quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

O GRANDE CONVITE DE JESUS.

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve (Mt.11.28-30).

Jesus fez o maior e mais sublime convite de todos os tempos, nenhuma das grandes autoridades deste mundo, como: Imperadores, reis, governantes e lideres de todas as épocas, puderam fazer um convite tão sublime e desafiador como o que Jesus fez. Este convite foi feito há dois mil anos atrás, porém ele é sempre atual, porque Jesus é o mesmo, ontem, hoje e eternamente. Séculos se passaram, mas, ainda hoje a voz de Jesus continua ecoando para toda a humanidade, dizendo: VINDE A MIM. Ele é a resposta, Ele tem a solução, Ele é a saída, para quem se encontra em um beco sem saída. Se você ainda não foi a Jesus, não se demore, aceite o seu convite e seja feliz. Amém!

QUEM DEVE IR A JESUS?

OS CANSADOS.

Cansados, de que? De carregar suas pesadas cargas de pecados. Cansados de viver uma rotina de vida desregrada que não está valendo a pena. É preciso ter coragem e determinação para vir a Jesus, e deixar o fado pesado de pecados aos seus pés.

OS OPRIMIDOS.

Oprimidos, de que? De viver na prática dos vícios e prazeres mundanos, que oprimi e escraviza a alma no pecado. É preciso dá meia volta, se levantar, e atender o convite de Jesus. Ele disse: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres (Jo.8.32,36).

O QUE JESUS NOS OFERECE?

- O seu jugo.

Jugo aqui não é sinônimo de escravidão.
No hebraico, a palavra para jugo é "môt" - Peça de madeira que serve para emparelhar dois animais para o mesmo trabalho. Era proibido prender sob o mesmo jugo dois animais de espécie diferentes. Jugo, portanto, era uma espécie de disciplina para os animais.
O jugo era sempre pesaroso, difícil de carregar.  Ninguém se alegrava em servir sob o jugo do inimigo. Animais sob o jugo, trabalhavam  bem e com disciplina, mas sofriam  as penas da dor física e  falta de liberdade.
O pecado é considerado um jugo semelhante,  que condiciona o homem à servidão, provocando consequências de toda ordem: Física, moral, espiritual, psicológica, social, enfim, o pecado é um jugo opressor e pesado.

O jugo de Jesus é leve, porque conduz o homem para o caminho da vida e lhe garante uma eternidade com Deus. O jugo de Jesus, liberta do pecado e conduz a uma nova vida.  Ao dizer: “Tomai o meu jugo”, Ele diz: “ Tire esse enorme peso que carregas e receba de mim algo leve, suave, que te dará descanso. Meu jugo é muito mais leve que do que o sistema do mundo, com sua aparente beleza e prazeres, cheio de corrupção, mentira, opressão, miséria, doenças, medo, injustiça e engano.”

Jesus é o jugo que permite descansar. Tomar o jugo de Jesus é renunciar aos jugos do mundo. Isso pode lhe causar alguma dor de principio, mas será incomparavelmente melhor que  usar o pesado e doloroso jugo do pecado que conduz a morte eterna.

- A prender Dele (ser discípulo Dele).

Jesus disse: Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração. Aprender com Jesus é aprender com o próprio Deus, Ele é o Mestre dos mestres. Aprender com Jesus é ser discípulo Dele, quem é discípulo de Jesus, sabe mais e não erra o caminho para o céu.

- Descanso para alma (paz no coração).

Jesus nos oferece descanso para alma e paz para o coração. Ele disse: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize (Jo.14.27).
Descansar em Jesus é confiar Nele.
Descansar em Jesus é espera Nele.
Descansar em Jesus é entregar todos os nossos cuidados, planos e projetos em suas mãos.

Finalmente, o melhor que temos a fazer é aceitar o convite de Jesus, e aceitá-lo como único e suficiente Senhor e Salvador da nossa vida. Amém!