sábado, 4 de dezembro de 2010

JESUS, O REI DA GLÓRIA.

Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos; ele é o Rei da Glória (Salmos. 24.7-10).

A palavra glória no sentido humano, é tudo aquilo que demonstra grandeza, magnitude e poder. A glória de Deus no texto sagrado, ela é expressa de uma maneira multiforme; ela é revelada através da sua presença, dos seus atributos, da sua criação e do seu poder. Esta glória era conhecida pelos rabinos em Israel pelo termo shekinah. A glória de Deus é diferente da glória humana: A glória dos homens incha e deixa as pessoas orgulhosas, a glória de Deus enche e deixa as pessoas transformadas. Muitos homens e mulheres no mundo se orgulharam por ostentarem sua própria glória, eles se foram e a sua glória acabou; alguns deixaram o seu nome na calçada da fama, em Hollywood, outros tem sua estátua no museu de cera madame Tussauds em Londres. Eles viveram em busca da glória terrena, e esta glória acaba aqui; porém, Jesus, o Rei da Glória, tem uma magnitude e glória que nunca termina, ela é eterna. Muitos vivem em uma busca constante de dinheiro, fama e poder. Mesmo sabendo que tudo é temporal, efêmero e passageiro.                                   

QUATRO RAZÕES PORQUE JESUS É O REI DA GLÓRIA:                                                 
1. SUA GLÓRIA É IMUTÁVEL.

Ele é Deus, e não muda.

Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos (Ml.3.6). 
Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação (Tg.1.17).
Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente (Hb.13.8).
A glória que estava com os filhos de Israel através da nuvem no deserto, é a mesma.
A glória que estava no tabernáculo através da arca da aliança, é a mesma.
A glória que foi manifesta na inauguração do templo de Salomão, é a mesma. 2Cr.7.1,2

2. SUA GLÓRIA É ETERNA.

A glória dos homens é passageira, efêmera e terminal.
A palavra de Deus nos afirma: Porque toda a carne é como a erva, e toda glória do homem, como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor; mas a palavra do Senhor permanece para sempre. 1Pe.1.24,25.

A glória de Jesus é de eternidade à eternidade. 
Antes que os montes existissem, ou que tu formasses a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade, tu és Deus. Sl.90.2

Ele é o Pai da eternidade (Is.9.6).

Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, antes que Abraão existisse, eu sou. Jo.8.58.

3. SUA GLÓRIA É ÚNICA E EXCLUSIVA.

Ele não dá e nem reparte sua glória  com ninguém.
Ele disse através do profeta Isaías: Eu Sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor, às imagens de escultura. Is.42.8

Homens que quiseram tomar a glória de Deus para si:

O rei Nabucodonosor.
O rei Uzias.
O rei Herodes.

4. SUA GLÓRIA É VISÍVEL E ESTÁ PRESENTE.


Nos céus:
Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Sl.19.1.

Na terra:
No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Os serafins estavam acima dele; cada um tinha seis assas: com duas cobriam o rosto, e com duas cobriam os pés, e com duas voavam. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR  dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. Is.6.1-3.

Na igreja:
Jesus orando ao Pai, disse:
E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um. Jo.17.22.

CONCLUSÃO:
Toda honra e toda a glória, sejam dadas ao Senhor Jesus Cristo. Porque Dele, por ele e para ele, foram criadas todas as coisas; glória pois à Ele, eternamente. Ele é o rei da glória. Aleluia!
                              

2 comentários:

  1. MUITO BOM O ESBOÇO, MAS DEIXO UMA OBSERVAÇAO, NO TÓPICO ACIMA ESTA DIZENDO QUE DEUS NAO REPARTE SUA GLORIA COM NINGUEM OK.LOGO ABAIXO NO TOPICO "na igreja" ESTA DIZENDO QUE ELE "REPARTIU" SUA GLORIA COM OS DISCIPULOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz meu irmão Agnaldo, muito boa a sua observação, porém devemos entender que a glória de Deus na bíblia ela é multiforme, ou seja, ele se revela de várias maneiras e tem implicações diferentes. No caso aqui exposto a glória que Deus não dá e nem reparte com ninguém é a sua glória no sentido pessoal, essa glória é exclusivamente Dele. Porém, a glória que Ele reparte ou compartilha é a glória que Ele nos transfere pela presença do Espírito Santo em nossa vida. Ok, entendeu?

      Excluir