sábado, 6 de maio de 2017

A TENDA DO ENCONTRO

E tomou Moisés a tenda, e a estendeu para si fora do arraial, desviada longe do arraial, e chamou-lhe a tenda da congregação. E aconteceu que todo aquele que buscava o Senhor saía à tenda da congregação, que estava fora do arraial.
E acontecia que, saindo Moisés à tenda, todo o povo se levantava, e cada um ficava em pé à porta da sua tenda; e olhavam para Moisés pelas costas, até ele entrar na tenda.
E sucedia que, entrando Moisés na tenda, descia a coluna de nuvem, e punha-se à porta da tenda; e o SENHOR falava com Moisés.
E, vendo o povo a coluna de nuvem que estava à porta da tenda, todo o povo se levantava, e inclinavam-se cada um à porta da sua tenda.
E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois, tornava ao arraial; mas o moço Josué, filho de Num, seu servidor, nunca se apartava do meio da tenda (Êxodo, 33.7-11). 

A tenda do encontro ou tenda da congregação, era uma tenda especial onde Deus manifestava a sua glória e falava com Moisés. O texto sagrado diz, que o povo que buscava ao SENHOR, saiam das suas tendas e cada um ficava em pé à porta da sua tenda para verem Moisés pelas costas entrar na tenda do encontro, e em seguida verem a nuvem da glória de Deus descer sobre a tenda. Diante desta visão o povo se inclinava e adorava a Deus.
Deus falava com Moisés, e Moisés transmitia a mensagem de Deus para o povo. Porém, havia um moço chamado Josué, que nunca se apartava do meio da tenda.

DOIS TIPOS DE ADORADORES NA TENDA DO ENCONTRO:

Na pratica todos buscavam ao SENHOR e eram adoradores, porém havia uma diferença entre os que estavam de fora da tenda e os que estavam dentro da tenda. Naquela época este acesso era restrito, nem todos podiam entra na tenda onde se manifestava a glória de Deus. Hoje este acesso é livre, todos tem o direito de entrar no santuário e ver e sentir de perto a glória de Deus.  

* OS ADORADORES DE FORA (de comunhão superficial).

Na atualidade os adoradores de fora são aqueles crentes superficiais, que vivem pela periferia espiritual e não se entregam de todo o coração na adoração e comunhão com Deus. Hoje vemos muitos templos lotados, mas poucos são verdadeiros adoradores que estão vivendo dentro de uma comunhão profunda com Deus. Infelizmente, temos visto muitos surfistas espirituais, e poucos mergulhadores na adoração, na comunhão, na oração e na palavra.

* OS ADORADORES DE DENTRO (de comunhão profunda).

Os adoradores de dentro são aqueles que vivem uma vida de comunhão profunda com Deus, e seguem o exemplo de Josué, que não se apartava da tenda. Não se apartar da tenda significa estar constantemente na presença de Deus, preferindo antes as coisas sagradas do que os entretenimento seculares. Vivemos uma época em que estar se tornando quase impraticável os cristãos viverem uma vida de comunhão profunda com Deus. O fato é que a modernidade vem dominando e ditando um estilo de vida que vem distanciando muitos de uma vida de comunhão com Deus. Porém, os verdadeiros adoradores não serão dominados pelo sistema, mas continuarão em comunhão profunda com Deus, e nunca irão se apartar da tenda. 

A tenda significa: Comunhão, devoção, adoração, louvor, gratidão, oração, intercessão, meditação, revelação e conhecimento da palavra de Deus. Na tenda o nosso caráter é moldado, na tenda o nosso ego é tirado, na tenda nós amadurecemos espiritualmente, na tenda nós aprendemos e crescemos para glória de Deus. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário