quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

CRISTO, NOSSA ROCHA.

Porque a sua rocha não é como a nossa Rocha, sendo até os nossos inimigos juízes disso (Dt.32.31).

Uma rocha é algo de grande valor, pelo fato de ser firme e consistente. A rocha serve de base de sustentação para que o alicerce de uma construção seja firme e sólido. Jesus nos fala de dois homens que que edificaram uma casa; um edificou sua casa sobre a areia e o outro sobre a rocha. O que edificou sobre a areia teve prejuízo, porque vieram as águas, os ventos e as tempestades; e derrubou a sua casa. Mas, o que edificou sobre a rocha, sua casa se manteve firme diante das intempéries da natureza. É assim que acontece com a pessoa que firma a sua fé na rocha que é Cristo, ela fica firme diante das adversidades da vida. A sua estrutura espiritual não se abala, porque está firmada em Deus (Mt.7.24-27).

A ROCHA NA BÍBLIA SIMBOLIZA CRISTO.

1. CRISTO, A ROCHA QUE DESSEDENTA A NOSSA SEDE.
E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo. 1Co.10.4.

2. CRISTO, A ROCHA QUE SUSTENTA A IGREJA.
Pois também te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Mt.16.18.

3. CRISTO, A ROCHA QUE NOS AJUDA.
Então, tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e chamou o seu nome Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR. 1Sm.7.12.

QUATRO CARACTERÍSTICAS DE CRISTO COMO UMA ROCHA:


1. Cristo é a rocha principal.
A pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se cabeça da esquina. Sl.118.22

2. Cristo é a rocha singular ( única ).
Ana disse: Rocha alguma há como nosso Deus. 1Sm.2.2

3. Cristo é a rocha perfeita.
Moisés disse: Ele é a rocha, cuja obra é perfeita. Dt.32.4

4. Cristo é a rocha salvadora.
O salmista nos convida: Vinde cantemos ao Senhor! cantemos com alegria à rocha da nossa salvação. Sl.95.1
  
CONCLUSÃO:
Entre muitas rochas falsas que existem, Jesus Cristo, é a nossa rocha verdadeira. Ele nos tirou de um lugar escorregadio, de um charco de lodo; e pôs os nossos pés sobre uma rocha, firmou os nossos passos; e pôs um novo cântico na nossa boca, um hino ao nosso Deus (Sl.40.1-3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário