sexta-feira, 2 de setembro de 2016

EXAMINANDO AS ESCRITURAS


E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim (Atos, 17. 10,11).

O exemplo dos crentes bereianos serve de modelo para todos quantos ouvem os pregadores e ensinadores expoentes das Escrituras Sagrada. Nenhuma interpretação ou doutrina deve ser aceita sem exame à luz das Escrituras. Pelo contrario, tudo deve ser examinado cuidadosamente mediante o estudo pessoal das Escrituras. A palavra traduzida "examinar" no grego é anakrino, significa peneirar para cima e para baixo; fazer um exame cuidadoso e exato. A pregação e o ensino deve ter respaldado bíblico a ponto de despertar nos ouvintes o interesse de estudar a bíblia. Nenhuma pregação ou ensino terá veracidade se não estiver de conformidade com a palavra de Deus.

DOIS EXEMPLOS DOS CRENTES BEREIANOS:

1. RECEBERAM DE BOM GRADO A PALAVRA DE DEUS.

Receber de bom grado, significa dizer, que eles receberam a palavra com alegria, com disposição, com avidez. Havia um grande interesse dos bereianos em aprender as Escrituras. Hoje, infelizmente muitos crentes desprezam o ensino e a pregação bíblica, muitos preferem ouvir mensagens de auto ajuda que estimule seu ego e lhe ofereça prosperidade financeira.
O apóstolo Paulo prever por uma visão do Espírito, que os últimos dias seriam pontilhados de rebelião a genuína palavra de Deus. Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos (II Timóteo, 4.3,4).

2. EXAMINAVAM AS ESCRITURAS.

O escritor Lucas diz que, os crentes de Beréia foram considerados mais nobres do que os de Tessalônica. Isto porque eles conferiam nas Escrituras tudo que Paulo pregava. Este exemplo serve de modelo para todos os crentes da época atual. Nos dias atuais estamos vendo surgindo uma avalanche de pregadores e ensinadores que utilizam os púlpitos das igrejas e as mídias sociais para propagarem suas ideias, inovações e achismos, sem o mínimo de respaldo bíblico. Precisamos ser prudentes como os bereianos e examinar à luz da bíblia toda doutrina exposta pelos pseudos mestres da atualidade. 
Está escrito:
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento... (Oséias, 4.6).
Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR... (Oséias, 6.3).
Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (II Pedro, 3.18).

CONCLUSÃO:
Um dos maiores erros que os cristãos atuais cometem é não examinar as Escrituras e negligenciar o estudo ortodoxo da palavra de Deus. Se nós fôssemos como os crentes de Beréia, muitas heresias, modismos e inovações teológicas que são ensinadas e pregadas em muitas igrejas, não prosperariam e nem iriam adiante.