sábado, 15 de outubro de 2016

AÍ VEM O NOIVO!

Mas, à meia noite, ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro! (Mateus, 25.6).

Nesta parábola Jesus nos ensina sobre a necessidade de vigiarmos e de estarmos preparados para a qualquer momento encontrarmos com o noivo (Jesus) na sua vinda.
Esta parábola é um relato de um casamento judaico. Havia duas fases nos casamentos judaicos típicos da época de Cristo. Na primeira, o noivo ia à casa da noiva e participava da cerimônia de entrega da noiva. Na segunda fase, o noivo voltava e a levava para um grande banquete em sua casa. As virgens eram damas de honra e tinham o dever cerimonial de preparar a noiva para encontrar com o noivo e recepcioná-lo na sua chegada.
As candeias eram grandes lamparinas alimentadas por azeite capazes de permanecerem acessas ao ar livre por um bom tempo. Quando o azeite da candeia era totalmente consumido era necessário um novo abastecimento para permanecer acessa.
Essa parábola nos traz uma mensagem sobre a necessidade do cristão estar sempre preparado e vigilante, pois a volta do SENHOR é certa, repentina e iminente.

LIÇÕES QUE PODEMOS APRENDER NA PARÁBOLA DAS DEZ VIRGENS:

CANDEIAS.
Portanto, o Reino dos céus será semelhante a dez virgens que pegaram suas candeias e saíram para encontrar-se com o noivo (Mt.25.1).
Candeias acessas é um símbolo da luz, precisamos ter luz e andarmos na luz para podermos nos encontra com o noivo, JESUS.

AZEITE.
As que eram inconsequentes, ao pegarem suas candeias, não levaram azeite de reserva consigo. Entretanto, as prudentes, levaram azeite em vasilhas, junto com suas candeias (Mt.25.3,4). 
Azeite na bíblia é símbolo do Espírito Santo. Precisamos ter o Espírito Santo na nossa vida para nos guiar, nos ensinar, nos consolar e nos conduzir ao Noivo que é JESUS.

PRUDÊNCIA. 
Cinco delas eram prudentes, e cinco, insensatas (Mt.25.2).
Prudência é uma virtude que todo cristão deve ter, a prudência é uma prevenção, um preparo antecipado antes que algo aconteça. A igreja de Jesus deve estar preparada para sua vinda, e não se preparando. Quem não anda prudentemente é uma pessoa insensata, e pode ser pego de surpresa.  

O CLAMOR DA MEIA NOITE.
Mas, à meia noite, ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro! (Mateus, 25.6).
Meia noite na bíblia sempre expressa exatidão de tempo de um fato ocorrido. Na verdade os acontecimentos e cumprimentos das profecias bíblicas nos sinalizam que estamos perto da meia noite profética de Deus, e que a qualquer momento pode ocorrer a iminente vinda de Jesus para arrebatar a sua igreja.

CONCLUSÃO:
Que possamos estar vigilantes quanto a vinda do Noivo, JESUS. Pois, assim como as virgens prudentes estavam preparadas e vigilantes a espera do noivo, deve também a igreja, que é a noiva de Jesus estar preparada para a volta do Noivo. A sua vinda é certa, repentina e iminente. Amém!