segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

SEIS CLASSES DE PESSOAS QUE SEGUIAM JESUS.

Depois disso, partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, que é o de Tiberíades. E grande multidão o seguia porque via os sinais que operava sobre os enfermos (João, 6.1,2).

Os evangelhos registram que onde Jesus estava, havia grande multidão de pessoas. Pessoas de vários lugares, de várias classes sociais, buscando em Jesus soluções para seus problemas e respostas para os seus dilemas e ansiedades. Basicamente seis classes de pessoas seguiam a Jesus. Neste capítulo seis do evangelho de João nós vamos identificar: Os curiosos. Os convencidos. Os materialistas. Os murmuradores. Os inconstantes. Os comprometidos.

1. OS CURIOSOS.

E grande multidão o seguia porque via os sinais que operava sobre os enfermos (João, 6.1,2).
O grupo dos curiosos seguia Jesus só para ter o que conversar, ou para ver se Jesus fazia mesmo milagres, ou se Ele era um falso profeta enganando o povo. Os curiosos enchiam as portas das casas onde Jesus ficava hospedado e acompanhavam Jesus no Templo e faziam fofoca com os fariseus. Todo curioso é fofoqueiro, é uma espécie de regra e os curiosos do tempo de Jesus queriam ver os embates entre Jesus e os falsos religiosos.

2. OS CONVENCIDOS.

Então, vendo aqueles homens o sinal que Jesus havia realizado, disseram: “Este é, verdadeiramente, o Profeta que devia vir ao mundo.” (Jo.6.14).

3. OS MATERIALISTAS.

E, tendo-o encontrado do outro lado do mar, perguntaram-lhe: “Mestre, quando chegaste aqui?” Jesus respondeu a eles assim: “Em verdade, em verdade vos afirmo: Vós me buscais não porque vistes os sinais, mas porque comestes os pães e vos fartastes”. Trabalhai não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará, porque a este o Pai, Deus, o selou (João, 6.25-27).  

4. OS MURMURADORES.

Então, os judeus começaram a murmurar dele, porque dissera: “Eu sou o pão que desceu do céu.” E comentavam: “Não é este Jesus, o filho de José? Cu­jo pai e mãe nós conhecemos? Como pode então Ele dizer: Eu desci do céu?” Por essa razão Jesus assim respondeu-lhes: “Não murmureis entre vós" (Jo.6.41-43).

5. OS INCONSTANTES.

Aquele que come a minha carne e bebe meu sangue permanece em mim, e Eu nele. Portanto, muitos dos seus discípulos, ao ouvirem isso, disseram: “Dura é essa declaração. Quem poderá compreendê-la?”
Daquele momento em diante, muitos dos seus discípulos recuaram e não mais andaram com Ele (Jo.6. 56,60,66). 

6. OS COMPROMETIDOS.

Então Jesus disse aos doze: “Vós também desejais ir embora?” Mas Simão Pedro respondeu a Ele: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. E nós temos crido e reconhecido que Tu és o Cristo, o Filho do Deus Vivo.”(Jo.6.67-69).

3 comentários: