É A VIDA ETERNA?

A vida eterna é um estado eterno que o homem passará após a morte, visto que a sua alma é imortal. No entanto, há dois estados eternos: Com Deus, e sem Deus. Isto implica em dizer: Salvação eterna ou perdição eterna. Infelizmente, muitos já morreram sem Deus, sem paz e sem salvação.
E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo (Hebreus.9.27).
E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más (João.3.19).
Que possamos amar a Luz e andar na Luz, esta Luz é Jesus que nos garante a vida eterna.

POR QUE MUITAS PESSOAS NÃO TEM A VIDA ETERNA?

A resposta é simples: Porque não querem aceitar Jesus, como único e suficiente Salvador.
Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim (Jo.14.6).
Contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida (Jo.5.40).
E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho.
Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida (1Jo.5.11,12).
Para termos a vida eterna é necessário que Jesus esteja entronizado em nosso coração como Senhor e Salvador da nossa vida.

ACEITE A JESUS E TENHA VIDA ETERNA COM DEUS.

Aceitar a Jesus significa reconhecê-lo como único e suficiente Salvador e Senhor da sua vida, e viver conforme recomenda a palavra de Deus.
Jesus disse: Na verdade, na verdade vos digo, que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida (Jo.5.24).
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor (Romanos.6.23).
É necessário reconhecermos que somos pecadores e carecemos do perdão de Deus.
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos.3.23).
Portanto, faça a sua decisão, aceitando a Jesus Cristo, como Senhor e Salvador da sua vida, só assim você será feliz e viverá uma eternidade com DEUS. Amém!

segunda-feira, 2 de maio de 2016

CAMPEÃO DA HUMILDADE



Levantou-se Jesus da ceia, tirou as vestes e, tomando uma toalha, cingiu-se. Depois, pôs água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido. Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, faças vós também (João.13.4,5,12-15).

Poucas horas antes de sua morte, Jesus se reuniu com os apóstolos para participar da Páscoa. Ele sabia que estaria deixando estes companheiros para cumprir a sua missão na cruz e, logo depois, voltar ao Pai. Com certeza, ele queria aproveitar ao máximo estas últimas horas. Depois de três anos de trabalho com estes homens, que tipo de mensagem ele destacaria? Poderíamos imaginar estudos intensivos sobre doutrinas principais, ou eloquentes discursos sobre a natureza e o caráter de Deus. Tais assuntos são importantes, e parecem tópicos dignos das últimas horas do Mestre. Porém, ele preferiu dar-lhe uma lição de humildade.
Os apóstolos se reclinaram à mesa para participar da ceia quando Jesus se levantou, pôs água numa bacia, pegou uma toalha, e começou a lavar os pés deles. Com tantas coisas importantes que poderia falar, Jesus tomou tempo para lavar os pés dos discípulos. Jesus colocou-se na posição de servo, sendo Ele Mestre e Senhor. Havia um costume naquela época em que o empregado da casa (servo), deveria lavar os pés dos visitantes, Jesus sendo Deus, fez-se servo de todos para nos dá o exemplo de humildade.

POR QUE JESUS LAVOU OS PÉS DOS APÓSTOLOS? 

Algumas pessoas têm usado este trecho para incluir uma cerimônia de lavagem de pés no culto da igreja. Além deste fato jamais encontramos tal prática nas reuniões da igreja primitiva, tal abordagem ritualista perde o significado mais profundo do ato de Jesus. Nesta ocasião, Jesus ensinou, pelo menos, duas lições importantes:

1. Purificação. Para ter comunhão. 

Quando Jesus chegou a Pedro, este recusou a lavagem de pés, mas, quando Jesus falou que precisava ser lavado para ser participante Dele, Pedro mudou de idéia: "Senhor, não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça" (João 13:9). Se precisava de purificação para estar em comunhão com Cristo, Pedro não queria arriscar a rejeição pelo Senhor. Jesus explicou que só precisava lavar o que ainda estivesse sujo. Assim ele comentou sobre o grupo dos apóstolos. A maioria já estava purificado, mas nem todos. Judas Iscariotes não manteria comunhão com Cristo porque seu coração foi dominado por Satanás. Sem a santificação, "ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12:14).

2. Humildade. Para servir. 

Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus disse: "Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou" (João 13:14-16). Jesus se esvaziou, deixando a glória do céu, para servir aos homens (Filipenses 2:5-8). Ele mostrou que nós devemos nos humilhar para servir aos outros. Como ele lavou os pés, nós devemos procurar oportunidades para humildemente servir uns aos outros. 

A humildade é o caminho da sabedoria.
Vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes está a sabedoria (Pv.11.2).

Sem humildade, não serviremos outros como deveríamos, porque aqueles que são arrogantes e egoístas querem ser servidos, e não servir.

Sem humildade, não seremos seguidores. Os orgulhosos querem ser chefes e cobiçam a posição e a influência de outros.

Sem humildade não buscaremos realmente a verdade. O homem orgulhoso pensa que já conhece as respostas, e não quer depender de quem quer que seja, nem mesmo do próprio Deus.

Sem humildade, não reconheceremos nossos próprios defeitos. Somos até capazes de enganar nossos próprios corações para não vermos nosso próprio pecado. 

Conclusão: 
Vivemos uma época em que as pessoas estão em busca de fama e reconhecimento. Muitos querem estar na mídia, na mira dos holofotes, sendo o centro das atenções e recebendo aplausos do publico. A humildade para muitos é algo sem valor, muitos preferem estar por cima, querem ser servidos, mas não querem servir. Se somos honrados e destacados por nossos feitos e talentos, não há nada de errado nisto. Porém, diz a bíblia: Antes de quebrantado, eleva-se o coração do homem; e, diante da honra, vai a humildade (Pv.18.12). Devemos nos esforçar para que o poder e a glória humana não venham a nos dominar, que possamos ser humildes e seguir o exemplo de Jesus, nosso Mestre e Senhor. Amém!