segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

APRENDENDO COM O DESERTO.

E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o SENHOR, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te provar, para saber o estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos ou não. E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram, para te dar a entender que o homem não viverá  só de pão, mas que de tudo o que sai da boca do SENHOR viverá o homem (Deut. 8.2,3).

Quando Faraó deixou ir o povo de Deus, Deus não permitiu que os filhos de Israel saísse do Egito pelo caminho da terra dos filisteus, que estava mais perto; mas Ele ordenou à Moisés que levasse o povo pelo caminho do deserto, perto do mar Vermelho. Deus ainda queria ser glorificado em Faraó com todo o seu exército. Ao certo não seria para os israelitas passarem quarenta anos peregrinando no deserto, até chegarem a terra prometida. Mas, por causa das murmurações e desobediência do povo, eles tiveram que caminhar dando voltas no deserto por quarenta longos anos.
O povo precisava amadurecer na sua vida espiritual, e conhecer melhor a Deus. Um povo rebelde, precisava aprender a obedecer ao SENHOR, e a guardar a sua palavra. Deus tinha muitas lições para ensinar ao seu povo no deserto.
O deserto foi a faculdade de Deus para o seu povo. E, por incrível que pareça, dos que saíram do Egito, só dois foram aprovados; Josué e Calebe.

TRÊS LIÇÕES DO DESERTO.

*PROVAÇÃO.

E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o SENHOR, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te provar, para saber o estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos ou não (Deut.8.2).
Um dia você passará pelo deserto.
Deserto. Lugar de provação onde tudo é difícil. Estando no deserto vem a angustia, o medo, a necessidade, a solidão, a expectativa, as frustrações, os sonhos não realizados e a vontade de desistir. Quando estamos no monte de Deus, em lugar de destaque, temos muitos amigos. Mas, quando estamos no deserto, lugar de provação, somos abandonados e ficamos só. Porém, Deus não nos deixa, Ele está com você e vai fazer do seu deserto uma fonte de bênçãos.

*HUMILDADE.

E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o SENHOR, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar... (Ves.2a)
E te humilhou, e te deixou ter fome... (Vers.3a).
No deserto nós aprendemos a se humilhar e somos humilhados por Deus.
No deserto da humilhação, passamos pelo abandono, onde as pessoas se esquecem de nós. No deserto você não tem amigos, não tem parentes, não tem conselheiros. No deserto você aprender a estar a sós com Deus. Ali você ora, chora, geme, clama, busca, é humilhado e passa pelo estreito de Deus.
Você luta como Jacó lutou com o anjo até ao raiar da amanhã. Mas temos um amigo fiel que não nos deixa, seja no deserto da humilhação ou no monte da exaltação, esse amigo é Jesus, Ele está contigo. Creia! 

*DEPENDÊNCIA DE DEUS.

E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram, para te dar a entender que o homem não viverá  só de pão, mas que de tudo o que sai da boca do SENHOR viverá o homem (Vers.3).
Deserto sempre nos lembra escassez, solidão, sofrimento, etc. Sempre coisas que não gostamos, mas Deus muitas vezes nos permite passar pelo deserto para aprendermos a depender inteiramente dEle. Deus pode preparar uma mesa para os seus em pleno deserto, e é exatamente por isso que Ele nos leva, por vezes ao deserto. Se você está no deserto, continue, fique na dependência de Deus, e Ele proverá todas as coisas.

TRÊS IMPORTANTES INFORMAÇÕES SOBRE O DESERTO:

*DESERTO NÃO É LUGAR PARA SE MORAR.

Não faça casas no deserto, pois ele é passagem. Para Israel foi a passagem entre o Egito (escravidão) e Canaã (Liberdade). Passe pelo deserto, quando necessário, mas não se acostume com ele, não fique lá, Deus tem coisas excelentes para você. Deus te faz passar pelo deserto, para depois te exaltar nos montes.

*DESERTO É LUGAR DE EXPERIMENTAR MILAGRES. 

Supondo que o Antigo Testamento conta uma história de mais ou menos 5.000 anos, e em um período de 40 anos de deserto, aconteceram mais milagres do que em todo o restante do AT. É por isso, que no deserto é lugar de experimentar milagres, pois onde há escassez há cuidado e provisão Divina. No deserto acontece milagres diários: Maná, coluna de fogo, coluna de nuvem, milagres específicos, mar vermelho é aberto, água da sai rocha, codornizes aparecem do nada, vindo da banda do mar, e tantos outros.
Se você está no deserto de Deus, continue, porque os milagres de Deus virão ao teu encontro.

*DESERTO É LUGAR DE PREPARAÇÃO PARA CONQUISTAS.

O que Deus nos ensina no deserto serve como plataforma sobre a qual nos apoiamos para sermos lançados ao alto. A conquistas que não podíamos alcançar quando estávamos antes em nosso apogeu; no deserto aprendemos que por maior que seja o desafio é possível vencer. Pois se Deus está ao nosso lado, durante toda a nossa trajetória no deserto, Ele está nos preparando para uma grande conquista. Não tenha medo do deserto, deserto é lugar de preparação para novas conquistas. Conquiste o que Deus tem para você! Amém!