quarta-feira, 12 de julho de 2017

JESUS NO EVANGELHO DE JOÃO.

E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, que venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre (João, 7.37,38).

O evangelho de João é o único que apresenta Jesus como a fonte da água da vida. No capítulo seis o próprio Jesus declara que, aquele que nele crê nunca terá sede (Jo.6.35). A fonte real e verdadeira é Jesus, o resto são cisternas rotas e fontes imundas.
O homem, desde os tempos mais remotos sente sede de Deus, e esta sede espiritual é algo que não pode ser saciada por qualquer fonte religiosa ou prazeres mundanos. Ao longo dos séculos, a humanidade vem buscando saciar esta sede espiritual em muitas "fontes", e não consegue sacia-la.
As fontes que o mundo oferece não conseguem matar a sede espiritual das pessoas; elas sempre retornam em busca de algo mais. Porém, Jesus, a fonte real e verdadeira, é o único que pode saciar por completo a sede espiritual da humanidade. 

SETE MILAGRES.

1. Jesus transforma água em vinho (Jo.2.1-11).

2. Jesus cura um paralítico (Jo.5.1-15).

3. Jesus multiplica pães e peixes (Jo.6.1-14).

4. Jesus anda sobre o mar (Jo.6.16-21).

5. Jesus cura um cego de nascença (Jo.9.1-9).

6. Jesus ressuscita Lázaro, morto há quatro dias (Jo.11-45).

7. Jesus opera o milagre da pesca (Jo. 21.1-11).

SETE SERMÕES.

1. Jesus instrui Nicodemos acerca do novo nascimento (Jo.3.1-21).

2. Jesus discursa para os judeus acerca de sua deidade (Jo.5.16-47).

3. Jesus ensina na sinagoga (Jo.6.26-59).

4. Jesus ensina no templo (Jo.7.14-53).

5. Jesus discursa sobre a sua missão (Jo.8.12-59).

6. Jesus se declara o bom pastor e responde a pergunta dos judeus (Jo.10.1-42).

7. Jesus dar as últimas instruções para os seus discípulos (João, 13.11-38; capítulos 14,15,16).

SETE DECLARAÇÕES.

Eu sou o Pão da vida (Jo.6.35).
Eu sou a Luz do mundo (Jo.8.12).
Eu sou a Porta (Jo.10.9).
Eu sou o Bom pastor (Jo.10.11).
Eu sou a Ressurreição e a vida (Jo.11.25).
Eu sou o Caminho a verdade e a vida (Jo.14.6).
Eu sou a Videira verdadeira (Jo.15.1).

JESUS NOS 21 CAPÍTULOS.

1. O FILHO DE DEUS.
2. O OPERADOR DE MARAVILHAS.
3. O MESTRE DIVINO.
4. O GANHADOR DE ALMAS.
5. O GRANDE MÉDICO.
6. O PÃO DA VIDA.
7. A ÁGUA DA VIDA.
8. O DEFENSOR DOS FRACOS.
9. A LUZ DO MUNDO.
10. O BOM PASTOR.
11. O PRÍNCIPE DA VIDA.
12. O REI.
13. O SERVO.
14. O CONSOLADOR.
15. A VIDEIRA VERDADEIRA.
16. O DOADOR DO ESPÍRITO SANTO.
17. O GRANDE INTERCESSOR.
18. O SOFREDOR MODELO.
19. O SALVADOR CRUCIFICADO.
20. O CONQUISTADOR DA MORTE.
21. O RESTAURADOR DO ARREPENDIDO. 
                                                               
CONCLUSÃO:
O evangelho de João tem uma visão diferente dos evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas).
João apresenta Jesus como Filho de Deus e atesta a sua divindade através dos sinais e milagres operados por Ele. No final do seu livro João escreve: Jesus, pois, operou também, em presença de seus discípulos, muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome (Jo.20.30,31). Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário