domingo, 15 de janeiro de 2017

O deus Deste Século

Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto, nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus (II Coríntios, 4.3,4).

Nunca na história vimos tantas pessoas enveredando pelo caminho do ceticismo, se tornando incrédulas e descrentes de Deus. Paulo declara que o deus deste século cegou a mente das pessoas para que elas não recebam a luz do evangelho e não entendam o plano da salvação.
Satanás, segundo a bíblia é o deus deste mundo, por duas vezes Jesus se refere a ele como o príncipe deste mundo (João, 14.30; 16.11), Jesus também o chama de homicida e pai da mentira (João, 8.44). Satanás é o rei das ilusões, ele teve a ousadia de tentar iludir Jesus com suas propostas indecentes, mas Jesus não aceitou (Lucas, 4.5-8). Ele controla e domina todas as pessoas que aceitam as suas ofertas e abraçam as suas propostas. A grande estratégia de Satanás é incutir na mente das pessoas a ideia que ele não existe. Muitas pessoas estão servindo e sendo servidas por satanás, diretamente, de forma consciente, ou indiretamente, de forma inconsciente. O grande flagelo da humanidade é a cegueira espiritual. Outra grande artimanha de satanás é enganar as pessoas com falsas religiões, muitos acreditam que estão servido ao Deus verdadeiro, mas estão cegas, sendo enganadas por satanás. Quando o apóstolo Paulo escreveu aos romanos, no primeiro século da era cristã, ele descreveu um quadro de total depravação e cegueira espiritual do mundo de sua época. 
Portanto, a ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça humana, pois o que de Deus se pode conhecer é evidente entre eles, porque o próprio Deus lhes manifestou.  
Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido observados claramente, podendo ser compreendidos por intermédio de tudo o que foi criado, de maneira que tais pessoas são indesculpáveis; porquanto, mesmo havendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças; ao contrário, seus pensamentos passaram a ser levianos, imprudentes, e o coração insensato deles tornou-se em trevas.  
E, proclamando-se a si mesmos como sábios, perderam completamente o bom senso e trocaram a glória do Deus imortal por imagens confeccionadas conforme a semelhança do ser humano mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis.
Por esse motivo, Deus entregou tais pessoas à impureza sexual, segundo as vontades pecaminosas do seu coração, para degradação de seus próprios corpos entre si.  
Porquanto trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram objetos e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém!
E, por essa razão, Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza.  
De igual modo, os homens também abandonaram as relações sexuais naturais com suas mulheres e se inflamaram de desejo sensual uns pelos outros. 
Deram, então, início a sucessão de atos indecentes, homens com homens, e, por isso, receberam em si mesmos o castigo que a sua perversão requereu.
Além do mais, considerando que desprezaram o conhecimento de Deus, Ele mesmo os entregou aos ardis de suas próprias mentes depravadas, que os conduz a praticar tudo o que é reprovável.  
Então, tornaram-se cheios de toda espécie de injustiça, maldade, ganância e depravação. 
Estão empanturrados de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. 
São bisbilhoteiros, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; vivem criando maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais; são insensatos, desleais, sem amor e respeito à família, sem qualquer misericórdia para com o próximo.  
E, apesar de conhecerem a justa Lei de Deus, que declara dignos de morte todas as pessoas que praticam tais atos, não somente os continuam fazendo, mas ainda aprovam e defendem aqueles que também assim procedem. (Romanos, 1.18-32).  

É fato que a ação de satanás tem crescido durante séculos, hoje, em pleno século XXI estamos vendo que a cegueira espiritual das pessoas vem aumentando. Muito estão cegos espiritualmente, são incrédulos em relação as coisas de Deus, e só acreditam no que vê. 
Estamos vendo acontecerem simultaneamente muitos sinais, nesse tempo, na nossa era, na nossa geração. É tempo de arrependimento, é tempo de volta-se para Deus e permitir que Ele retire esta cegueira espiritual, para que resplandeça a luz do evangelho de Cristo. O arrependimento não é para amanhã, é para agora, converta-se a Cristo Jesus, só Ele tem o perdão de pecados e salvação. Não há outro deus ou caminhos a escolher a não ser Jesus Cristo o Filho de Deus. Amém!